Porto Velho (RO) quinta-feira, 23 de setembro de 2021
×
Gente de Opinião

Municípios

Começa hoje em Guajará o 12º Duelo da Fronteira


O Festival folclórico é esperado com ansiedade pelos amantes da brincadeira de Boi-Bumbá

De hoje até domingo Guajará-Mirim se transforma na capital brasileira da brincadeira de Boi-Bumbá, com a realização do Festival Folclórico conhecido como "O Duelo da Fronteira" que promove a disputa dos bois Flor do Campo e Malhadinho. O festival foi idealizado pelo "seu" Aderson Mendes da Silva então presidente da União Municipal de Associação de Moradores – UMAM com a orientação e apoio da Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR), através do Campus de Guajará-Mirim.

Em 1995 realiza-se o Primeiro Festival Folclórico da Pérola do Mamoré com a presença dos dois principais bois-bumbás da região: Flor do Campo e Malhadinho, porém, marcadas somente pelas apresentações das danças, sem competição.

Em 1996 realiza-se o segundo Festival também sem competição.

O III Festival realizado em 1997 marca o início das competições e da grande rivalidade entre as duas principais agremiações de bumbás, pois, é a partir dessa data que se inicia "o Duelo da Fronteira", uma competição que ao final, somente uma é consagrada vencedora que, neste festival, foi conquistado pela agremiação do Boi-Bumbá Malhadinho, também repetindo a dose no ano seguinte ,1998, consagrando-se bicampeão.

Nos anos de 1999, 2000, 2001(em 2002 não houve competição) e 2003, o Boi-Bumbá Flor do Campo consagra-se como o grande vencedor do V, VI, VII e IX Festival, acirrando ainda mais a rivalidade e o entusiasmo dos expectadores em assistir o desenrolar dos futuros duelos.

E, em 2004, o resultado final simbolizou o clima de disputa e de duelo entre as duas associações de Bumbás rivais: Malhadinho e Flor do Campo, o empate.
Em 2005 o boi bumbá Malhadinho conquista o XI Festival Folclórico de Guajará-Mirim, consagrando-se como o grande campeão.

Para o ano de 2006 espera-se mais um grande espetáculo e de disputa entre os dois principais bois bumbás da região proporcionando a todos aqueles que acompanham o evento a magia contagiante do folclore local refletida no brilhantismo e na explosão de alegria a cada apresentação, contribuindo para o fortalecimento e expansão da cultura local no cenário Estadual, Nacional e Internacional.

Programação

Sexta Feira 12 de agosto - 19:30h - Apresentação de Grupos Folclóricos Bolivianos; 22:30h - Apresentação do Boi Bumbá - "Flor do Campo"

Sábado 13 de agosto - 19:30h - Apresentação de Grupos Folclóricos Brasileiros. 22:30h - Apresentação do Boi Bumbá - "Malhadinho".
Domingo 14 de agosto - 20:00h - Apresentação do Boi Bumbá - "Flor do Campo"; 22:10h - Apresentação do Boi Bumbá "Malhadinho"

Fonte: Sílvio Santos

Mais Sobre Municípios

Deputado Anderson Pereira se reúne com prefeito Hildon Chaves para discutir o asfaltamento no bairro Nova Esperança

Deputado Anderson Pereira se reúne com prefeito Hildon Chaves para discutir o asfaltamento no bairro Nova Esperança

O Deputado Anderson Pereira (PROS) se reuniu nesta, segunda-feira (20), com o prefeito Hildon Chaves e o seu vice, Maurício Carvalho, para discutir

ANAC concede Certificado Operacional ao DER do Governo de Rondônia para o Aeroporto de Ji-Paraná

ANAC concede Certificado Operacional ao DER do Governo de Rondônia para o Aeroporto de Ji-Paraná

O Governo de Rondônia, por meio do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e Transportes (DER), recebeu da Agência Nacional de Aviação Civil (A

Inscrições em conferência sobre urbanização e envelhecimento saudável seguem abertas até sábado

Inscrições em conferência sobre urbanização e envelhecimento saudável seguem abertas até sábado

A Conferência Livre PVH50+, promovida por iniciativa do Centro de Estudos e Pesquisas de Direito e Justiça, selecionada pelo Ministério do Desenvolvi

Sine Municipal de Porto Velho realiza cadastro de jovens na Associação Luz do Alvorecer

Sine Municipal de Porto Velho realiza cadastro de jovens na Associação Luz do Alvorecer

Com o propósito de fazer o cadastro de jovens aprendizes para encaminhá-los ao primeiro emprego por meio da Intermediação de Mão de Obra (IMO), equipe