Porto Velho (RO) quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Uso de mosquiteiro reduz em 32% malária no Acre


Um mosquiteiro especial, impregnado de inseticida, ajudou a reduzir em 32% os casos de malária no Acre em um ano. Em dezembro de 2007, 7 mil unidades do mosquiteiro, que é fabricado na Ásia, foram doados pelo Ministério da Saúde a famílias que residem em áreas de maior incidência da doença no estado.

Para a gerente do Setor de Endemias da Secretaria de Saúde do Acre, Isanelda Batista Magalhães, além do uso do mosquiteiro, outras medidas têm ajudado a diminuir a incidência de malária no estado, como a aplicação de inseticidas em residências nas regiões mais infestadas e a desobstrução e limpeza de córregos e açudes.

"Nós esperamos que com a intervenção desses mosquiteiros, consigamos um grande resultado, mas para isso precisamos primeiro avaliar o conjunto das ações, para saber o exato percentual da contribuição".

A gerente explicou que o mosquito da malária ataca, principalmente, entre as 18h e as 7h da manhã, e por isso o mosquiteiro é uma ferramenta poderosa na prevenção da malária.

No ano passado, o Acre foi o estado que apresentou a maior redução de casos da doença na Amazônia, seguido do Maranhão, com 30%, e do Pará, com 26%. Em 2006, foram registrados quase 94 mil casos de malária no Acre, e em 2007, o número caiu para 51 mil casos.

Leandro Martins
Agência Brasil

Mais Sobre Meio Ambiente

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE, participaram no auditório da Federação durante dois dias, da 4° etapa da implantação do programa

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

O Brasil tem 790 barragens de rejeitos de minérios, e mais de 300 delas não foram classificadas em relação ao seu risco de rompimento e ao potencial d

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Os R$ 4 milhões também servirão para elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico e o Plano de Gerenciamento de Resíduos SólidosMais uma vitória im

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Ontem (31/01), a Fundação SOS Mata Atlântica deu início à Expedição Paraopeba, que irá percorrer 356 km deste rio, de Brumadinho à Hidroelétrica Retir