Porto Velho (RO) quinta-feira, 1 de outubro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Cassol e Cahulla entregam o Hospital Regional de Cacoal



Depois de 19 anos de espera finalmente hospital é concluído

O Hospital Regional de Cacoal, uma das mais importantes obras do Governo do Estado, que vai beneficiar diretamente 800.000 habitantes, equivalente a 60% da população de Rondônia, foi oficialmente entregue pelo governador Ivo Cassol e pelo vice-governador João Cahulla na manhã desta terça-feira, em solenidade que reuniu centenas de autoridades e convidados. 

Os números do novo hospital são grandiosos: possui 160 leitos, sendo 30 para Unidade de Terapia Intensiva, 12 para atendimento de urgência e 2 de emergência, atendendo nas áreas de ortopedia, cardiologia, pediatria, neurologia, psiquiatria, entre outros, além de laboratórios completos para exames de eletrocardiograma, eletro encefalograma, eco cardiograma, raios-x, mamografia, ultrassonografia, endoscopia e tomografia computadorizada, entre outros para Com 24 blocos instalados em 18.500 metros quadrados de área construída, é o maior do interior, num terreno de área total de 40.000 metros. Quando estiver em pleno funcionamento terá em seu quadro cerca de 1.400 funcionários devidamente qualificados, entre administrativos, enfermeiros e médicos. O H.R.C. possui ainda auditório para treinamento, biblioteca, estação de tratamento de água, produção própria de oxigênio e alojamentos para o corpo médico. 

O novo hospital é uma antiga aspiração da população, não só de Cacoal mas de toda a região, que há 19 anos teve seu início e só agora foi concluído, graças a uma oportunidade que surgiu com a construção das usinas do rio Madeira. Com as compensações para a área de saúde que o estado teria direito, o governador Ivo Cassol determinou que R$ 33 milhões fossem destinados à conclusão das obras, que estavam paralisadas em virtude de irregularidades apontadas pelo Tribunal de Contas da União nas administrações anteriores. 

“Mesmo sofrendo críticas e acusações mentirosas que nós estaríamos tirando dinheiro da saúde da capital para levar para o interior, o que não era verdade, eu insisti na conclusão desta obra, que era uma das nossas prioridades, e que hoje é uma realidade para atender a população do interior e aliviar a situação dos hospitais da capital”, disse o governador Ivo Cassol, agradecendo os diretores da Santo Antônio Energia, que repassou os recursos, e os funcionários que trabalharam na conclusão da obra. 

Cassol referia-se à engenharia financeira que foi feita, utilizando dinheiro da iniciativa privada para a conclusão do H.R.C. e, com a devida autorização da Assembléia Legislativa, financiou recursos para investir na capital sem prejuízo nenhum à população de Porto Velho, uma vez que não era permitido aplicar verbas oficiais no hospital de Cacoal devido às irregularidades então existentes. Todas as pendências foram sanadas pelo Governo do Estado e o dinheiro da compensação para a saúde foi investido na conclusão da obra, que hoje é realidade e em breve estará atendendo toda a população da região. 

O governador Ivo Cassol fez um discurso inflamado, e se mostrou indignado pelo fato de que o novo hospital só não está atendendo ainda devido ao fato do Ministério da Saúde não ter repassado o total dos recursos acordados com o Governo do Estado para a compra dos equipamentos, na casa de R$ 35 milhões de reais. 

Para conseguir a liberação dos recursos o governador praticamente empreendeu uma vigília constante junto ao Ministério da Saúde, tendo por diversas vezes se reunido o ministro José Gomes Temporão. Para equipar totalmente o hospital são necessários recursos na ordem de R$ 35 milhões, sendo que R$ 12,7 milhões foram repassados na última sexta-feira e os R$ 22 milhões restantes ainda estão sendo analisados pelo Ministério. O secretário de Saúde, Dr. Milton Moreira, disse que agora será empreendido um tempo recorde para a compra dos equipamentos que a verba permite para o hospital ser entregue definitivamente à população e começar o atendimento. 

O vice-governador João Cahulla, que toma posse nesta quarta-feira frente ao executivo estadual, destacou o empenho do Governo do Estado em concluir a obra e contratar os servidores para o início efetivo do atendimento aos pacientes. “Não é aceitável que alguém que precise de atendimento médico atravesse o estado numa maca para receber tratamento em Porto Velho, isso vai acabar graças a este hospital e a nossa determinação”, disse Cahulla, confirmando que tão logo encerre o período das chuvas a “Operação Cidade Limpa” voltará a Cacoal para ajudar a prefeitura na limpeza das ruas e terrenos da cidade.

Entrega de viaturas para a Secretaria Regional

Aproveitando a solenidade o governador Ivo Cassol e o vice Cahulla entregaram 5 novas viaturas para a Polícia Militar de Cacoal e 1 caminhão tipo prancha para a Secretaria Regional de Cacoal, que será utilizado para o transporte de máquinas pesadas e caminhões que fazem a manutenção das estradas da região. 

Além do governador e do vice estavam presentes à solenidade, além dos convidados locais, os secretários de Saúde, Milton Moreira; da Educação, Marli Cahulla; de Obras Civis, Alceu Ferreira Dias, da Coordenadoria Geral de Apoio à Governadoria, Carlos Canoza; o sub-chefe da Casa Civil, Nilton Capixaba, o secretário Regional, Ademar de Oliveira Silva, os prefeitos de Cacoal, padre Franco, de Primavera, Heloísa Bertoletti, e de São Felipe, José Luiz, além dos deputados estaduais Neodi Carlos de Oliveira, Tiziu Jidalias, Maurão de Carvalho e Kaká Mendonça, vereadores e representantes do Consórcio Santo Antonio Energia, responsáveis pela compensação ambiental que possibilitou a conclusão desta tão sonhada obra. 

Fonte: Decom

Mais Sobre Municípios

Semana do Trânsito: Comitê encerra atividades comemorativas

Semana do Trânsito: Comitê encerra atividades comemorativas

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), coordenadora do Comitê Municipal de Segurança Viária, realizou na última sexta-feira (25) o encerramento d

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), informa que foi confirmada a paralisaç