Porto Velho (RO) sábado, 26 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Banco do Povo lançará moeda digital Jamari, em Ariquemes


A partir deste fim de semana, moradores dos setores 9 e 10 de Ariquemes poderão utilizar uma nova moeda em suas compras. Trata-se da moeda social digital, isto é, um cartão magnético que será aceito exclusivamente nos estabelecimentos conveniados, geralmente pequenos comércios, tais como mercados, salões de beleza, etc, e prestadores de serviço do próprio bairro (pedreiros, encanadores etc), formais ou informais. Quem utilizar o cartão ganhará descontos nestes estabelecimentos. O cartão terá uma senha e poderá ser “recarregado”.

O Banco do Povo, responsável pela nova moeda, também concederá limites de crédito para os usuários cadastrados no programa. O lançamento da moeda digital será feito pelo governador Confúcio Moura, neste sábado (21), em Ariquemes. O projeto tem as parcerias da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico e Social (Sedes), Prefeitura de Ariquemes, Fundo de Apoio ao Empreendimento Popular de Ariquemes (FAEPAR) e Fácil Informática.

Serão realizados dois eventos. Às 17h, na Escola Magdalena Tagliaferro, à rua Umuarama, S/N, no Setor 9 de Ariquemes, com apresentação aberta para a comunidade em geral e às 18h, no Salão da Loja Maçônica Vigilantes da Ordem II, à Avenida Capitão Silvio, 2036, quando será oferecido um coquetel as autoridades, comerciantes locais e convidados.

“Serão contemplados inicialmente cerca de 16 mil habitantes dos setores 9 e 10 e de bairros próximos em Ariquemes, com a emissão inicial de dois mil cartões, numa injeção de recursos da ordem de R$ 600 mil”, anunciou o presidente do Banco do Povo de Rondônia, Arnaldo Campos. “Em Ariquemes, teremos a moeda Jamari, mas cada município contemplado terá sua própria moeda. O próximo deverá ser Guajará-Mirim, segundo já declarou o governador Confúcio Moura, e a moeda de Guajará se chamará Pérola”, adiantou Campos.

“Em todo o Estado, o governo do Estado deverá investir cerca de R$ 5 milhões no projeto, através do Banco do Povo, com a emissão de 10 mil cartões digitais em diversos municípios e regiões do Estado”, diz o secretário titular da Sedes, Edson Luiz Vicente. “O projeto tem o objetivo de valorizar o comércio e os serviços das comunidades em que estará inserido, gerando empregos e renda e fortalecendo a economia local”, afirma o secretário.

Facilidade

Os usuários terão segurança digital para poder utilizar o cartão, através de uma senha numérica e de um código exclusivo. Funcionará como um cartão de compras e poderá ser reabastecido no Banco do Povo como um cartão pré-pago. “Pequenos estabelecimentos informais, como o mercadinho da rua, o salão de beleza, a lojinha da esquina, todos poderão participar”, diz Arnaldo Campos. “A compra poderá ser feita através de uma máquina comum ou pela internet, com rapidez e praticidade”.

Para estimular o uso do cartão, o Banco do Povo também financiará computadores pessoais para os interessados, a juros de 1% ao mês. “Em Ariquemes, a internet já é gratuita, numa iniciativa do governador quando ele era prefeito da cidade”, diz Arnaldo.

“Com acesso à internet e à compra do computador, o governador quer fazer um amplo programa de inclusão digital, e a moeda digital será um dos instrumentos que poderá viabilizar essa transformação para pessoas de todas as rendas, nas comunidades onde estiverem inseridas. É a democracia digital”, finaliza o secretário Edson Vicente.

Fonte: Decom
 

Mais Sobre Municípios

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), informa que foi confirmada a paralisaç

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes – SEMTRAN, comunica à população que a avenida Cam