Porto Velho (RO) quinta-feira, 18 de abril de 2019
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Bebida energética chamada 'Cocaine' desperta polêmica nos EUA


Juliana Rangel - Agência O GloboRIO - Lançado em agosto nos Estados Unidos, um energético vem ganhando as prateleiras dos supermercados e as festinhas dos adolescentes, ao mesmo tempo em que desperta polêmica entre entidades que combatem o uso de drogas.Com uma composição que promete ser bombástica - mais cafeína e dextrose - monossacarídeo derivado do milho, menos doce que a frutose - o energético leva o sugestivo nome de Cocaine e ganha a mídia sendo vendido com o slogan: "A alternativa legal".Em entrevista exclusiva ao Globo Online, a empresária Hannah Kirby, uma das proprietárias da Redux, que produz a bebida, explica que o nome provocativo poderá dar aos pais uma oportunidade de conversar sobre as drogas com seus filhos.- Nosso slogan é 'a alternativa legal'. Nossa propaganda destaca que a bebida energética é bacana, mas que a droga não é. Também ressaltamos que você não precisa da droga se você bebe o energético e, nas próximas semanas, nossa campanha promocional vai frisar este aspecto - conta.Segundo ela, a idéia do nome foi dada por seu marido, Jamie Kirby, também executivo da companhia. - Em um mercado com mais de 1000 produtos, este foi o caminho para que nos sustentássemos. A própria indústria dos energéticos descreve este tipo de bebida como "speed na lata" (uma forma de anfetamina) ou "cocaína líquida". Então, era natural que escolhêssemos este nome - conta.Mas, de natural, a escolha não tem nada e a campanha já provoca a reação de entidades locais. Em meados de setembro, o presidente do Centro Nacional de Vícios e Abusos deSubstâncias da Universidade de Columbia e ex-secretário de Saúde, Educação e Bem-Estar dos Estados Unidos, Josepsh Califano, divulgou uma nota batendo fortemente na bebida.Segundo ele, a Redux deveria "ter vergonha de criar e divulgar um produto insidioso denominado Cocaine, a alternativa legal". A criação e a promoção de uma bebida que a Redux afirma anestesiar a garganta e dar uma sensação oral parecida com a que provocada pela cocaína é uma desgraça. É um produto claramente direcionado a crianças e a adolescentes influenciáveis. Neste país, mais de um milhão de americanos usam cocaína pelo menos uma vez por semana e colocar nas prateleiras um produto que glamurize uma droga ilegal como esta é uma atitude irresponsável e repreensível - disse, pedindo a restaurantes, bares e cafés que se recusem a vender o energético. Hannah reconhece que a empresa está enfrentando resistência especialmente nos mercados de Nova York e de Los Angeles, mas diz que não teme que o negócio seja prejudicado.Tanto que, para 2007, a empresa já pensa a exportar a bebida. Será que em breve o Brasil também venderá a Cocaine?- Planejamos lançar a Cocaine em mercados considerados estratégicos a partir do ano que vem. Até agora, não recebemos nenhuma manifestação de interesse do Brasil, mas quem sabe isso não poderá mudar? - diz a empresária.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Suicídio: Ex-presidente do Peru morre após dar tiro na cabeça ao ser preso

Suicídio: Ex-presidente do Peru morre após dar tiro na cabeça ao ser preso

O ex-presidente do Peru Alan García morreu hoje (17) durante cirurgia, depois de dar um tiro na cabeça ao receber ordem de prisão em sua casa, no bair

Terrorismo: Ataques a duas mesquitas na Nova Zelândia deixam mortos e feridos

Terrorismo: Ataques a duas mesquitas na Nova Zelândia deixam mortos e feridos

Ataques simultâneos a duas mesquitas na cidade de Christchurch, no sul da Nova Zelândia, deixaram pelo menos 49 mortos e 48 feridos. Autoridades class

Bolsanaro inaugura sistema de telecomunicações operado pela Oi na estação brasileira na Antártica

Bolsanaro inaugura sistema de telecomunicações operado pela Oi na estação brasileira na Antártica

Em cerimônia realizada no Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro inaugurou hoje os novos serviços de telecomunicações da Estação Antár

Morre aos 74 anos o Fundador e Presidente da Associação Casa Família Rosetta, Padre Vincenzo Sorce.

Morre aos 74 anos o Fundador e Presidente da Associação Casa Família Rosetta, Padre Vincenzo Sorce.

A Associação Casa Família Rosetta comunica e manifesta o mais profundo pesar pelo falecimento do Fundador e presidente, Padre Vincenzo Sorce. Vincen