Porto Velho (RO) domingo, 20 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Bianco disponibiliza apoio aos projetos do Hospital do Câncer em Ji-Paraná


 

Em almoço oferecido pelo Grupo de Apoio aos Portadores de Câncer de Ji-Paraná (GAPC), ontem, 27 de junho, ao Presidente do Hospital do Câncer de Barretos (HCB-SP), Henrique Prata, e ao diretor do departamento de captação de recursos, Luiz Antônio Zardini, o Prefeito de Ji-Paraná, José de Abreu Bianco (DEM), reafirmou completo apoio da municipalidade em relação ao trabalho realizado pelo GAPC junto à população de Ji-Paraná, além de parceria na implantação dos projetos do HC, anunciados por seu Presidente, no município.

Segundo Henrique Prata, Rondônia é um estado muito querido e que merece atenção especial, principalmente pela sua localização. A distância em relação a Barretos dificulta o tratamento dos pacientes, tornando a situação mais dolorosa do já é.

“Temos a intenção de montar uma filial do HC em Rondônia para atender toda a Região Norte. Não podemos afirmar que será em Ji-Paraná, realizaremos um estudo logístico para determinar qual a cidade mais propícia para tanto. Porém, a partir de janeiro já estaremos implantando um projeto que era a ‘Menina dos Olhos’ do meu pai, e agora é a minha. Estamos investindo maciçamente no trabalho de prevenção onde disponibilizaremos a presença de carretas equipadas com o que há de mais moderno na área de exames que ficarão por maiores períodos para cada cidade visitada, onde será realizada uma verdadeira varredura no diagnóstico precoce de câncer de mama, próstata, colo de útero e pele, aumentando assim as chances de cura desses pacientes”, explicou.

O Prefeito Bianco aproveitou a ocasião para agradecer o trabalho que o HC tem realizado junto aos pacientes de Ji-Paraná, que oferece gratuitamente o que há de mais moderno na medicina oncológica mundial, além de todo o apoio quanto às acomodações dos acompanhantes. “Tenho escutado muitos relatos de pessoas que são tratadas em Barretos que realmente têm me deixado bastante sensibilizado, todos os comentários são de forma elogiosa e positiva. Se houver a intenção da instalação de uma unidade do HC em Ji-Paraná, estaremos dando todo o apoio necessário para facilitar este processo. Como também estaremos disponibilizando o que for necessário para que o projeto de prevenção com as carretas itinerantes seja realizado da melhor forma possível”, comentou o Prefeito.

A vinda do Presidente e de seu diretor de captação de recursos a Ji-Paraná foi articulada pelo GAPC, com objetivo de estreitar laços entre o HC e os integrantes do GAPC, como também de todos aqueles que são assíduos colaboradores, seja com trabalho voluntário ou com doações.

“Estamos muito felizes com o resultado deste encontro. A presença do Henrique Prata e do Zardini foram essenciais para que todos os envolvidos com as ações do GAPC conheçam cada vez mais esse importantíssimo trabalho realizado pelo HC”, comentou Silvia Cristina Amâncio Chagas, coordenadora do HC em Ji-Paraná e integrante do GAPC.

Em 2009, Rondônia foi responsável pelo envio de 1.236 pacientes para tratamento de câncer em Barretos, sendo que destes, 155 foram de Ji-Paraná. Todos os municípios rondonienses enviaram pacientes para tratamento no HC.

Fonte: Ascom


 

Mais Sobre Municípios

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Setembro é o mês de intensificação das ações de prevenção ao suicídio através da campanha Setembro Amarelo. Em um ano de pandemia, com o isolamento

Prefeitura de Rolim de Moura: Nota de pesar Doutor  Renê

Prefeitura de Rolim de Moura: Nota de pesar Doutor Renê

É com profunda tristeza que a prefeitura de Rolim de Moura (RO) comunica o falecimento do médico Renê Alfredo Delgadillo Salgueiro, vítima da COVID-

Doações do Imposto de Renda beneficia entidades sociais de Ji-Paraná

Doações do Imposto de Renda beneficia entidades sociais de Ji-Paraná

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolesce