Porto Velho (RO) domingo, 31 de maio de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Saiba identificar se o seu parceiro é infiel analisando traços de sua personalidade.


Foto: Internet - Gente de Opinião
Foto: Internet

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da média, são profissionalmente bem sucedidos, fisicamente atraentes e possuem boas habilidades sociais.

O mesmo estudo afirma que pessoas tímidas e “fracassadas” dificilmente irão trair, justamente por se sentirem incapazes. 

 

Entretanto, não são apenas os homens ou as mulheres que traem e sim ambos os gêneros. Recentemente, um estudo feito nos Estados Unidos provou que tanto elas, quanto eles, têm praticamente a mesma porcentagem de propensão a trair. Elas ficaram apenas 4% abaixo. 

 

O universo sugari, questionou aos usuários se já tinham traído alguma vez na vida e analisou os perfis dos infiéis: 

 

Pessoas ricas:

 

Boas condições financeiras, como já citado acima, está entre as mais prováveis características. Isso garante autoconfiança ao homem e a mulher e os fazem acreditar ser independentes. 

A partir daí, é normal achar que pode fazer qualquer coisa que quiser e até mesmo chegar ao ponto de cometer uma traição pela vontade de um momento.

Quando o parceiro é financeiramente dependente, as chances são ainda mais prováveis. 

 

Quem já traiu:

 

Se no passado do seu par houve traição por parte dele, é interessante ficar atento, pois, na maioria dos casos, quem traiu uma vez tem tendência a trair várias outras. E se a pessoa foi perdoada, as chances podem aumentar por ela acreditar que será novamente. 

 

É importante saber que há pessoas mais propensas a serem infiéis, mas há aquelas que simplesmente não conseguem controlar suas vontades e se a chance aparecer, não irá pensar duas vezes antes de fazer novamente. 

 

Pessoas narcisistas: 

 

Como já diz a característica: Narcisista, é óbvio que a pessoa está sempre mais preocupada com seu ego do que com qualquer outra coisa.

Essas pessoas adoram ser desejadas e amadas por todos, então, mesmo se estiver em um relacionamento feliz, se sentirá inflado ao perceber que alguém mais o quer.

 

Além do mais, são pessoas que não se importam com os sentimentos alheios da mesma forma que se importa com os próprios. É bem provável que, além de trair, o narcisista tentará fazer o outro se sentir culpado, como se tivesse pedido para aquilo acontecer. São ótimos manipuladores. 

 

Homens mais altos e loiras:

 

Essa parece uma característica genérica demais, mas a pesquisa mostra que 70% dos usuários masculinos têm mais de 1,76m de altura e 65% das usuárias são loiras. Então, poderíamos dizer que os altos e as loiras têm mais propensão a trair do que morenas e baixinhos. 

Mas cuidado, pois não é uma regra! 

 

Pessoas viciadas em redes sociais:

 

Sabe-se que, as redes sociais é o lugar mais fácil para começar uma relação extra ou pelo menos flertar com quem quiser nos dias atuais. Afinal, são milhares de opções para todo tipo de gosto e até mesmo específicas para traição já existem.

Muitas pessoas conhecem amantes tanto em sites específicos para isso, quanto no Facebook, Twitter e por aí vai. 

Então, se o seu parceiro está muito mais vidrado do que normalmente e não o deixa de jeito nenhum olhar seu celular enquanto mexe, pode ser que tenha algo de errado aí. 

Mais Sobre Mundo - Internacional

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia

As mulheres e os homens mais compridos do mundo

As mulheres e os homens mais compridos do mundo

Segundo um estudo feito por 800 cientistas do Imperial College em Londres (1) sobre o desenvolvimento da altura das pessoas adultas nos últimos 100