Porto Velho (RO) sexta-feira, 12 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Banco Central Europeu vai comprar títulos da Espanha e da Itália para acalmar bolsas


 
Da BBC Brasil

Agência Brasil, Brasília - O Banco Central Europeu (BCE) informou que irá "implementar ativamente" um programa de compra de títulos de países da zona do euro para evitar hoje (8) mais um dia turbulento no mercado financeiro. Sem citar os países, o comunicado divulgado ontem (7) após a reunião é direcionado à Espanha e à Itália.

As aquisições do BCE podem ajudar Roma e Madri a conter a especulação, além de baixar o custo da dívida italiana e espanhola, até que medidas adicionais para conter a crise sejam aprovadas na União Europeia.

No momento da divulgação do comunicado do BCE a Bolsa de Israel operava a –7% e a do Egito a -4%, uma mostra do que pode vir pela semana. Representantes do G7 (grupo que reúne os países mais industrializados e desenvolvidos do mundo) também discutiram ontem, em teleconferência, medidas para conter o avanço da crise.

As duas reuniões extraordinárias ocorridas ontem mostram o nível de preocupação das autoridades com a volatilidade das bolsas e a ameaça à recuperação da economia, ainda combalida pela crise de 2008.

Na última semana, o custo da dívida dos dois países aumentou, o que pode piorar ainda mais a situação de endividamento. As autoridades europeias tentam evitar a necessidade de mais um resgate financeiro, depois dos pacotes para a Irlanda, Portugal e os dois resgates da Grécia.

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, e a chanceler Angela Merkel, da Alemanha, divulgaram comunicado expressando apoio às medidas da União Europeia para a contenção da crise. Os dois países são as maiores economias da zona do euro. Na semana passada, o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, anunciou a antecipação do ajuste orçamentário do país, com medidas que preveem o equilíbrio das contas já em 2013, um ano antes do esperado.

A dívida da Itália equivale a 120% do seu Produto Interno Bruto (PIB), percentual menor apenas que o da Grécia. O crescimento italiano é também um dos mais vagarosos do continente. Também na semana passada, o presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, disse que as autoridades monetárias do bloco estão fracassando na tarefa de evitar que a crise da dívida se espalhe.

Anteontem (6) o porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, admitiu que o país deve "melhorar" seu desempenho no combate à crise financeira e econômica e pediu união aos dois maiores partidos do país. Referindo-se às negociações para o aumento do teto de dívida, aprovado às pressas nesta última semana no Congresso americano, Carney ressaltou que o acordo demorou muito para ser fechado e causou divisão na classe política do país.

O acordo prevê um corte de gastos da ordem de US$ 2,4 trilhões (R$ 3,7 trilhões) e uma elevação no teto da dívida na mesma proporção. O temor de que os Estados Unidos poderiam estar caminhando para uma longa recessão, além do medo de contágio da crise da dívida soberana da zona do euro, que pode chegar à Espanha e à Itália, causaram turbulência nas bolsas internacionais, que registraram na última semana as maiores quedas desde o estouro da crise financeira, em 2008.

A China, o maior detentor mundial de títulos americanos, criticou o país por seu "vício de dívida".

Em um texto opinativo, a agência de notícias estatal Xinhua afirma que a China "tem todo o direito agora de exigir que os Estados Unidos lidem com o seu problema estrutural de dívida e garantam a segurança dos ativos em dólar da China".

 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe