Porto Velho (RO) sábado, 23 de outubro de 2021
×
Gente de Opinião

Municípios

Aeroporto de Ji-Paraná deve começar a enviar dados meteorológicos à REDEMET



Tecnologia vem investindo em massa este ano com o aparelhamento de estações meteorológicas pelo Brasil e o reparo das que se encontram em estado precário de recebimento, armazenado e envio de dados aos centros de pesquisas que utilizam as informações em seus estudos.

Recentemente, o INMET (Instituto Nacional de Meteorologia) de Brasília informou a instalação de novas estações meteorológicas em diversos Estados, dentre eles, Rondônia, que terá até o final do ano, 8 estações meteorológicas automáticas em funcionamento, duas delas até o final do mês de julho, sendo uma em Vilhena e outra em Cacoal. Atualmente, apenas Porto Velho tem uma estação automática do instituto em funcionamento.

Outro importante grupo de pesquisas, o ELAT (Grupo de Eletricidade Atmosférica) do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), divulgou que a rede de monitoramento de descargas atmosféricas no Brasil está sendo ampliada, com a instalação de novos sensores. O Estado de Rondônia também será contemplado com a reativação do sensor de raios instalado em Vilhena e mais adiante, com a instalação de novos sensores próximos a Porto Velho, em virtude da construção das usinas hidrelétricas.

Nesta semana, a REDEMET (Rede de Meteorologia do Comando da Aeronáutica) deve começar a contar com mais uma estação meteorológica de superfície. Os dados meteorológicos observados em Ji-Paraná, no aeroporto José Coleto, serão repassados ao Comando por meio de operações codificadas, o chamado METAR, utilizado em todos os aeroportos de porte do mundo, no controle da segurança do tráfego aéreo.

A instalação da estação meteorológica foi concluída na ultima semana, segundo informou o diretor administrativo Antônio Carlos Crevelaro. Durante a construção, uma equipe do Parque de Material de Eletrônica da Aeronáutica de Manaus esteve fazendo os últimos ajustes na estação, que funciona em caráter do tipo Climatológica.

Tão breve, com o auxilio do Grupo Especial de Inspeção de Vôo (GEIVE), a estação de Ji-Paraná funcionará definitivamente como estação meteorológica de Aviação, assim recomendado pelas normas de segurança da Aeronáutica.

A reivindicação de uma estação meteorológica em Ji-Paraná é antiga por parte do grupo empresarial da cidade e pela população da região central de Rondônia que utiliza o transporte aéreo de um modo geral.

Várias foram às vezes em que pousos e decolagens tiveram de ser cancelados em virtude da má visibilidade na pista, mesmo com o auxilio de instrumentos. Durante os dias chuvosos, a falta de teto provocada pela cobertura de nuvens baixas dificulta e muito a visibilidade dos pilotos e por regra e medidas de segurança, quando não há equipamentos que ajudem no monitoramento do espaço aéreo, os vôos são obrigatoriamente desviados para outras localidades onde o tempo está bom ou oferece melhores condições de mecanismos.

A REDEMET já reporta em sua página na internet, dados de METAR dos aeroportos de Vilhena, Guajará-Mirim e Porto Velho, com dados de METAR de hora em hora aos usuários, sendo que em Vilhena e Porto Velho, além de estações meteorológicas em superfície, também há medição em altitude, feita por sondas de alcance, com balões que sobem até a alta atmosfera coletando dados de temperatura, ponto de orvalho, umidade e índices de instabilidade, essenciais para a previsão e monitoramento meteorológico de segurança.

A partir de agora, os dados de Ji-Paraná também farão parte da REMEMET, o que deve diminuir e muito, os riscos de cancelamentos de pousos e decolagens em virtude das condições meteorológicas.

Dados: Ascom/Aeroporto
Fonte: De olho no tempo

 

Mais Sobre Municípios

Vilhena cresce mais que Estado e Brasil em 2020 e 2021 gerando empregos e abrindo empresas

Vilhena cresce mais que Estado e Brasil em 2020 e 2021 gerando empregos e abrindo empresas

O bom momento econômico de Vilhena fica evidente com relatórios emitidos pelo Ministério do Trabalho (MTE) e pela Secretaria Municipal de Fazenda (S

Busca ativa é realizada para solucionar pendências de documentação à regularização de imóveis nos bairros Calama e Paraíso em Porto Velho

Busca ativa é realizada para solucionar pendências de documentação à regularização de imóveis nos bairros Calama e Paraíso em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho encerra nesta sexta-feira (22), às 13h, uma ação de regularização dos imóveis localizados nos bairros Calama e Paraíso. O

Hildon Chaves defende a importância de projetos de sustentabilidade na Amazônia

Hildon Chaves defende a importância de projetos de sustentabilidade na Amazônia

O prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, participou na quinta-feira (21) da 300ª Reunião Ordinária do Conselho de Administração (CAS) da Superintendê

Complexo Beira Rio será sede da Prefeitura de Cacoal

Complexo Beira Rio será sede da Prefeitura de Cacoal

Visando por fim na antiga prefeitura no Centro de Cacoal, a atual administração está alterando a finalidade do Complexo Beiro Rio e levará, até o fi