Porto Velho (RO) quinta-feira, 1 de outubro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

APAE de Jaru consegue Utilidade Pública Estadual


 
Há 24 anos a Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE de Jaru) vem realizando um trabalho de vital importância na assistência de jovens e adultos com necessidades especiais e de orientação às famílias dos portadores de necessidades.

São mais de 250 alunos de cinco municípios que são assistidos todos os anos por profissionais de fisioterapia, pedagogos, fonoaudiólogos, dentistas e por uma equipe multidisciplinar responsável pelas atividades de estimulação precoce, reorganização neurológica e com o tratamento através da equoterapia. (Utilização de cavalos como forma de reduzir o estresse e tratar problemas comportamentais).

O trabalho da APAE de Jaru foi reconhecido pelo Estado de Rondônia na última Sessão Extraordinária da Assembleia Legislativa, quando foi concedido à Associação Apaiana de Jaru o Título de Utilidade Pública Estadual.

Este reconhecimento, segundo o deputado estadual Jesualdo Pires (PSB), que propôs o Projeto de Lei para a concessão do título à APAE, é uma garantia de seriedade da organização atestada pelo Estado de Rondônia. Como a instituição quase sempre precisa captar recursos para realizar seus trabalhos, o reconhecimento de Utilidade Pública irá contribuir como fomentador de recursos para entidade. “Até os parceiros da APAE serão beneficiados, pois os que fizerem doações poderão requerem a dedução de valores no Imposto de Renda. Um motivo a mais para continuarem a contribuir”, ressaltou o deputado.
Para a diretora da instituição, Sonia Cordeiro de Souza, a conquista é uma vitória de todos aqueles que sempre acreditaram no trabalho que a APAE vem realizando ao longo dos anos.

A professora pedagoga, Cléia Regina de Souza Lima, ressaltou que todos os profissionais envolvidos com as atividades da APAE são responsáveis pelo sucesso da instituição. “Um trabalho árduo, mas dignificante. Todos nós temos a certeza que estamos contribuindo para a melhoria da qualidade de vida de inúmeras famílias”, disse a professora.

Dificuldade – A diretora Sonia Cordeiro de Souza afirmou que a APAE de Jaru tem tido dificuldades para encontrar profissionais da área de psicologia. “Já chegamos a ter a nossa disposição dois profissionais desta área. Hoje estamos sem nenhum psicólogo”, disse. A diretora afirmou que uma comissão da instituição irá a Porto Velho nos próximos dias para solicitar que o Governo do Estado seda um profissional do quadro da educação para trabalhar na APAE. “Sabemos que é um profissional que está em falta no Estado. Mesmo assim iremos recorrer à Secretaria de Educação”, concluiu.

Fonte: Ascom
 

Mais Sobre Municípios

Semana do Trânsito: Comitê encerra atividades comemorativas

Semana do Trânsito: Comitê encerra atividades comemorativas

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), coordenadora do Comitê Municipal de Segurança Viária, realizou na última sexta-feira (25) o encerramento d

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), informa que foi confirmada a paralisaç