Porto Velho (RO) domingo, 27 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

DNIT vai priorizar processo licitatório para retomar pavimentação da BR-425


O compromisso de agilizar todo o processo para a retomada urgente da restauração da BR-425 - que liga a BR-364 a Guajará-Mirim - vem da diretoria executiva do DNIT em Brasília, afirmou o superintendente do órgão em Rondônia, José Ribamar da Cruz Oliveira. Na semana passada, Oliveira apresentou todo o problema da paralisação da obra e do grande prejuízo causado a região em função do cancelamento do contrato de pavimentação. “A situação extremamente delicada foi compreendida pela nossa diretoria executiva, que garantiu empenho da equipe técnica para que até o final de fevereiro o processo licitatório esteja finalizado”, fala confiante Oliveira.

Ele esclarece que o DNIT em Brasília vai antecipar o trâmite do cancelamento amigável com a Delta Construções e o início imediato do levantamento do remanescente da obra para a execução do novo projeto. “A população de Nova Mamoré e Guajará-Mirim pode esperar a conclusão dessa obra o até o final do próximo ano”, afirma o superintendente.

A restauração e pavimentação da BR-425 está paralisada desde o início deste mês de setembro, pois a empresa requereu adequações do projeto. Algumas correções ficariam em conformidade para manter o mesmo processo, porém havia outras adequações que acarretariam um considerável aumento no valor inicial da obra, o que seria inviável para o DNIT.

Desde que foi comunicado da suspensão dos serviços, Oliveira tem se empenhado para resolver o problema no menor espaço de tempo, por isso optou pelo cancelamento amigável do contrato com a empresa. “Caso não agisse dessa forma, poderíamos passar anos com recursos na Justiça até que houvesse um parecer final. Com o cancelamento amigável, no prazo máximo de dois meses devemos ter um novo projeto para dar encaminhamento ao processo licitatório”.

Oliveira também chama a atenção da população para que não se deixe influenciar por grupos políticos que tentam fazer dessa paralisação uma oportunidade para se notabilizar e alerta: “esse problema não é uma questão política e só depende da atuação desta superintendência para resolver tudo no menor espaço de tempo. Além do compromisso que tenho com todo o Estado, me considero filho de Guajará-Mirim, conheço as carências da região, portanto não poderia deixar de dar uma atenção especial a BR-425”.

Conservação garantida

Em função da paralisação da obra de pavimentação, Oliveira informa que o DNIT renovou o contrato de manutenção da rodovia. Ainda esta semana a empresa contratada confirmou que vai percorrer todo o trecho para iniciar os serviços emergenciais e aumentar sua mobilização em função do início do período chuvoso, desta forma garantindo a boa condição de trafegabilidade da rodovia até o reinício das obras.


Fonte: Carlos Henrique Angelo
Superintendência Regional DNIT RO/AC

 

Mais Sobre Municípios

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), informa que foi confirmada a paralisaç

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes – SEMTRAN, comunica à população que a avenida Cam