Porto Velho (RO) quinta-feira, 14 de novembro de 2019
×
Gente de Opinião

História

Os Diplomatas completam 53 anos de desfile !


Fundada em 4 de novembro de 1958 com o nome de Prova de Fogo, tendo Tário de Almeida Café como seu primeiro presidente.

Após Valério, Ricardo, Bainha e Cabeleira, terem decidido que no carnaval de 59 colocariam uma Escola de Samba na avenida, saíram da casa do Valério que ficava na Joaquim Nabuco pertinho da Almirante Barroso e foram procurar o Tário Café na prefeitura para pedir-lhe apoio, já que ele era uma espécie de secretário de obra o manda chuva de então. Tário Café ouviu aqueles sambistas e além de aceitar ser o presidente da escola sugeriu que a mesma se chamasse "Prova de Fogo", uma homenagem a um bloco carnavalesco que Tário desfilava em Fortaleza (CE) antes de ir para Porto Velho. Como Tário Café era o mandachuva, teve sua sugestão aceita e então criou a Escola de Samba "Prova de Fogo".

O Nome Diplomatas foi sugerido pelo Augustinho Reis o popular Bizigudo, um paraense que chegou em Porto Velho no final de 1959 e foi convidado para participar da escola. Bizigudo, folião dos bons, vindo de Belém do Pará onde também brincava numa escola com o nome de Diplomatas sugeriu aos dirigentes da Prova de Fogo que se adotasse o nome de "Universidade dos Diplomatas do Samba", o que foi aceito. Depois por sugestão do Bainha o nome foi reduzido para apenas "Os Diplomatas do Samba", em 1960 mudaram novamente para Os Diplomatas, nome que perdura até os dias de hoje.

De sua fundação até 1970 a escola venceu todos os títulos do carnaval de rua de Porto Velho. Na década de 1970 a sua hegemonia foi quebrada pela Pobres do Caiari. Os Diplomatas, entretanto, voltaram a vencer em 1975, 1976, 1977, 1984, 1987, 1980 e 1997. Os Diplomatas também foi a escola que ganhou o primeiro título do carnaval de rua de Rondônia em 1982.

Com suas cores vermelha e branca a escola, além dos títulos já citados ganhou os seguintes carnavais: 1984, 1987, 1990, 1997, 2009, 2010 e 2011.

Em 22 de outubro de 2011, a escola escolheu seu samba de 2012, quando a parceria de Sandro Sarará sagrou-se vencedora pela segunda vez.
No ano de 2012 a escola virá com o enredo “Sou púrpura e Escarlate em Tons de Carmim”, mostrando o vermelho na avenida.

Vejam a história completa no link abaixo:

http://www.4shared.com/document/B4rhLJcS/Nasce_uma_escola_sem_nome_Os_D.html
?  

Fonte: FESEC

Mais Sobre História

Iniciadas as gravações para o Museu da imagem e do Som do Cremero

Iniciadas as gravações para o Museu da imagem e do Som do Cremero

Começaram na manhã desta terça 27 as gravações para o Museu da Imagem e do Som do Conselho Regional de Medicina do Estado de Rondônia (Cremero), que

Por dentro da história: Diálogo é apontado como fator primordial na Assembleia Constituinte em 1983

Por dentro da história: Diálogo é apontado como fator primordial na Assembleia Constituinte em 1983

Os deputados constituintes de Rondônia eleitos em 1982 assumiram em 1983 diante de um clima tenso, e o diálogo foi fundamental nesse contexto. A par

Fecomércio/RO parabeniza Estrada de Ferro Madeira Mamoré pelos 107 anos

Fecomércio/RO parabeniza Estrada de Ferro Madeira Mamoré pelos 107 anos

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Rondônia (Fecomércio/RO) parabeniza os 107 anos de existência da Estrada de Ferro Mad

Palestra sobre história de Rondônia será ministrada na Reitoria do IFRO

Palestra sobre história de Rondônia será ministrada na Reitoria do IFRO

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia sediará na próxima sexta-feira (19) a palestra “RONDÔNIA: história e curiosidades”.