Porto Velho (RO) sexta-feira, 12 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Lula: morte de Chávez não deve interferir nas melhorias sociais da Venezuela


Wellton Máximo
Agência Brasil

Brasília – A morte do presidente venezuelano, Hugo Chávez, não deverá interferir na trajetória de melhorias sociais na Venezuela, disse o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em nota oficial, o ex-presidente disse esperar que o legado de dedicação às camadas mais pobres da população continue a ser seguido no país.

Enfatizando a tristeza com a morte do chefe de Estado venezuelano, Lula expressou solidariedade com o povo venezuelano e disse ter orgulho de ter trabalhado com Chávez pela integração dos povos latino-americanos e por um mundo mais justo.
 

Confira a íntegra da nota do ex-presidente Lula:

“Foi com muita tristeza que recebi a notícia do falecimento do presidente Hugo Chávez. Tenho orgulho de ter convivido e trabalhado com ele pela integração da América Latina e por um mundo mais justo. Eu me solidarizo com o povo venezuelano, com os familiares e correligionários de Chávez, neste dia tão triste, mas tenho a confiança de que seu exemplo de amor à pátria e sua dedicação à causa dos menos favorecidos continuarão iluminando o futuro da Venezuela.”
 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe