Porto Velho (RO) sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Deputados: Dois dias para negociar MP do Código Florestal


Marcos Chagas
Agência Brasil

O governo e as lideranças dos partidos na Câmara terão que cumprir extensa agenda de negociação hoje (18) e amanhã (19) para viabilizar a votação da medida provisória 571, do Código Florestal. A avaliação é do presidente da Casa, Marco Maia (PT-RS). Para ele, é preciso eliminar barreiras que impedem o entendimento entre governo e ruralistas.

“Não temos um acordo. A tarefa que o governo terá, agora, é cumprir no dia de hoje e amanhã uma longa agenda de negociação para podermos votar a MP”, disse Maia. Ele acrescentou que a tarefa que lhe cabia era incluir a matéria na agenda do esforço concentrado.

Marco Maia defendeu que os deputados aprovem a MP 571 e, depois, ele próprio e as lideranças da base do governo tentariam negociar com a presidenta Dilma Rousseff a não fazer vetos. “O que eu sugiro é que se continue conversando com a presidenta durante os 15 dias que ela tem para sancionar a matéria porque o texto aprovado pelo Congresso acordado”.
 

Mais Sobre Meio Ambiente

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

O Brasil tem 790 barragens de rejeitos de minérios, e mais de 300 delas não foram classificadas em relação ao seu risco de rompimento e ao potencial d

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Os R$ 4 milhões também servirão para elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico e o Plano de Gerenciamento de Resíduos SólidosMais uma vitória im

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Ontem (31/01), a Fundação SOS Mata Atlântica deu início à Expedição Paraopeba, que irá percorrer 356 km deste rio, de Brumadinho à Hidroelétrica Retir

ADVOGADO DA EMPRESA DIZ,  "A VALE NÃO É A RESPONSÁVEL POR BRUMADINHO E DIRETORIA NÃO SE AFASTARÁ"

ADVOGADO DA EMPRESA DIZ, "A VALE NÃO É A RESPONSÁVEL POR BRUMADINHO E DIRETORIA NÃO SE AFASTARÁ"

Um dos mais importantes advogados da Vale, Sergio Bermudes, apresentou de público a visão da companha sobre o crime de Brumadinho: a companhia não é r