Porto Velho (RO) quinta-feira, 11 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Japonesa no Brasil busca informações sobre parentes



Vinicius Konchinski
Agência Brasil

São Paulo – Cerca de 500 famílias japonesas de uma das regiões mais afetadas pelo terremoto ocorrido na madrugada de hoje (11) estão mobilizadas, em São Paulo, em busca de informações sobre seus parentes. Essas famílias são sócias da Associação Miyagui Kenjinkai do Brasil, a única entidade brasileira que reúne imigrantes da província de Miyagui, no Japão.

Koichi Nakazawa é de Miyagui e também presidente da associação, que fica no bairro da Liberdade, reduto da comunidade oriental. Ele disse que pela manhã recebeu ligações de várias pessoas preocupadas com os estragos do sétimo terremoto mais intenso já registrado na história.

“Tem muita gente ligando, mas está difícil. Nem as embaixadas estão informando tudo”, disse ele. “Agora é noite no Japão. Talvez mais tarde, a gente consiga alguma coisa.”

Nakazawa tem oito irmãos que moram em Miyagui. Desde que teve notícia do terremoto, ele tenta contato com sua família por telefone, mas até agora não teve sucesso. “Tentei telefonar, mas não consegui. Um amigo informou que eles estão bem”, afirmou. “Lá, eles estão sem luz, telefone. Só a internet parece que está funcionando.”

Segundo ele, cerca de 2,5 milhões de pessoas vivem na província de Miyagui. Dessas, cerca de 1,2 mil são brasileiras que foram para o Japão em busca de trabalho.

Toda essa população vive, basicamente, da pesca e da criação de ostras. Por isso, moram na costa do Oceano Pacífico e foram muito afetadas pela onda gigante causada pelo terremoto. “O terremoto não é o pior. As construções do Japão são fortes. O pior é o tsunami.”

Nakazawa vive há 47 anos no Brasil. Mesmo assim, lembra-se de vários casos de terremotos que atingiram o Japão. Fala sobre um, ocorrido em 1961, que gerou um tsunami que arrastou um navio por 5 quilômetros para o interior do país.

Para ele, a onda gigante provocada pelo terremoto desta madrugada (horário de Brasília) foi ainda maior. “Esta vez foi muito grande”, afirmou.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe