Porto Velho (RO) terça-feira, 17 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

História

Sítio arqueológico é identificado em Porto Velho


Gente de Opinião

Cerâmica encontrada em sítio arqueológico

Um sítio arqueológico na região da Comunidade Nova Aliança, em Porto Velho, foi identificado por um morador local e confirmado por professores do curso de Arqueologia da Universidade Federal de Rondônia (Unir). Na área foram encontradas machadinhas indígenas, muitos fragmentos de cerâmicas e urnas funerárias com sepultamento humano.

Na semana passada, uma equipe com professores da Unir, representantes da comunidade, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico (Iphan) e da Superintendência da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel), com apoio do Exército Brasileiro, verificaram o local para averiguar como realizar a escavação, prevista para o próximo mês.

Durante a visita, arqueólogos verificaram a área e coletaram algumas peças que estão fora de contexto para análise e catalogação, onde é verificado o processo de fabricação, forma, material utilizado, decoração, uso, entre outras coisas. Já durante a escavação, além dos artefatos arqueológicos, também serão coletados materiais florísticos, como carvão para estimar a idade dos objetos.

De acordo com a professora da Unir Silvana Zuse, neste local pode ter havido mais de uma ocupação humana, “o que é muito comum ao longo do Rio Madeira”. Essa análise preliminar é possível devido a quantidade de materiais com características variadas. Ela também explica que a escavação será feita na parte de cima do barranco porque o material está melhor preservado.

Gente de Opinião

Equipe identificou objetos arquológicos

As legislações Federal e Estadual preveem a proteção de sítios arqueológicos, devendo sempre ser feita a coleta e o resgate, principalmente quando esses locais estão ameaçados. “Trabalhos como esses são importantes porque colaboram na valorização e preservação do patrimônio arqueológico, ainda muito desconhecido em nossa região”, fala a diretora de Museu da Sejucel, Ednair Nascimento.

O superintendente da Sejucel, Rodnei Paes, conta que patrimônio histórico e pré-histórico tem sido uma das preocupações da Sejucel. “Ações como essas colaboram na preservação desses sítios e fortalecem ainda mais as parcerias com o Iphan, Unir e Exército, instituições fundamentais para o desenvolvimento do Estado de Rondônia”, conclui.


Fonte
Texto: Amabile Casarin
Fotos: Amabile Casarin
Secom - Governo de Rondônia

Mais Sobre História

Iniciadas as gravações para o Museu da imagem e do Som do Cremero

Iniciadas as gravações para o Museu da imagem e do Som do Cremero

Começaram na manhã desta terça 27 as gravações para o Museu da Imagem e do Som do Conselho Regional de Medicina do Estado de Rondônia (Cremero), que

Por dentro da história: Diálogo é apontado como fator primordial na Assembleia Constituinte em 1983

Por dentro da história: Diálogo é apontado como fator primordial na Assembleia Constituinte em 1983

Os deputados constituintes de Rondônia eleitos em 1982 assumiram em 1983 diante de um clima tenso, e o diálogo foi fundamental nesse contexto. A par

Fecomércio/RO parabeniza Estrada de Ferro Madeira Mamoré pelos 107 anos

Fecomércio/RO parabeniza Estrada de Ferro Madeira Mamoré pelos 107 anos

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Rondônia (Fecomércio/RO) parabeniza os 107 anos de existência da Estrada de Ferro Mad

Palestra sobre história de Rondônia será ministrada na Reitoria do IFRO

Palestra sobre história de Rondônia será ministrada na Reitoria do IFRO

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia sediará na próxima sexta-feira (19) a palestra “RONDÔNIA: história e curiosidades”.