Porto Velho (RO) segunda-feira, 25 de janeiro de 2021
×
Gente de Opinião

Municípios

Curso de Engenharia não sairá de Ji-Paraná



Em reunião realizada nesta semana entre o deputado estadual Jesualdo Pires (PSB) e o Reitor da Universidade Federal de Rondônia, José Januário de Oliveira Amaral, o deputado teve garantias da reitoria que o Curso de Engenharia Ambiental não será transferido para Porto Velho, como queriam alguns professores do Curso.

Januário ressaltou ainda que estará em Ji-Paraná no próximo dia 3 de agosto para uma reunião às 16 horas com os professores do departamento de engenharia e alunos do curso para tratar sobre o assunto. Conforme o reitor, a intenção da Universidade é trazer mais investimentos e estruturar os cursos do interior do estado.

No inicio deste ano, foi aprovado pelo departamento de Engenharia do Campus, a proposta de retirar o Curso de Engenharia Ambiental de Ji-Paraná e levá-lo para a Capital com a intenção de criar um centro de engenharia no Estado. Outra argumentação dos professores é quanto a falta de estrutura do Curso em Ji-Paraná.

A proposta passou a ser desarticulada pelo diretório acadêmico do campus e pelos deputados, estadual Jesualdo Pires e federal Anselmo de Jesus que intervieram junto a direção e a reitoria.

Alunos, parte dos professores, deputados e agora reitoria, compartilham da mesma opinião, de que a viabilidade é manter o curso em Ji-Paraná e então somar esforços para que o curso receba os apoios necessários para as melhorias estruturais, essenciais para a qualidade do ensino e o reconhecimento do mesmo, junto ao Ministério da Educação (MEC).

Jesualdo Pires ressaltou que Porto Velho também sofre com falta de estrutura e que o campus de Ji-Paraná está muito mais adiantado possuindo inclusive alguns laboratórios e prédio especifico para a finalidade dos cursos de engenharia.

"Estaríamos andando na contra-mão se apoiássemos essa idéia. Hoje é mais viável criar um pólo de engenharia em Ji-Paraná. Nossa luta é para fortalecer o campus de Ji-Paraná", frisou Jesualdo.

INVESTIMENTOS - Jesualdo Pires após expor sua preocupação com a possibilidade de saída do curso, anunciou ao reitor que empenhou uma de suas emendas, no valor de R$ 50 mil para o calçamento com bloquetes para o pátio da universidade.

O reitor Januário ressaltou que está em processo de licitação investimentos na ordem R$ 1,6 milhão para o Campus de Ji-Paraná e que não faz sentido a transferência de nenhum curso do campus.

O curso de Engenharia Ambiental foi implantado em Ji-Paraná no ano de 2007 e possui três turmas contando com cerca de 100 alunos, a maioria vinda de municípios do centro-sul do Estado.  A primeira turma de engenheiros ambientais será graduada em 2011.

Fonte: Ascom

Mais Sobre Municípios

Prefeitura de Porto Velho avisa que etapa de orientações Já passou e agora haverá notificações

Prefeitura de Porto Velho avisa que etapa de orientações Já passou e agora haverá notificações

A primeira operação realizada após a publicação do decreto 25.728, com o propósito de orientar e educar os comerciantes sobre os riscos de aglomeraç

Prefeitura de Ariquemes suspende aumento de tarifas do serviço público de abastecimento de água e esgotamento sanitário

Prefeitura de Ariquemes suspende aumento de tarifas do serviço público de abastecimento de água e esgotamento sanitário

A Prefeitura de Ariquemes, por meio da Procuradoria Geral do Município (PGM), editou nesta segunda-feira (18), o decreto Nº17.133/21, que visa suspe

Semagric mantém equipes para situações emergenciais

Semagric mantém equipes para situações emergenciais

Conforme o inverno amazônico apresenta maior precipitação pluviométrica, causando danos às estradas vicinais, a Secretaria Municipal de Agricultura, P

Prefeita de Ariquemes visita produtor de silagem de milho e criador de gado leiteiro

Prefeita de Ariquemes visita produtor de silagem de milho e criador de gado leiteiro

Na oportunidade o Secretário de Agricultura Indústria e Comércio (SEMAIC), Antônio Marcos, acompanhou a prefeita Carla Redano, que visitaram a proprie