Porto Velho (RO) quarta-feira, 1 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Brics vai investir em inovação tecnológica


 
Daniel Lima e Sabrina Craide, enviados especiais / Agência Brasil

Os presidentes dos bancos de desenvolvimento dos países que compõem o Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) se comprometeram a trabalhar no desenvolvimento de projetos voltados para a inovação tecnológica (Brics Multilateral Cooperation Agreement on Innovation). O acordo foi selado durante o 6ª Reunião de Cúpula do Brics, em Fortaleza.

Segundo o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, o foco dos projetos é a infraestrutura e energia sustentável; inovação de processos e produtos em diversas áreas da indústria, de serviços e do agronegócio. Visa a ampliar também a cooperação entre os bancos de desenvolvimento dos países do Brics, além de procurar aumentar o comércio e os investimentos entre os cinco países.

No encontro, os presidentes de bancos de desenvolvimento destacaram a importância de trocar experiências bem-sucedidas na área de inovação, investimentos prioritários em economia emergentes.

O acordo tem validade de cinco anos e inclui inciativas como o financiamento a projetos de inovação e de tecnologias emergentes, intercâmbio e expertise de financiamento à inovação e a possibilidade de cofinanciamento para o desenvolvimento nas áreas de interesse mútuo.

Luciano Coutinho negou a existência de estudos para uma linha especial de financiamento do BNDES para o leilão de 4G previsto para setembro.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia