Porto Velho (RO) terça-feira, 17 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

História

A CHEGADA DA CEPLAC NO PIC-OP - Por Antonio Deuseminio Almeida



Antonio Deuseminio Almeida

21 DE ABRIL DE 1.971,
A CHEGADA DA CEPLAC NO PIC-OP

 

Há exatamente 46 anos atrás chegava no recém instalado PROJETO INTEGRADO DE COLONIZAÇÃO OURO PRETO, o primeiro técnico da Ceplac, Dr. Frederico Monteiro Álvares Afonso, que trazia em suas malas as primeiras sementes de cacau , vindas da Bahia, para serem implantadas, a título experimental, nas terras férteis do OURO PRETO. Essas sementes representaram EA CHEGADA DA CEPLAC NO PIC-OP - Por Antonio Deuseminio Almeida - Gente de OpiniãoSPERANÇAS para milhares de famílias que aqui chegavam todos os dias , vindas de várias regiões do País. Muitos nem conheciam, mas apostavam na cultura. Daqui de Ouro Preto as sementes foram multiplicadas e levadas a várias comunidades e municípios vizinhos, chegando hoje a mais de 40 municípios no Estado de Rondônia, a nível de cultura comercial.

Mas nem tudo são flores, vieram os espinhos, ou mais precisamente a doença, a terrível VASSOURA DE BRUXA. Muitos desanimaram, cortaram suas lavouras. Mas sempre tem os RESISTENTES, ou os persistentes.

Nesta data de hoje não podemos deixar de enaltecer o trabalho dos cacauicultores que resistiram a tudo isso, questão de doenças, crise no preço do produto, enfim. Também parabenizar a todos CEPLAQUEANOS que aceitaram o desafio de buscar materiais produtivos e tolerantes a Vassoura de BRUXA, a nível de campo, em várias propriedades rurais no Estado de Rondônia. Esse trabalho foi iniciado no final dos anos 90, com coordenacao do pesquisador Dr. Paulo Albuquerque, que já dizia para nós àquela época, da importância de selecionarmos esses materiais, para a continuidade da atividade na região, considerando o momento crítico pelo qual passava a cacauicultura naquela época. Mais de 20 anos se passaram e hoje podemos apresentar o fruto desse trabalho. A ESEOP , Estação Experimental da Ceplac em Ouro Preto, já dispõe de vários materiais genéticos interessantes, que já podem ser reproduzidos e disponibilizado
s aos agricultores. Muitos colegas nos ajudaram nessa missão, parabéns, mas muitos não estão mais em nosso meio, partiram para outra dimensão, mas nos ajudaram a escrever essa HISTÓRIA, que sem dúvida podemos chamar de " SAGA DOS FRUTOS DE OURO", uma História linda, marcada por sonhos, conquistas, sofrimentos, tristezas e superação, que teve início nesse dia 21 de Abril de 1.971 aqui na SEDE DO PIC-OP, que como reconhecimento e gratidão a tudo isso, a essa MEMÓRIA, transformou-se hoje na ESTÂNCIA TURISTICA OURO PRETO DO OESTE -RO.

Mais Sobre História

Iniciadas as gravações para o Museu da imagem e do Som do Cremero

Iniciadas as gravações para o Museu da imagem e do Som do Cremero

Começaram na manhã desta terça 27 as gravações para o Museu da Imagem e do Som do Conselho Regional de Medicina do Estado de Rondônia (Cremero), que

Por dentro da história: Diálogo é apontado como fator primordial na Assembleia Constituinte em 1983

Por dentro da história: Diálogo é apontado como fator primordial na Assembleia Constituinte em 1983

Os deputados constituintes de Rondônia eleitos em 1982 assumiram em 1983 diante de um clima tenso, e o diálogo foi fundamental nesse contexto. A par

Fecomércio/RO parabeniza Estrada de Ferro Madeira Mamoré pelos 107 anos

Fecomércio/RO parabeniza Estrada de Ferro Madeira Mamoré pelos 107 anos

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Rondônia (Fecomércio/RO) parabeniza os 107 anos de existência da Estrada de Ferro Mad

Palestra sobre história de Rondônia será ministrada na Reitoria do IFRO

Palestra sobre história de Rondônia será ministrada na Reitoria do IFRO

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia sediará na próxima sexta-feira (19) a palestra “RONDÔNIA: história e curiosidades”.