Porto Velho (RO) quarta-feira, 30 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Cassol e Cahulla prestigiam congresso da Cemaderon


 
Na manhã do último sábado o governador Ivo Cassol e o vice João Cahulla, acompanhados do secretário sub-chefe da Casa Civil, Nilton Capixaba, dos deputados estaduais Walter Araújo e Maurão de Carvalho, estiveram em Cacoal, na 45ª Assembléia Geral Ordinária da Igreja Assembléia de Deus, onde foram recepcionados pelos pastores Nelson Luchtenberg (presidente) e Joel Holder (vice), além de outros 1.000 pastores de igrejas de todos os municípios do estado, presbíteros e evangelizadores presentes ao congresso. 

Cassol agradeceu o convite, dizendo ser uma honra, tanto para ele quanto para Cahulla, estar presente ao mais importante evento daquela congregação. “Nós governamos o estado pensando no bem de todas as pessoas, independente de suas religiões ou crenças. Todos podem ficar tranqüilos quanto aos rumos do estado a partir de abril quando o Cahulla assumir o governo no meu lugar, ele vai continuar com os mesmos projetos, com a mesma determinação e no mesmo rumo”, disse Cassol no auditório da Cemaderon completamente lotado.

Governador e vice entregam viaturas à Polícia Civil, deputados e pastores visitam as obras do Hospital Regional

Aproveitando a oportunidade, já que iriam mesmo visitar de surpresa as obras do Hospital Regional, Cassol e Cahulla convidaram os presentes na Assembléia para conhecerem as obras do novo Hospital Regional de Cacoal, que encontram-se em fase de conclusão. 

Aproximadamente 250 pastores acompanharam o governador e o vice na vistoria das obras, que mesmo no sábado não parou, com dezenas de operários trabalhando para que a entrega ocorra dentro do prazo estabelecido. 

Antes da visita propriamente dita, o governador e o vice entregaram 3 novas viaturas (2 VW Gol e uma Parati) equipadas e caracterizadas para a Polícia Civil de Cacoal. Estas viaturas já estão a serviço do combate á criminalidade na região. 

Após a rápida solenidade, a comitiva percorreu os corredores do Hospital, recebendo informações detalhadas sobre onde funcionariam as alas e os serviços que serão oferecidos à população. 

Hospital Regional: grande em números e importância para a população

O Hospital Regional de Cacoal começou a ser construído em 1990, mas a obra ficou parada durante várias administrações por conta de erros de projeto e embargos judiciais devido à superfaturamento. Retomada na atual administração do estado com recursos das compensações ambientais da construção das usinas hidrelétricas do rio Madeira para a área da saúde, os números do novo hospital são superlativos em todas as áreas: possui uma área construída de 19.000 metros quadrados, num terreno de 40.000 metros. 

O sub-chefe da Casa Civil, Nilton Capixaba, explicou à comitiva que o novo hospital terá 8 centros cirúrgicos, 30 leitos de U.T.I. e mais 160 leitos para internação, ala pediátrica, laboratórios de análises clínicas e exames de alta complexidade, como ultrassonografia e tomografia computadorizada, além de central geradora de oxigênio, poços artesianos, auditório para 300 pessoas, capela, cozinha industrial, salas de aulas para residentes e alunos estagiários de medicina e enfermagem e uma central geradora de energia elétrica com capacidade de 2.500 kVA, suficiente para abastecer uma cidade do tamanho de Chupinguaia, por exemplo, e será totalmente climatizado, inclusive o Pronto Socorro, que fará o atendimento de urgência e emergência. 

Quando estiver funcionando em plena capacidade deverá empregar cerca de 1.500 funcionários diretos, entre funcionários administrativos e da área de saúde, além de fornecedores diversos na prestação de serviços. 

Cassol explicou aos pastores, enquanto caminhavam pelos corredores, que é grande a preocupação do Governo do Estado em concluir o hospital devido à superlotação dos hospitais da capital e a dificuldade de deslocamento dos pacientes do interior, que muitas vezes não chegam com vida para receber o atendimento que precisam. “Ainda estamos dependendo do Ministério da Saúde que ficou de nos repassar R$ 36 milhões para a compra dos equipamentos e até agora só repassou menos de R$ 12 milhões. O restante dos recursos já estão assegurados, estamos inclusive remanejando os servidores que irão trabalhar aqui e devemos inaugurar a obra no final de março e sem dever um centavo à banco ou quem quer que seja”, disse Cassol entusiasmado. 

Ao final da visita o pastor Geraldo B. de Lima, da igreja Assembléia de Deus de Alvorada do Oeste, fez uma oração pedindo bênçãos “às novas instalações, aos funcionários e aos governantes pela iniciativa de tão importante obra para o povo de Rondônia, onde certamente milhares de vidas serão salvas”. 

Após a visita toda a comitiva retornou à sede da igreja em Cacoal onde almoçaram. O governador Ivo Cassol dirigiu-se então à Rolim de Moura e em seguida a Ariquemes, onde participaria à noite de uma festa de formatura da Faculdade Integrada de Ariquemes – FIAR, e da Corrida de Jericos no domingo, em Alto Paraíso. Cahulla retornou à capital para prestigiar a abertura do Carnaval e no domingo também estaria na Corrida de Jericos de Alto Paraíso. 

Fonte: Decom

Mais Sobre Municípios

Semana do Trânsito: Comitê encerra atividades comemorativas

Semana do Trânsito: Comitê encerra atividades comemorativas

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), coordenadora do Comitê Municipal de Segurança Viária, realizou na última sexta-feira (25) o encerramento d

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), informa que foi confirmada a paralisaç