Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Rio Acre mantém autoridades em estado de alerta


A Defesa Civil divulgou ontem, quarta-feira 27, relatório diário sobre os níveis dos rios que banham o Estado do Acre. O documento mostra que em alguns municípios os rios já estão dando sinal de vazante e os níveis já começam a baixar, como, por exemplo, em Cruzeiro do Sul (Rio Môa), que de 11,90m de profundidade passou para 11,30m, e Sena Madureira, que estava com o nível de 14,70m e passou para 14,38m, porém os níveis podem mudar com as chuvas, deixando as autoridades em alerta.

Já em Rio Branco permanece a situação de emergência. A última avaliação das 9 horas de ontem, quarta-feira mostrava que o rio Acre registra 15,23m de profundidade - 1,20 metros acima da cota de transbordamento. A Defesa Civil, juntamente com o Exército, orienta para que as famílias que precisam de apoio para retirar pertences ou se deslocar para abrigos e casas de parentes, ou ainda qualquer outra situação relacionada à alagação, devem ligar para o número 193, onde está concentrado o atendimento.

A orientação é para que as famílias não retornem para suas casas de imediato, já que o nível dos rios pode sofrer novas alterações nos próximos dias.

De acordo com o coronel Carlos Gundin, diretor da Defesa Civil Estadual, em Assis Brasil, a situação do Rio Acre e seus afluentes ainda é delicada. “O Rio Acre está subindo 1cm por hora, resultado de um forte aumento das chuvas nas cabeceiras do rio e uma grande cheia no seu principal afluente, o Riozinho do Rôla, que marca 14,40cm, e a tendência é continuar subindo. Pedimos aos moradores das áreas alagadiças que nos procurem no 193, o quanto antes, para facilitar o nosso trabalho, e que estamos disponíveis 24h para ajudá-los”, ressalta o coronel.

Fonte: Agência de Notícias do Acre

 

Mais Sobre Meio Ambiente

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE, participaram no auditório da Federação durante dois dias, da 4° etapa da implantação do programa

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

O Brasil tem 790 barragens de rejeitos de minérios, e mais de 300 delas não foram classificadas em relação ao seu risco de rompimento e ao potencial d

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Os R$ 4 milhões também servirão para elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico e o Plano de Gerenciamento de Resíduos SólidosMais uma vitória im

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Ontem (31/01), a Fundação SOS Mata Atlântica deu início à Expedição Paraopeba, que irá percorrer 356 km deste rio, de Brumadinho à Hidroelétrica Retir