Porto Velho (RO) quinta-feira, 6 de maio de 2021
×
Gente de Opinião

Municípios

Abrigo para criança é referência para o estado, afirma juiz


CACOAL/RO - O abrigo Pingo de Gente, situado ao lado da Câmara Municipal, foi fundado em 1996, com o objetivo de atender crianças e adolescentes de 0 a 18 anos que se encontram em risco social e pessoal, vítimas da exploração sexual, abuso e maus tratos. Com o apoio da prefeitura, através da Secretária Municipal de Ação Social e Trabalho, do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente e de voluntários, a instituição realiza um belíssimo trabalho, na cidade de Cacoal, voltado a reestruturar a dignidade da família. Em 2003 todo prédio passou por ampla reforma, construindo ala feminina e masculina com recursos próprios.

O Juiz da Comarca de Cacoal da Vara Cível da Infância e do Adolescente, Doutor Áureo Virgílio Queiroz, durante entrevista exclusiva, desmistificou alguns pré-conceitos emitidos pela sociedade, em relação às crianças que se encontram sob tutela especial no abrigo municipal pingo de gente. Durante visita ao abrigo, o magistrado foi enfático em afirmar que o abrigo municipal serve como referência aos demais abrigos do Estado de Rondônia.

Para o Juiz, os trabalhos realizados com as crianças e adolescentes dentro do abrigo devem ter continuidade. Independente do resultado político na sucessão municipal, essas crianças tem que continuar a serem assistidas. Questionado sobre o posicionamento do judiciário em autorizar as crianças a participar no arraial solidário, o magistrado afirmou que apenas cumpriu o que o ECA, Estatuto da Criança e do Adolescente, determina. "O artigo 53 esclarece que a criança tem direito à cultura, ao esporte e ao lazer" afirma doutor Áureo. As crianças conquistaram o terceiro lugar. Como premiação, receberam um troféu e R$ 500 reais para manutenção do abrigo.

Áureo enfatiza que as crianças e adolescentes que se encontram abrigadas não são presidiárias. Todas têm o mesmo direito que uma criança ou adolescente que convive com sua família biológica. O Juiz destacou o trabalho do abrigo por observar constantemente a higiene, às atividades de lazer e constante envolvimento dos abrigados com a sociedade.

Segundo Uriety Veloso, por determinação da prefeita Sueli Aragão, a SEMAST, mantenedora do abrigo, realiza acompanhamento sócio-econômico da família durante o decorrer do processo judicial. A casa abrigo conta com uma equipe de trabalho com excelentes profissionais. "Psicóloga, assistente social, monitores, guardas noturnos, zeladoras e merendeiras são colocados à disposição do abrigo para o bem estar dos que ali residem" enfatizou Uriety.

A diretora do abrigo, Telma Molocny Borean, ressalta que a instituição recebe visitas constantes de autoridades do Estado. Todos saem com a boa impressão a respeito dos relevantes serviços prestados por toda a equipe que atua no Pingo de Gente. No ano de 2006, 116 crianças e adolescentes passaram pela casa, dessas, 92 retornaram ao convívio familiar. Telma relata que os abrigados recebem atendimento odontológico, fonoaudiólogo, educação religiosa, cursos de informática, oratória e freqüentam as aulas regularmente.

Na oportunidade, foi apresentado ao juiz Áureo Ribeiro, a prefeita Sueli Aragão, a secretária de ação social, Uriety Veloso, aos membros do CMDCA e a todos os colaboradores do abrigo, um documentário produzido sobre a história da instituição para participar da campanha "Mude um Destino", iniciativa da Associação dos Magistrados Brasileiros. A campanha sensibiliza a sociedade em conhecer a realidade das crianças e dos adolescentes que vivem no único abrigo de Cacoal.

O Juiz da Vara da Infância e do Adolescente da Comarca de Cacoal, Doutor Áureo Virgílio Queiroz, convida a população a conhecer as instalações do abrigo municipal. Convida também àquelas pessoas que se sentem chamadas a adotar uma criança ou um adolescente como afilhado, a se dirigir ao Fórum, no Juizado da Infância e do Adolescente, para adquirir a carteira de padrinho voluntário. Atualmente, dentro do abrigo, não existe nenhuma criança ou adolescente em processo de adoção.  Fonte: TJ/RO - (Colaborador: Paulo Henrique Silva)


 

Mais Sobre Municípios

Iniciada as ações de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes em Rolim  de Moura

Iniciada as ações de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes em Rolim de Moura

A Secretária Municipal de Assistência Social de Rolim de Moura (RO) Sandra Miranda, informou que as ações para chamar atenção da sociedade rolimoure

ACR reivindica aumento do número de ônibus em Porto Velho

ACR reivindica aumento do número de ônibus em Porto Velho

A mais antiga e prestigiada associação comercial de nosso estado, a Associação Comercial de Rondônia-ACR, fundada em 30 de setembro de 1928, sob o n

Servidores da saúde de Porto Velho avaliam importância da rotina de dedicação

Servidores da saúde de Porto Velho avaliam importância da rotina de dedicação

O Dia do Trabalhador esse ano é diferente para muitos dos servidores do município de Porto Velho. A pandemia da Covid-19 mudou a rotina para quem atua

Internações por Covid-19 diminuem mais de 60% no Hospital Municipal de Ji Paraná

Internações por Covid-19 diminuem mais de 60% no Hospital Municipal de Ji Paraná

Nos últimos dias, o Hospital Municipal Dr. Claudionor Couto Roriz registrou uma queda de aproximadamente 60% no número de pacientes internados em tr