Porto Velho (RO) sábado, 19 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Câmara aprova doação de terreno para TV


 
Ariquemes vai contar com mais um canal de TV. “As obras de construção começam em breve e a meta é que entre 60 e 90 dias, a emissora já esteja no ar”, afirmou o diretor da TV Candelária, afiliada da Rede Record, ex-deputado estadual Everton Leoni, ao participar da reunião de Comissões Temáticas da Câmara de AriquemesCâmara aprova doação de terreno para TV  - Gente de Opinião que discutiu a aprovação do Projeto de Lei 1961/10 de autoria do Executivo que doa a área para a emissora.

Em sessão realizada nesta segunda-feira (7), os vereadores aprovaram o projeto. Ao falar sobre a implantação da TV no município, Everton Leoni adiantou que a idéia é fazer uma programação local que incluirá jornalismo no horário do meio-dia com chamadas regionais.

Debate e TV Digital

De acordo com o diretor, o grupo conta hoje com 17 emissoras de TV e seis rádios que estão espalhadas por todo o Estado. “Agora queremos que Ariquemes faça parte deste contexto, pois sabemos que o município tem progredido significativamente e ocupa hoje, o segundo lugar no Estado no mercado de publicidade”, revela Everton Leoni, anunciando ainda para este ano, um debate ao vivo entre os candidatos ao Governo do Estado pela emissora, e para maio de 2011, a inclusão da TV Digital. “E vamos valorizar a cidade a altura do que ela merece com uma estrutura moderna e arrojada”, concluiu o diretor.

O presidente da Câmara, vereador Saulo Moreira (PDT), explicou que a parceria entre o Executivo e os vereadores no sentido de aprovar o projeto de doação do terreno a emissora se deve ao fato de que todos querem ver a cidade recebendo investimentos, gerando empregos e impulsionando ainda mais a economia do município. “Por isso, não tivemos razão para não aprovar o projeto”, resumiu.

Associação Forense

Outro Projeto relevante aprovado pela Câmara de Ariquemes nesta segunda-feira foi o 1962/10 que também doa uma área para a Associação da Família Forense de Ariquemes (AFFAR). De acordo com a técnica judiciária Gislane Magalhães Caldeira, o terreno servirá para a implantação da sede social da AFFAR, que engloba projetos sociais e esportivos. “Além disso, a área também é necessária para que se cumpra o próprio estatuto da Associação”, justificou a técnica que acompanhou a votação com outros representantes do judiciário.

A Associação dos Moradores do Setor 2 (Asmased), também foi beneficiada na sessão com a aprovação do Projeto de Lei 1963/10 de autoria da vereadora Rosa Pereira (PSL), que reconhece a Associação como de utilidade pública.

Fonte: Jaqueline Alencar

Mais Sobre Municípios

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Setembro é o mês de intensificação das ações de prevenção ao suicídio através da campanha Setembro Amarelo. Em um ano de pandemia, com o isolamento

Prefeitura de Rolim de Moura: Nota de pesar Doutor  Renê

Prefeitura de Rolim de Moura: Nota de pesar Doutor Renê

É com profunda tristeza que a prefeitura de Rolim de Moura (RO) comunica o falecimento do médico Renê Alfredo Delgadillo Salgueiro, vítima da COVID-

Doações do Imposto de Renda beneficia entidades sociais de Ji-Paraná

Doações do Imposto de Renda beneficia entidades sociais de Ji-Paraná

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolesce