Porto Velho (RO) quinta-feira, 21 de novembro de 2019
×
Gente de Opinião

História

SEMINÁRIO: Livro causa polêmica e acalora debate


LIVRO CAUSA POLÊMICA E ACALORA DEBATE NO SEMINÁRIO SOBRE HISTÓRIA DE PORTO VELHO
A segunda palestra do Seminário "Porto Velho, Um século de História", proferida pelo escritor Antônio Cândido da Silva acalorou o debate entre historiadores. O palestrante lançou recentemente o livro "Enganos da Nossa História", em que aponta vários equívocos de autores regionais e essa foi a tônica do seu discurso no vento. Ele falou sobre a origem de Porto Velho, tema que vem motivando a polêmica em torno do seu livro porque, ao contrário de alguns historiadores, ele defende o nascimento do município em 1908 e não 1907.
Cândido mostrou por meio de datas e documentos todos os erros que segundo ele, comprometem as obras de vários autores.
As críticas mais duras foram direcionadas à professora Yêda Borzacov, em função de um amplo material que divulgou em conjunto com o escritor Abnael Machado em jornal local na ocasião do aniversário de Porto Velho.
O segundo palestrante, o escritor Matias Mendes, falou sobre o Marechal Cândido Rondon. Ele foi mediado pela professora Yêda Borzacov e usou o tempo destinado a questionamentos da platéia para retrucar um artigo feito pela jornalista filha do escritor Antônio Cândido em que é criticado. O bate boca foi rápido, mais intenso.
A jornalista acusou a professora Yêda Borzacov de patrocinar a discussão fora de hora e apontou um dado que não havia sido trazido à tona: "Por que foi extraído um capítulo inteiro da antologia que a professora Yêda Borzacov autorizou enquanto diretora de Cultura da Secel, que apontava a homossexualidade do Marechal Rondon? Era flagrante preconceito ou apenas mais um engano na nossa história? O texto a que a jornalista se referiu era intitulado "De Ouro, Estanho e Louros, de Júlio Meireles a que poucas pessoas tiveram acesso.
A tarde de debates encerrou com a interferência da platéia e do presidente da Fundação Iaripuna, Júlio Yriarte que pediram para que tanto a mediadora quanto o historiador Matias Mendes mantivessem a discussão sob o aspecto histórico.
Fonte - Luciana Oliveira

Mais Sobre História

Iniciadas as gravações para o Museu da imagem e do Som do Cremero

Iniciadas as gravações para o Museu da imagem e do Som do Cremero

Começaram na manhã desta terça 27 as gravações para o Museu da Imagem e do Som do Conselho Regional de Medicina do Estado de Rondônia (Cremero), que

Por dentro da história: Diálogo é apontado como fator primordial na Assembleia Constituinte em 1983

Por dentro da história: Diálogo é apontado como fator primordial na Assembleia Constituinte em 1983

Os deputados constituintes de Rondônia eleitos em 1982 assumiram em 1983 diante de um clima tenso, e o diálogo foi fundamental nesse contexto. A par

Fecomércio/RO parabeniza Estrada de Ferro Madeira Mamoré pelos 107 anos

Fecomércio/RO parabeniza Estrada de Ferro Madeira Mamoré pelos 107 anos

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Rondônia (Fecomércio/RO) parabeniza os 107 anos de existência da Estrada de Ferro Mad

Palestra sobre história de Rondônia será ministrada na Reitoria do IFRO

Palestra sobre história de Rondônia será ministrada na Reitoria do IFRO

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia sediará na próxima sexta-feira (19) a palestra “RONDÔNIA: história e curiosidades”.