Porto Velho (RO) segunda-feira, 15 de julho de 2019
×
Gente de Opinião

Intereclesial

Ampliada, assessores e bispos exaltam organização do 12º Intereclesial


Ampliada, assessores e bispos exaltam organização do 12º Intereclesial   


A equipe ampliada e os assessores do 12º Intereclesial das CEBs se reuniram com os bispos que participam do encontro, nesta sexta-feira, 24, para uma avaliação do evento. Os grupos foram unânimes em ressaltar a estrutura montada pela arquidiocese de Porto Velho para a realização do encontro.

“Queremos parabenizar o secretariado. A preparação e a organização do encontro foram muito boas”, disseram os assessores. “Em matéria de organização, esse encontro foi o máximo, é o que teve mais envolvimento”, disseram os bispos.

A presença dos bispos também foi ressaltada como muito importante para o Intereclesial. Foram 56, inclusive o presidente e o vice-presidente da CNBB. O secretário estava de passagem comprada, mas, de última hora, teve que cancelar a viagem.

“A presença numerosa dos bispos, inclusive a Presidência e os assessores da CNBB, são a confirmação de que as CEBs retomaram o rumo”, avaliaram os membros da Equipe Ampliada. “O intereclesial é uma grande assembleia que faz perceber como anda a Igreja no Brasil. Por isso é importante a presença do episcopado neste evento”, acrescentaram.

Os bispos destacaram ainda, como pontos fortes do encontro, a espiritualidade e a qualidade dos delegados no Intereclesial. Ressaltaram, igualmente, o número expressivo de padres (331). Uma sugestão dada pelos bispos é que as CEBs entrem como um dos temas prioritários na próxima assembleia. A proposta será levada ao Conselho Permanente, que é quem aprova a pauta da Assembleia Geral da CNBB.

Os bispos entendem que é necessário dar mais visibilidade ao que foi discutido no Intereclesial. “Este encontro é sui generis por estar na Amazônia. Isso deveria repercutir. Devemos repudiar a hidrelétrica, que está sendo construída aqui, e também a privatização da Amazônia”, avaliaram os bispos.

Na opinião de todos os três grupos, a Conferência de Aparecida contribuiu muito para o êxito do Intereclesial por ter confirmado as CEBs. “A partir da Conferência de Aparecida, há uma valorização maior das CEBs”, disseram os membros da Ampliada.

“Esse é um momento de graça para toda a Igreja do Brasil, não só para as CEBS”, disse o presidente da CNBB, dom Geraldo Lyrio Rocha. “A presença da Presidência da CNBB no Intereclesial expressa o que estamos vivendo na Conferência dos Bispos em relação às CEBs”, acentuou.

Dom Geraldo lembrou que o 12º Intereclesial consta nas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil e no Projeto Nacional de Evangelização – O Brasil na Missão Continental. “Isso é muito importante porque é o reconhecimento da Assembleia dos bispos do valor das CEBs”, disse o presidente.

Os assessores apresentaram, como sugestão, uma agenda com cinco pontos. Em primeiro lugar a necessidade de formação dos leigos e seminaristas para atuarem nas CEBs. Os assessores sugerem também repensar a metodologia do Intereclesial e investir no fortalecimento das CEBs a partir dos Regionais. Outra proposta é que a CNBB realize um seminário sobre as Comunidades de Base e que haja uma Campanha da Fraternidade sobre o modelo energético.

O encontro termina amanhã, com a missa às 17h (horário local) no Estádio Aluísio Ferreira. A celebração será precedida por uma caminhada que começará às 15h. Pela manhã, haverá a celebração inter-religiosa pela paz e a aprovação e leitura da carta compromisso do Intereclesial.

Fonte: Ascom/Intereclesial

Mais Sobre Intereclesial

Tudo nas mãos da Trindade: Celebração de encerramento lota ginásio do Moringão

Tudo nas mãos da Trindade: Celebração de encerramento lota ginásio do Moringão

Por Ana Paula Ramos Carnahiba “Conseguimos trabalhar com tranquilidade porque vocês fizeram”, disse o arcebispo de Londrina, dom Geremias Steinmetz, à

14º Intereclesial: Irmãos indígenas e suas lutas, que são nossas

Por Marcelo Chalréo e Ana Paula Carnahiba O 14ª Intereclesial das Comunidades Eclesiais de Base conta com a presença de inúmeras etnias indígenas, den

Entrevista com presidente da CNBB, dom Sérgio da Rocha. 14º Intereclesial

Por Rosinha Martins /  Mestranda pela Cásper Líbero Por ocasião do 14º Intereclesial das CEBs, realizado em Londrina-PR, de 23 a 27 de janeiro, o pres