Porto Velho (RO) quinta-feira, 6 de maio de 2021
×
Gente de Opinião

Municípios

Desenvolvimento sustentável em Vilhena é modelo


O governador Ivo Cassol, acompanhado do secretário estadual de Desenvolvimento Ambiental, Augustinho Pastore, visitou na manhã deste sábado (08/12) a Fazenda Batista, de propriedade do empresário Moacir Batista, tida como padrão de manejo e reflorestamento no estado de Rondônia.

A fazenda está localizada no quilômetro 680 da BR-364, próximo a Vilhena, com 1.600 hectares de área total, sendo que em 650 hectares foram plantadas, a partir de dezembro de 2005, mudas de eucalipto e nos 200 hectares restantes mudas de pinus. Ao total são cerca de um milhão e quinhentas mil árvores plantadas na propriedade, que em breve estarão prontas para corte.

Segundo o proprietário, Moacir Batista, o reflorestamento é altamente rentável, com retorno certo em praticamente no mesmo tempo da pecuária, e mercado aberto para comercialização. “No reflorestamento nós fechamos praticamente toda a cadeia produtiva: geramos empregos e impostos no plantio, preservamos o meio-ambiente com a formação da floresta e temos grande retorno, pois o mercado busca madeira certificada, de maior qualidade e preço, além da celulose para a fabricação de papel”, disse.

A implantação de uma fábrica de beneficiamento de madeira para produção de pasta de celulose é o próximo passo do grupo empresarial. Mesmo sem a instalação da fábrica já existem planos de exportar a produção local de celulose, uma vez que o mercado interno e externo precisam desta matéria prima.

O governador Ivo Cassol parabenizou o empresário, dizendo que “é deste tipo de iniciativa que Rondônia precisa. Mesmo sem receber um tostão de financiamento federal, embora tenha apresentando projeto e toda documentação necessária, o Moacir investiu por conta própria por acreditar na nossa administração. Agora vai começar a colher os frutos de um brilhante trabalho”. Cassol referia-se aos dois milhões de reais que o Governo Federal tem disponível para financiamento de projetos de reflorestamento, mas que estranhamente não estão sendo liberados aos interessados.

Além do lucro futuro com a comercialização de madeira e pasta de celulose, o empresário já está recuperando o investimento de cerca de dois milhões de reais com a venda de créditos florestais para madeireiros que não tem capacidade de reflorestar áreas desmatadas. Esta operação de créditos florestais é coordenada pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental – Sedam.

Os deputados estaduais Luiz Goebbel e Ezequiel Neiva acompanharam o governador na visita à Fazenda Batista.

Fonte: Decom

Mais Sobre Municípios

Iniciada as ações de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes em Rolim  de Moura

Iniciada as ações de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes em Rolim de Moura

A Secretária Municipal de Assistência Social de Rolim de Moura (RO) Sandra Miranda, informou que as ações para chamar atenção da sociedade rolimoure

ACR reivindica aumento do número de ônibus em Porto Velho

ACR reivindica aumento do número de ônibus em Porto Velho

A mais antiga e prestigiada associação comercial de nosso estado, a Associação Comercial de Rondônia-ACR, fundada em 30 de setembro de 1928, sob o n

Servidores da saúde de Porto Velho avaliam importância da rotina de dedicação

Servidores da saúde de Porto Velho avaliam importância da rotina de dedicação

O Dia do Trabalhador esse ano é diferente para muitos dos servidores do município de Porto Velho. A pandemia da Covid-19 mudou a rotina para quem atua

Internações por Covid-19 diminuem mais de 60% no Hospital Municipal de Ji Paraná

Internações por Covid-19 diminuem mais de 60% no Hospital Municipal de Ji Paraná

Nos últimos dias, o Hospital Municipal Dr. Claudionor Couto Roriz registrou uma queda de aproximadamente 60% no número de pacientes internados em tr