Porto Velho (RO) sexta-feira, 25 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

DER inicia trabalhos no Anel Viário


O DER –RO iniciou os trabalhos de aterro das cabeceiras da ponte sobre o Rio Machado no anel viário em Ji-Paraná. A intenção do Diretor Geral do Departamento de Estradas e Rodagens de Rondônia, engenheiro Lucio Mosquini, é deixar os cerca de 13 quilômetros de extensão do anel viário trafegáveis. Na obra serão investidos quase R$ 1 milhão de recursos do Governo do Estado. Segundo Lúcio, somente nas cabeceiras da ponte serão colocadas mais de cinco mil caçambas de aterro, a previsão é que os trabalhos sejam encerrados entre 30 e 40 dias.DER inicia trabalhos no Anel Viário - Gente de Opinião

Em visita a cidade de Ji-Paraná na tarde de ontem (22), Lúcio afirmou que o Anel Viário é uma obra de responsabilidade do Governo Federal, mas que o Governador Confúcio Moura (PMDB), assumiu o compromisso com lideranças da cidade em deixar toda a extensão da via trafegável.

O deputado estadual Jesualdo Pires (PSB) que acompanhou Lúcio Mosquini no local da obra ressaltou que restará ao Governo Federal e ao DNIT, apenas a parte de pavimentação da rodovia, uma vez que a ponte, considerado o trecho mais caro da obra, também já foi construída pelo Governo Estadual em 2009, com recursos economizados pela Assembléia Legislativa. Na ocasião foram investidos quase R$ 22 milhões de recursos estaduais.

Jesualdo Pires acredita que com o término dos trabalhos que estão sendo realizados pelo DER-RO, grande parte do trafego de veículos pesados da BR-364 será desviado para o anel viário, mesmo sem a pavimentação. “Ficará mais cômodo e mais rápido para os motoristas passarem pelo anel viário, pois fazendo o percurso por fora da BR-364, deixarão de enfrentar o trânsito lento da cidade, os semáforos e o vários buracos existentes na Rodovia Federal”, comentou o deputado ressaltando que há o compromisso do DER de realizar a manutenção da estrada do Anel Viário.

Ponte Sobre o Rio Urupá – Ainda durante a visita ao Município de Ji-Paraná, Lúcio Mosquini e Jesualdo Pires estiveram com a equipe do DER-RO em uma vistoria na ponte sobre o Rio Urupá, na entrada do Terceiro Distrito da Cidade. O DER já iniciou os estudos de viabilidade econômica para ampliar a ponte atual. A ponte existente no local é antiga e estreita e não tem suportado a demanda de trafego da região. A área do Terceiro Distrito tem crescido muito nos últimos anos, recebendo vários empreendimentos empresariais, universidade e condomínios, além de ser o acesso ao Distrito de Nova Londrina e a também a região do Vale do Guaporé.

Lúcio Mosqui esclareceu que a equipe de engenheiros do DER irá apresentar o estudo de viabilidade econômica quanto a obra. “Iremos decidir a partir deste estudo se iremos construir uma nova ponte com 8 metros de largura ou se faremos a duplicação e reforma da ponte antiga”.

Jesualdo ressaltou que a ponte do Rio Urupá é essencial para região do Terceiro Distrito continuar crescendo e lembrou que o local, devido ao volume de veículos trafegando e a largura desproporcional da ponte, tem sido palco de vários acidentes com vítimas fatais.

 

Mais Sobre Municípios

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), informa que foi confirmada a paralisaç

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes – SEMTRAN, comunica à população que a avenida Cam