Porto Velho (RO) quinta-feira, 1 de outubro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Abrigo para criança é referência para o estado, afirma juiz


CACOAL/RO - O abrigo Pingo de Gente, situado ao lado da Câmara Municipal, foi fundado em 1996, com o objetivo de atender crianças e adolescentes de 0 a 18 anos que se encontram em risco social e pessoal, vítimas da exploração sexual, abuso e maus tratos. Com o apoio da prefeitura, através da Secretária Municipal de Ação Social e Trabalho, do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente e de voluntários, a instituição realiza um belíssimo trabalho, na cidade de Cacoal, voltado a reestruturar a dignidade da família. Em 2003 todo prédio passou por ampla reforma, construindo ala feminina e masculina com recursos próprios.

O Juiz da Comarca de Cacoal da Vara Cível da Infância e do Adolescente, Doutor Áureo Virgílio Queiroz, durante entrevista exclusiva, desmistificou alguns pré-conceitos emitidos pela sociedade, em relação às crianças que se encontram sob tutela especial no abrigo municipal pingo de gente. Durante visita ao abrigo, o magistrado foi enfático em afirmar que o abrigo municipal serve como referência aos demais abrigos do Estado de Rondônia.

Para o Juiz, os trabalhos realizados com as crianças e adolescentes dentro do abrigo devem ter continuidade. Independente do resultado político na sucessão municipal, essas crianças tem que continuar a serem assistidas. Questionado sobre o posicionamento do judiciário em autorizar as crianças a participar no arraial solidário, o magistrado afirmou que apenas cumpriu o que o ECA, Estatuto da Criança e do Adolescente, determina. "O artigo 53 esclarece que a criança tem direito à cultura, ao esporte e ao lazer" afirma doutor Áureo. As crianças conquistaram o terceiro lugar. Como premiação, receberam um troféu e R$ 500 reais para manutenção do abrigo.

Áureo enfatiza que as crianças e adolescentes que se encontram abrigadas não são presidiárias. Todas têm o mesmo direito que uma criança ou adolescente que convive com sua família biológica. O Juiz destacou o trabalho do abrigo por observar constantemente a higiene, às atividades de lazer e constante envolvimento dos abrigados com a sociedade.

Segundo Uriety Veloso, por determinação da prefeita Sueli Aragão, a SEMAST, mantenedora do abrigo, realiza acompanhamento sócio-econômico da família durante o decorrer do processo judicial. A casa abrigo conta com uma equipe de trabalho com excelentes profissionais. "Psicóloga, assistente social, monitores, guardas noturnos, zeladoras e merendeiras são colocados à disposição do abrigo para o bem estar dos que ali residem" enfatizou Uriety.

A diretora do abrigo, Telma Molocny Borean, ressalta que a instituição recebe visitas constantes de autoridades do Estado. Todos saem com a boa impressão a respeito dos relevantes serviços prestados por toda a equipe que atua no Pingo de Gente. No ano de 2006, 116 crianças e adolescentes passaram pela casa, dessas, 92 retornaram ao convívio familiar. Telma relata que os abrigados recebem atendimento odontológico, fonoaudiólogo, educação religiosa, cursos de informática, oratória e freqüentam as aulas regularmente.

Na oportunidade, foi apresentado ao juiz Áureo Ribeiro, a prefeita Sueli Aragão, a secretária de ação social, Uriety Veloso, aos membros do CMDCA e a todos os colaboradores do abrigo, um documentário produzido sobre a história da instituição para participar da campanha "Mude um Destino", iniciativa da Associação dos Magistrados Brasileiros. A campanha sensibiliza a sociedade em conhecer a realidade das crianças e dos adolescentes que vivem no único abrigo de Cacoal.

O Juiz da Vara da Infância e do Adolescente da Comarca de Cacoal, Doutor Áureo Virgílio Queiroz, convida a população a conhecer as instalações do abrigo municipal. Convida também àquelas pessoas que se sentem chamadas a adotar uma criança ou um adolescente como afilhado, a se dirigir ao Fórum, no Juizado da Infância e do Adolescente, para adquirir a carteira de padrinho voluntário. Atualmente, dentro do abrigo, não existe nenhuma criança ou adolescente em processo de adoção.  Fonte: TJ/RO - (Colaborador: Paulo Henrique Silva)


 

Mais Sobre Municípios

Semana do Trânsito: Comitê encerra atividades comemorativas

Semana do Trânsito: Comitê encerra atividades comemorativas

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), coordenadora do Comitê Municipal de Segurança Viária, realizou na última sexta-feira (25) o encerramento d

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), informa que foi confirmada a paralisaç