Porto Velho (RO) quarta-feira, 18 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Lente Crítica

Impunidade


 
Três notícias agitaram o fim de semana e chamam a nossa atenção pelo desfecho: nos EUA um alto dirigente do FMI foi denunciado por uma camareira do hotel por tentativa de estupro. Além de registros anteriores de casos semelhantes, o figurão já estava no avião tentando escapulir, mas a polícia agiu rápido e logo o “elemento” como dizem os policiais estará perante um juiz respondendo pelo suposto crime.Impunidade - Gente de Opinião

No Brasil a reportagem de um jornal de São Paulo revelou o crescimento estupendo do patrimônio do ministro Antonio Palocci. A rapidez do governo brasileiro no caso só é comparável à da polícia dos EUA. Palocci negou, justificou e para o governo é o que basta. O ministro não será sequer investigado pois já se justificou.

A outra notícia fala de uma irregularidade cometida pelo presidente do senado José Sarney que, para desagravar o juiz Asfor Rocha, envolvido numa situação nebulosa com o ex-presidente Lula ofereceu um repasto, pago com dinheiro público. O senhor José Sarney, assim que soube da notícia anunciou que vai devolver os R$ 24 mil consumidos no caríssimo regabofe, não deixando que a sempre espoliada viúva fique na mão, pelo menos desta vez. Como se vê, Sarney também foi rápido e será premiado por ser diligente, ficando na condição de sequer ser investigado.

Não duvido da inocência das nossas duas autoridades brazucas mas, é estranho que o governo se apresse a sair em defesa de quem exerce função pública e como tal deve satisfações à sociedade ou que um simples “erase” mantenha com Sarney, “o incomum”, o pecha de cidadão impoluto e de caráter sem jaça.

A diferença que as três notícias nos trazem é esta: nos EUA ou em outros lugares, existem crimes e corrupção, mas os fatos são investigados, levados à justiça e se for o caso, a punição é certa. No Brasil porém, a constitucional presunção de inocência é levada ao extremo, principalmente quando estão envolvidos autoridades. Inocenta-se primeiro para que não haja a menor possibilidade de punição.

Impunidade! Esta é a raiz de nossos males. Ela é que nos torna diferentes perante o mundo. Ela é que nos avilta. Ela é que nos envergonha. Ela é que nos incomoda e desperta a nossa indignação constante.

 

Acorda Rondônia !
 

Gente de Opinião

Fonte: Léo Ladeia - leoladeia@hotmail.com
Gentedeopinião / AMAZÔNIAS / RondôniaINCA / OpiniaoTV / Eventos
Energia & Meio Ambiente
/ YouTube / Turismo / Imagens da História


 

Mais Sobre Lente Crítica