Porto Velho (RO) terça-feira, 20 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Incra antecipa ações para assentar brasileiros na fronteira boliviana



O vice-presidente do Incra, Roberto Kiel, presidente em exercício, visitou a cidade de Brasileia na companhia do superintendente do Órgão no Estado do Acre, Raimundo Cardoso, e foram recebidos pela prefeita Leila Galvão para tratar sobre o assentamento de colonos que estão morando na área de fronteira em território boliviano.

Segundo Roberto, o governo federal em conjunto com o Estado e municípios estarão implementando neste primeiro semestre uma política de assentamento das famílias que queiram vir para o Brasil, capitaneada pelo Ministério das Relações Exteriores.

O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) do Acre, será coadjuvante no trabalho de organizar o cadastro de aproximadamente 550 famílias para receberem assistência em todas as áreas. Quem não voltar para o Brasil, terá que aceitar as normas bolivianas e, na maioria, irão ser deslocados para outras regiões além da faixa de fronteira.

Segundo foi informado, algumas famílias já teriam sido beneficiadas com programa de assentamento anteriormente. Usando de má-fé, venderam seu lote de terra e foram morar no lado boliviano. Querendo aproveitar-se da situação, estão tentando, novamente, conseguir terras.

O MDA e Ministério determinaram que todas as famílias localizadas na área de fronteira, no decorrer deste primeiro semestre, passem por uma triagem e recebam seus lotes. Os trabalhos irão começar na fronteira do Acre, precisamente por Brasiléia e conseqüentemente, o Estado de Rondônia.

As famílias que já quiserem fazer sua mudança podem procurar o Incra e/ou a unidade avançada na cidade de Brasiléia para fazer seu cadastro para iniciar os assentamentos. Todas as famílias que estiverem dentro de programas assistenciais de reforma agrária receberão assistência como: casa, apoio técnico, e políticas municipais, no ponto de vista de saúde e educação além de Bolsa Família.

Para a prefeita Leila Galvão, é importante a visita de Roberto Kiel na cidade, isso só vem mostrar a preocupação do governo federal junto aos brasileiros que estão na área de fronteira da Bolívia. Como outros gestores da fronteira, existe uma preocupação direcionada à esta questão.

Com a antecipação dessas ações, está fazendo com que não sejam pegos de surpresa. Leila disse estar feliz em ver que o Incra, especificamente, já esteja resolvendo essa questão que tanto aflige os brasileiros que querem voltar para o Brasil, mas não tinham como reiniciar suas vidas sem apoio.

Fonte: Alexandre Lima/A Tribuna

Mais Sobre Mundo - Internacional

As mulheres e os homens mais compridos do mundo

As mulheres e os homens mais compridos do mundo

Segundo um estudo feito por 800 cientistas do Imperial College em Londres (1) sobre o desenvolvimento da altura das pessoas adultas nos últimos 100

Dia Mundial do Rock é comemorado neste sábado

Dia Mundial do Rock é comemorado neste sábado

Um senhor de mais de 60 anos, vibrante, contestador, revolucionário e que provoca as mais diversas sensações e reações em quem tem contato com ele ou

Morre Lee Iacocca, o pai do Mustang

Morre Lee Iacocca, o pai do Mustang

Morreu em 2 de julho, aos 94 anos, Lido Anthony "Lee" Iacocca, um dos mais famosos executivos da indústria automobilística. Era filho de imigrantes it

Porto Velho: Inscrições para vagas na escola de música Som na Leste encerram nesta quarta, dia 03

Porto Velho: Inscrições para vagas na escola de música Som na Leste encerram nesta quarta, dia 03

A Escola Municipal de Música Som na Leste divulgou edital para matrícula de novos alunos para o preenchimento de vagas para os cursos no segundo semes