Porto Velho (RO) terça-feira, 9 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Frio faz gripe suína se espalhar por países vizinhos ao Brasil


 

As baixas temperaturas desta época do ano, principalmente no Chile, Argentina e Uruguai, têm sido decisivas para que a gripe suína se alastre entre os países vizinhos do Brasil, de acordo com infectologistas ouvidos pela BBC Brasil.

Marcia Carmo
De Buenos Aires para a BBC Brasil


Segundo dados oficiais, o Chile, país de 15 milhões de habitantes, tem 1.694 casos registrados da doença, o maior número da América do Sul.

Na Argentina, que tem cerca de 40 milhões de habitantes, há 470 casos registrados da doença, dos quais 127 foram confirmados apenas nesta sexta-feira, segundo as autoridades da área de saúde do país.

O Uruguai, com pouco mais de 3 milhões de habitantes, conta com 24 pessoas doentes. Até agora, na América do Sul, foram registradas três mortes relacionadas à doença, duas no Chile e uma na Colômbia.


Frio

O médico infectologista chileno Miguel O'Ryan, professor da Universidade do Chile, afirma que o vírus H1N1 chegou ao país há cerca de um mês e, desde então, a doença se espalhou rapidamente.

"O vírus está circulando amplamente no país. Os primeiros casos ocorreram no sul (onde as temperaturas são ainda mais baixas) e logo depois foram se espalhando. Todos os países com o mesmo clima frio, como a Argentina, também deverão ter um incremento no número de casos desta gripe", afirmou O'Ryan, por telefone, de Santiago.

Segundo o médico, os pesquisadores ainda não têm conhecimentos precisos a respeito do vírus da influenza A (H1N1).

"Ninguém tem toda a verdade sobre o vírus, mas sabemos que, no inverno, as pessoas tendem a ficar em lugares mais fechados, facilitando o contágio. Este vírus sobrevive mais tempo em lugares mais frios", afirmou.

O'Ryan integra uma equipe especial montada pelo Ministério da Saúde do Chile para ajudar no combate à doença.

Segundo ele, situações semelhantes à do Chile podem ocorrer em outros países da região, devido ao clima favorável à transmissão do vírus.

O'Ryan também afirma que o vírus da gripe suína tem a capacidade de se espalhar mais rapidamente do que os de outras doenças respiratórias.

De acordo com o Ministério da Saúde do Chile, a maioria dos casos registrados no país é leve.


Argentina

O médico infectologista Hugo Paganini, do hospital Garrahan, de Buenos Aires, também afirma que o frio tem sido "decisivo" para que o vírus da gripe suína ganhe terreno na Argentina.

"A população aqui está preocupadíssima com esta gripe. No entanto, outras doenças respiratórias provocam mais mortes. O problema desta época do ano é que surge um coquetel de vírus de doenças respiratórias, mas, agora, somou-se a ele o vírus da gripe suína", disse.

Segundo dados do governo da Argentina, 32 escolas da grande Buenos Aires ficaram fechadas nesta sexta-feira após serem confirmados casos de alunos doentes.

Paganini afirma que cerca de 70% dos casos de gripe suína no país foram registrados entre crianças com mais de 5 anos de idade, com uma incidência muito menor entre adultos.

A situação está provocando ausência recorde na rede escolar argentina. O governo também recomendou que trabalhadores que apresentem febre acima de 38 graus fiquem em casa, para evitar o contágio.

Já o governo chileno optou por manter as escolas abertas, por entender que a medida não evitaria a propagação da doença.

Fonte: BBC Brasil

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe