Porto Velho (RO) sábado, 23 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Esporte

Torcedores chegam com tranquilidade ao Castelão


Clima na chegada foi de festa. Maioria optou pelos ônibus grátis que saíram de sete bolsões de estacionamento da cidade

Os torcedores chegaram com tranquilidade à Arena Castelão para acompanhar a partida entre Uruguai x Costa Rica, pela primeira rodada do Grupo D da Copa do Mundo. A maioria, pelos menos 35 mil dos 60 mil ingressos colocados à venda, segundo estimativa da Prefeitura, optou pelo sistema de transporte público para se deslocar até o estádio.

“Está 100%. Tem ônibus a todo momento. Chegamos aqui em 20 minutos”, disse a aposentada Maria do Socorro Ferreira Cruz, que foi ao Castelão acompanhada do marido Bismarck e da filha, Marnye. A família pegou o transporte público no bolsão de estacionamento no Campus do Pici da Universidade Federal do Ceará (UFC). “Hoje sou uruguaia desde pequenininha”, brincou Maria do Socorro.

Além da UFC, outros seis bolsões com 300 ônibus grátis foram ofertados pela Prefeitura – shoppings Parangaba, Via Sul, Jóquei e Iguatemi, além de Cambeba e Centro de Eventos. “Não temos do que reclamar. Está rápido e seguro. Os ônibus estão partindo a cada cinco minutos”, relatou o professor Eduardo Costa, que foi ao estádio com os dois filhos.  

Descontração

Em clima de festa e confraternização, uruguaios e costarriquenhos começaram a chegar ao Castelão por volta das 11h30. Os sul-americanos, em maior número, cantavam “Voltamos para ganhar”, em alusão aos título de 1950, conquistado sobre o Brasil, no Maracanã.

Muitos costarriquenhos demonstraram otimismo na possibilidade de ser a zebra do grupo e eliminar os favoritos Uruguai, Inglaterra e Itália. “É difícil. Mas no futebol ninguém ganha antes de entrar em campo. Quem sabe não podemos surpreender”, disse Marco Lizano Murillo, de 62 anos, que está pela primeira vez no Brasil e foi à Copa do Mundo de 2002, no Japão e na Coreia.  “O clima aqui está maravilhoso”.   

Além de costarriquenhos, uruguaios e brasileiros, muitos estrangeiros marcaram presença no Castelão. Um grupo de 10 finlandeses veio a Fortaleza para aproveitar a cidade e acompanhar o Mundial. “Nós gostamos de futebol. Mesmo sem nossa seleção disputar a Copa do Mundo, viemos curtir esse clima, que é único”, disse o finlandês Mark.

Fonte: Thiago Cafardo, do Portal da Copa em Fortaleza

Mais Sobre Esporte

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos  e campeão mundial

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos e campeão mundial

Morreu hoje (11), aos 75 anos de idade, o ex-jogador de futebol Antônio Wilson Vieira Honório, mais conhecido como Coutinho, lendário parceiro de Pelé

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

O Juventude Esporte Clube da Linha 6, tetracampeão da Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol Amador (2010, 2013, 2015 e 2016) , começou bem sua pa

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

O paulista de Maresias, Gabriel Medina, conquistou o bicampeonato nesta segunda-feira ao vencer o sul-africano Jordy Smith e avançar à final em Pi

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Estudante foi indicada ao prêmio pela Federação Rondoniense de GinásticaA Ginasta Wenddy Naelly Cruz Pimentel, de 11 anos, do Clube Escola Municipal