Porto Velho (RO) sábado, 22 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Senador quer plantio de dendê em terras degradadas da Amazônia



O senador João Pedro (PT-AM) relatou nesta segunda-feira (14) ter participado de uma reunião no Centro de Excelência em Estudos Ambientais da Petrobras (CEEAP), em Manaus, no último final de semana, para tratar da implantação de um projeto piloto de cultivo de dendê para recuperar terras amazônicas degradadas e improdutivas. O parlamentar destacou que essas terras somam 200 milhões de hectares, área correspondente ao estado do Paraná.

- Realizamos uma reunião exitosa. Primeiro, pela disposição política das instituições em viabilizar o projeto; segundo, porque existe tecnologia nacional, pronta para ser aplicada, que compatibiliza os interesses ambientais, econômicos e sociais. A iniciativa deve priorizar a agricultura familiar para que se cumpra a finalidade social desejada pelos parceiros e se corrijam as distorções dos modelos até então excludentes - informou, assinalando a participação na reunião de representantes da Petrobras, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), da Universidade Federal do Amazonas e do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

João Pedro disse que o plantio do dendê é adequado à realidade da agricultura familiar porque tem alta produtividade - em torno de quatro a seis toneladas por hectare, a cada ano -, necessita de baixa mecanização e tem baixo custo de produção: de US$ 200 a US$ 280 por tonelada.

Na sua avaliação, esse projeto é a chance de o Brasil mostrar ao mundo "os novos caminhos que conduzem a Amazônia a um padrão de desenvolvimento econômico, com inclusão social e uso adequado do seu patrimônio natural". Ele acrescentou que as áreas a serem plantadas foram degradadas por "projetos equivocados de ocupação da região, como os relacionados à pecuária intensiva, na década de 70".

O parlamentar enfatizou ainda que a Embrapa da Amazônia Ocidental, também sediada em Manaus, possui um dos maiores bancos de sementes de dendê do mundo, com capacidade para produzir até um milhão de mudas por ano, a maior parte hoje vendida para a Colômbia. Lembrou que a Petrobras assegura a compra de toda a produção de biodiesel produzido com o dendê, desde que essa produção atenda às exigências de controle ambiental preconizadas pela companhia.

Fonte: José Paulo Tupynambá / Agência Senado
 

Mais Sobre Meio Ambiente

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

O Sistema Cantareira, que abastece parte da capital paulista e da Região Metropolitana, estava com quase 60% da capacidade um ano antes da crise de 20

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Agentes reguladores estão avaliando a medida provisória

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Um grupo de 30 crianças da Fundação JiCred plantou mudas de ipê e flamboyant no Parque Ecológico Municipal. A ação foi realizada pelo Sistema Cooperat