Porto Velho (RO) terça-feira, 26 de outubro de 2021
×
Gente de Opinião

Municípios

Aeroporto de Ji Paraná: SAC irá avaliar se recursos


Durante reunião ontem (18) com o ministro Moreira Franco (Aviação Civil), agendada pela coordenação da bancada de Rondônia, técnicos da pasta, por determinação do ministro, irão avaliar se os recursos federais disponíveis para a nova pista no aeroporto de Ji Paraná poderão ser utilizados para a construção de um terminal de passageiros.

Os R$ 10 milhões alocados para o projeto da nova pista não poderão ser gastos com isso porque a Secretaria da Aviação Civil (SAC) recusou dois projetos apresentados, por não contemplarem “levantamento de campo” e “requisitos exigidos nas normas de aviação”, conforme sublinhou na reunião o assessor especial Mário Rodrigues.

Para não perder os recursos ou ao menos parte deles, é que o deputado Marcos Rogério (PDT-RO) propôs a obra do terminal de passageiros: “O que nos move hoje é o projeto do terminal porque chove lá dentro. Eu não acredito que a obra para a pista saia em 2014, um ano eleitoral. Tem que ter estudo técnico, novo projeto, então o apelo que faço é fazermos o aproveitamento do recursos para construir o terminal”.

O deputado federal Padre Ton (PT-RO) concordou com a sugestão e confirmou ser precária a condição do terminal para abrigar passageiros, lembrando que além de Rogério ele mesmo e o deputado Anselmo de Jesus (PT-RO) utilizam o aeroporto de Ji Paraná. O deputado frisou a importância do aeroporto em município de grande importância para o estado, o que também foi ressaltado por representante do Ministério Público Federal na reunião. Ji Paraná sedia muitas instituições federais, como o Ibama e Polícia Rodoviaria Federal, e por questões de saúde  é muito utilizado.

O ministro Moreira Franco disse conhecer a importância do aeroporto para a região central de Rondônia e para o estado como um todo, mas enfatizou que as normas de segurança são fundamentais e mais complexas do que a construção de uma rodovia, por isso é que os projetos foram recusados.

Após entendimentos mantidos com o governo de Rondônia, decidiu-se que a SAC providenciará a elaboração de novo projeto, o que deve ser concluído no final de outubro. “Em comum acordo com a diretoria do Programa Federal de Auxilio a Aeroportos (Profaa) o projeto foi abortado, e outro será desenvolvido com todas as normas de segurança exigidas. O DER fará obra para vida útil de seis meses, na atual pista”, disse Mário Rodrigues.

O DER já iniciou, com recursos próprios, obras de recapeamento de toda a extensão da pista de pouso e decolagem do aeroporto José Coleto, com previsão de término em 60 dias. Serão refeitos os 1800 metros de pista, bem como toda a área de taxiamento de aeronaves e sinalização. Será feito também um microrevestimento da pista.

Na reunião, o representante do DER, Humberto Sayal, disse que não há tempo hábil para se contratar um novo projeto, o que ficará a cargo da SAC, e que a posição do governo do Estado, já manifestada ao governo federal, “é a de que os recursos federais disponíveis continuem assegurados para Rondônia”.

A diretora do Profaa, Fabiana Todesco, o senador Ivo Cassol (PP-RO)  e os deputados Nilton Capixaba (PTB-RO),  Marinha Raupp (PMDB-RO) e Carlos Magno (PP-RO) também estiveram na reunião.   

Fonte: Mara Paraguassu

 

Mais Sobre Municípios

Obras de saneamento recebe visita técnica do Conselho Municipal de Saneamento Básico de Ariquemes

Obras de saneamento recebe visita técnica do Conselho Municipal de Saneamento Básico de Ariquemes

Na tarde da última quinta-feira (22.10), representantes do Conselho Municipal de Saneamento Básico de Ariquemes, realizaram uma visita técnica às ob

Vilhena cresce mais que Estado e Brasil em 2020 e 2021 gerando empregos e abrindo empresas

Vilhena cresce mais que Estado e Brasil em 2020 e 2021 gerando empregos e abrindo empresas

O bom momento econômico de Vilhena fica evidente com relatórios emitidos pelo Ministério do Trabalho (MTE) e pela Secretaria Municipal de Fazenda (S

Busca ativa é realizada para solucionar pendências de documentação à regularização de imóveis nos bairros Calama e Paraíso em Porto Velho

Busca ativa é realizada para solucionar pendências de documentação à regularização de imóveis nos bairros Calama e Paraíso em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho encerra nesta sexta-feira (22), às 13h, uma ação de regularização dos imóveis localizados nos bairros Calama e Paraíso. O

Hildon Chaves defende a importância de projetos de sustentabilidade na Amazônia

Hildon Chaves defende a importância de projetos de sustentabilidade na Amazônia

O prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, participou na quinta-feira (21) da 300ª Reunião Ordinária do Conselho de Administração (CAS) da Superintendê