Porto Velho (RO) segunda-feira, 16 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Intereclesial

Intereclesial começa dia 21 e reúne 7 mil entre delegados e voluntários


 

Intereclesial começa dia 21 e reúne 7 mil entre delegados e voluntários - Gente de Opinião

Peregrinos de todo o país, da América Latina e do Caribe estarão em Porto Velho, a partir da próxima terça-feira (21), reunidos em um dos maiores eventos da história da cidade. Serão, segundo informa a coordenação do evento, cerca de 7 mil pessoas envolvidas com a realização do 12º Encontro dos Representantes das Comunidades Eclesiais de Base - ou 12º Intereclesial das CEBs -, que acontece de 21 a 25 de julho.  Os participantes são delegados e voluntários comprometidos com a justiça social, a partir dos valores do Evangelho e, principalmente, na busca de concretização de ações objetivas por um mundo melhor.

Na capital rondoniense, no período, estarão discutindo temas atuais que envolvem desde a consciência política até a luta por melhores condições de vida para indígenas, ribeirinhos, quilombolas, camponeses e, sobretudo, o cuidado com a biodiversidade do planeta. O 12° Intereclesial aporta em Rondônia com o tema “CEBs, Ecologia e Missão” e o lema: “Do ventre da terra, o grito que vem da Amazônia”. Este será o campo norteador das discussões que têm como objetivo elaborar um documento que sintetize as necessidades e alternativas para resolver os problemas que mais afligem as populações da Amazônia, bem como de todo o país.   

Clique e assista no Opinião TV o Arcebispo de Porto Velho Dom Moacy
Intereclesial começa dia 21 e reúne 7 mil entre delegados e voluntários - Gente de Opinião

Além dos três mil delegados, o 12º Intereclesial vai contar também com nomes de destaque na defesa dos interesses dos indígenas como a prêmio Nobel da Paz Rigoberta Menchu, da Guatemala; dos afrodescendentes, como Dom José Maria Pires, arcebispo emérito da Paraíba e árduo defensor dos direitos humanos e civis; do meio ambiente, como a senadora Marina Silva.

As Comunidades Eclesiais de Base se espalharam pelo Brasil no final da década de 60 e contribuíram decisivamente para a redemocratização devido à luta contra o regime opressor que se instalou no país após o Golpe de 64. Desde então, as CEBs têm sido um apoio aos anseios populares e uma voz forte e sempre presente no trabalho em defesa dos povos da floresta, dos ribeirinhos, dos índios, dos sem terras, dos negros, das mulheres e também do meio ambiente.

De acordo com os organizadores, a reunião de todas as comunidades em Porto Velho vai mostrar a força da sociedade em busca de um país mais justo político, social e economicamente. A escolha da Amazônia para sediar o 12° Intereclesial vem justamente desta luta por ações efetivas pela preservação ambiental e dos direitos dos homens. Como forma de conhecer a realidade local e principalmente interagir com os povos da Amazônia, o Intereclesial também vai proporcionar visitas a hospitais, presídios, centro de recuperação de dependentes químicos, povoados indígenas e comunidades ribeirinhas.

Fonte: Paulo Queiroz

Mais Sobre Intereclesial

Tudo nas mãos da Trindade: Celebração de encerramento lota ginásio do Moringão

Tudo nas mãos da Trindade: Celebração de encerramento lota ginásio do Moringão

Por Ana Paula Ramos Carnahiba “Conseguimos trabalhar com tranquilidade porque vocês fizeram”, disse o arcebispo de Londrina, dom Geremias Steinmetz, à

14º Intereclesial: Irmãos indígenas e suas lutas, que são nossas

Por Marcelo Chalréo e Ana Paula Carnahiba O 14ª Intereclesial das Comunidades Eclesiais de Base conta com a presença de inúmeras etnias indígenas, den

Entrevista com presidente da CNBB, dom Sérgio da Rocha. 14º Intereclesial

Por Rosinha Martins /  Mestranda pela Cásper Líbero Por ocasião do 14º Intereclesial das CEBs, realizado em Londrina-PR, de 23 a 27 de janeiro, o pres