Porto Velho (RO) quarta-feira, 1 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Clima de deserto em Rondônia; Cacoal tem 15% de umidade


 
A previsão para o final de semana é de muito calor, com possíveis novas quebras de recorde em todo o Estado, principalmente no domingo.

Daniel Panobianco – A forte massa de ar seco e quente que há mais de dois meses vem mantendo o tempo seco e quente sobre grande parte do Brasil ganha força e produz novos recordes de temperatura máxima e baixa umidade relativa do ar em Rondônia.

Nesta quarta-feira, a umidade mínima bateu recorde do ano em Cacoal, centro-sul do Estado. De acordo com medições da estação automática do INMET (Instituto Nacional de Meteorologia), entre 13 e 15 horas (local), o valor foi de apenas 15%. Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), valores de umidade entre 12% e 20% são considerados como Estado de Alerta por oferecer riscos à saúde humana. Na mesma estação, a temperatura máxima foi de 37,4°C. A maior do ano é de 37,5°C registrada nos dias 5 e 19 deste mês.

Em Ariquemes, a umidade nesta quarta-feira se igualou ao menor índice registrado no dia 15 de agosto, com apenas 20% na estação automática do INMET, o que também deixa a cidade em Estado de Alerta. A temperatura máxima quebrou o recorde anual registrado ontem de 37,6°C. Hoje, a máxima em Ariquemes chegou a 37,9°C.

Em Ji-Paraná, também houve recorde de baixa umidade. O menor valor do ano registrado no dia 15, com apenas 18% foi superado com a nova marca de apenas 16% de umidade na atmosfera na estação do SIVAM (Sistema de Vigilância da Amazônia) e no Centro da cidade. A temperatura máxima também é a maior do ano em ambas as estações, com 38,5°C quebrando o recorde de 38,2°C registrados no dia 11 deste mês.

Em Porto Velho, a estação automática do INMET, na Zona Sul, registrou umidade mínima de 27%, ficando acima do recorde anual de 21% observado no dia 25 de julho. A temperatura máxima atingiu 36,4°C, também abaixo do recorde de 2008 de 37,0°C registrado no dia 16 deste mês. No Aeroporto Internacional Governador Jorge Teixeira e Oliveira, a umidade mínima chegou a 32% e a temperatura máxima a 36,0°C, sem quebra de recorde de ambas as variáveis.

Em Vilhena, dados de METAR do aeroporto local indicaram novamente umidade mínima de 26%, estando acima do recorde de 20% nos dias 25 e 26 de julho. Já a temperatura máxima atingiu novamente os 34,0°C, a mesma marca registrada no dia 11 deste mês, como a de maior temperatura do ano na estação.

No centro do Estado, a estação do CTENERG (Fundo Setorial de Energia) registrou umidade mínima de 19% em São Miguel do Guaporé, vencendo o recorde de 20% observado no dia 15 deste mês e máxima de 37,5°C, também quebrando o recorde do dia 11 de agosto que era de 37,0°C.

A previsão de diversos institutos assinala que o calor e o ar seco não irão dar trégua tão logo de Rondônia. O CPTEC/INPE (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos) do (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) prevê para domingo as maiores máximas do ano, com até 39°C para as regiões de Ariquemes, Ji-Paraná e Cacoal, 36°C no Cone Sul e 37°C em Porto Velho. Os valores de umidade expostos pelo modelo MBAR do INMET projetam valores de umidade muito críticos para as regiões de Vilhena, Pimenta Bueno e Cacoal no fim de semana, com marcas inferiores a 12%, o que já caracteriza Estado de Emergência, assim estabelecido pela OMS.

Dados: SIVEM – REDEMET – CTENERG - INMET – SEDAM – CPTEC/INPE
(Fonte: De olho no tempo)

 

Mais Sobre Meio Ambiente

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Um acordo no valor de R$ 2,7 milhões homologado pela Justiça do Trabalho em Ji-Paraná/RO beneficiará projetos sustentáveis que visam o tratamento e re

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

O rio Madeira atingiu na segunda-feira (9) a cota de 15,24 metros, um pouco acima da média (15 metros), mas longe de uma enchente como a registrada em

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

O prefeito Hildon Chaves se reuniu no Prédio do Relógio (sede do poder executivo) na manhã desta segunda-feira (09), acompanhado do secretário adjunto

Policiais Militares do Batalhão Ambiental participam de oficina sobre Crimes Ambientais de Menor Potencial Ofensivo

Policiais Militares do Batalhão Ambiental participam de oficina sobre Crimes Ambientais de Menor Potencial Ofensivo

Sessenta Policiais Militares do Batalhão de Polícia Ambiental, de todo o Estado, participaram na manhã desta sexta-feira (28/2) da Oficina sobre