Porto Velho (RO) terça-feira, 9 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Japão lembra uma semana da catástrofe



Da Agência Lusa

Brasília – Uma semana depois do pior terremoto seguido de tsunami e acidentes nucleares, o Japão fez hoje (18) às 14h46 (horário local ou 2h46 de Brasília) um minuto de silêncio. As autoridades japonesas informaram que, por enquanto, já são 6.539 mortos – número superior ao terremoto de Kobe, também no Japão, em 1995, que gerou 6.434 mortos e 10.354 desaparecidos.

O terremoto de 9 graus na escala Richter, seguido por um tsunami com ondas de até 10 metros de altura, ainda gera efeitos no Japão em decorrência dos efeitos que levaram a acidentes nucleares – com vazamentos e explosões em usinas.

O Japão é um país com vários episódios trágicos. Um dos casos mais graves e responsável pelos números mais elevados de vítimas foi o terremoto de Kanto, em 1923, com magnitude de 7,9 graus, que fez 142.807 mortos e deixou desaparecidos em Tóquio e arredores.

Independemente dos números, o Japão relembrou hoje o terremoto. Na hora exata em que houve a catástrofe, centenas de desalojados, na sua maioria idosos, presentes em um abrigo na cidade de Yamada (prefeitura de Iwate), prestaram homenagem aos mortos.

Após um minuto de silêncio, os sobreviventes, embrulhados em cobertores por causa do frio, deram as mãos e fizeram uma oração.

 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe