Porto Velho (RO) sábado, 23 de outubro de 2021
×
Gente de Opinião

Municípios

Câmara Municipal assume compromisso com MPT/RO de realizar concurso público


 
Câmara Municipal assume compromisso perante o MPT/RO de realizar concurso público sob pena de pagar R$ 30 mil de multa

Legislativo municipal terá de extinguir os contratos temporários vigentes e exonerar ocupantes de cargos em confiança

A Câmara Municipal de Candeias do Jamari (RO) terá de dar início em janeiro do próximo ano (2010) aos trâmites necessários para a realização de concurso público, nos moldes do artigo 37, inciso segundo, da Constituição Federal, objetivando o preenchimento de todas as vagas em aberto, especialmente aquelas ocupadas por vigilantes; nos setores de processamento de dados; de diretor de Recursos Humano, auxiliar de diretor financeiro, assistente de Plenário e serviços gerais.

A obrigação foi assumida em aditamento de Termo de Ajuste de Conduta firmado pela Câmara Municipal, representada por seu presidente, Benjamim Pereira Soares Junior, perante o Ministério Público do Trabalho (MPT), representado pela procuradora do Trabalho Damaris Ferraz Salvioni, em audiência realizada na sede da Procuradoria Regional do Trabalho (PRT) da 14ª Região, em Porto Velho/RO.

O Ministério Público do Trabalho concedeu prazo até 31de dezembro de 2010 para que a Câmara Municipal de Candeias do Jamari cumpra a obrigação, ou seja, realize o concurso, faça a nomeação e ou contrate as pessoas aprovadas no concurso público, além de extinguir os contratos temporários vigentes e exonerar ocupantes de cargos em confiança.

A multa para a hipótese de a Câmara Municipal não cumprir as obrigações assumidas perante o MPT foi fixada no valor de 30 mil reais, a ser suportada, solidariamente, pelo presidente da Câmara, vereador Benjamim Pereira Soares Júnior.

A Câmara Municipal também terá de abster-se da nomeação de pessoas, sem a prévia aprovação em concurso público, para ocuparem cargos em comissão que
não impliquem efetivo exercício de funções de direção, chefia e assessoramento, conforme prescreve o inciso quinto do artigo 37 da Constituição Federal de 1988.

Também terá de realizar tantos concursos públicos quanto necessários para completar o quadro efetivo de servidores, na eventualidade de não preenchimento de todas as vagas oferecidas no certame de que se obriga a realizar, bem como informar ao Ministério Público do Trabalho e ao Juízo, trimestralmente, as medidas adotadas com
relação ao efetivo e integral cumprimento dos compromissos assumidos, justificando eventuais atrasos no cronograma, os quais serão devidamente analisados.

Fonte: ASCOM /PRT 14 

Mais Sobre Municípios

Vilhena cresce mais que Estado e Brasil em 2020 e 2021 gerando empregos e abrindo empresas

Vilhena cresce mais que Estado e Brasil em 2020 e 2021 gerando empregos e abrindo empresas

O bom momento econômico de Vilhena fica evidente com relatórios emitidos pelo Ministério do Trabalho (MTE) e pela Secretaria Municipal de Fazenda (S

Busca ativa é realizada para solucionar pendências de documentação à regularização de imóveis nos bairros Calama e Paraíso em Porto Velho

Busca ativa é realizada para solucionar pendências de documentação à regularização de imóveis nos bairros Calama e Paraíso em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho encerra nesta sexta-feira (22), às 13h, uma ação de regularização dos imóveis localizados nos bairros Calama e Paraíso. O

Hildon Chaves defende a importância de projetos de sustentabilidade na Amazônia

Hildon Chaves defende a importância de projetos de sustentabilidade na Amazônia

O prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, participou na quinta-feira (21) da 300ª Reunião Ordinária do Conselho de Administração (CAS) da Superintendê

Complexo Beira Rio será sede da Prefeitura de Cacoal

Complexo Beira Rio será sede da Prefeitura de Cacoal

Visando por fim na antiga prefeitura no Centro de Cacoal, a atual administração está alterando a finalidade do Complexo Beiro Rio e levará, até o fi