Porto Velho (RO) domingo, 5 de dezembro de 2021
×
Gente de Opinião

Esporte

Saldo da Copa das Confederações reforça democracia brasileira, avalia professor


Alana Gandra
 Agência Brasil

Rio de Janeiro - Seja qual for o resultado do jogo entre as seleções do Brasil e da Espanha, que encerra hoje (30) a Copa das Confederações no Estádio do Maracanã, o saldo já é positivo, disse o professor da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Victor Melo.

“Significou, de alguma forma, um estímulo para a mobilização das pessoas. Foi bom. Pode ser que isso ajude um pouco na contenção de gastos que a gente vai ter com a Copa de 2014”. Para Victor Melo, “no mínimo”, a Copa das Confederações, da Federação Internacional de Futebol (Fifa), mostrou que as pessoas estão atentas a outros fatos que não apenas o futebol.

Ele acredita que o melhor resultado dessa Copa é a mobilização da população que reivindica novos posicionamentos democráticos. “Acho que, talvez, isso tenha sido o melhor”.

O professor da UFRJ ponderou que há necessidade agora de observar os desdobramentos desse movimento, para ver se ele terá força para reivindicar que os gastos públicos que estão sendo feitos com a organização da Copa do Mundo de 2014 e também com as Olimpíadas de 2016 sejam mais transparentes, para que o povo tenha mais controle sobre o que está sendo feito.

“Temos que esperar esses desdobramentos. Pode ser que a Copa de 2014, a partir desse prisma, traga mais benefícios para o país. Por isso, acho que a Copa das Confederações foi um importante alerta de que a população está atenta ao que ocorrre, que a população não está alienada com o discurso ufanista que cerca o espetáculo”, reiterou.

Segundo Melo, muita gente soube de forma clara distinguir que havia uma reivindicação em volta do evento, mas isso não tinha relação com os símbolos nacionais. “A Seleção Brasileira continua movimentando as pessoas. Então, essas manifestações contrárias à forma como o evento tem sido organizado não podem, de maneira nenhuma, ser confundidas com manifestações não patrióticas. Pelo contrário. São manifestações patrióticas, que esperam que o país tenha mais transparência”.
 

Mais Sobre Esporte

Rômulo Crispim irá participar da Surdolimpiada Nacional

Rômulo Crispim irá participar da Surdolimpiada Nacional

O judoca Rômulo Crispim do Projeto Judô Anísio embarca nesta sexta-feira (03/12) para a cidade de São José dos Campos- SP onde participará da Surdol

Autistas irão participar do Festival Paralímpico em Porto Velho

Autistas irão participar do Festival Paralímpico em Porto Velho

O Festival Paralímpico Loterias Caixa 2021, que vai acontecer no sábado (04), em Porto Velho, visa promover a experimentação esportiva de crianças e

Judoca Danilo Silva é tricampeão da Paralimpíadas Escolares Brasileiro

Judoca Danilo Silva é tricampeão da Paralimpíadas Escolares Brasileiro

O judoca porto-velhense Danilo David Gerônimo Silva, faixa marrom, 15 anos, conquistou duas medalhas de ouro nas Paralimpíadas Escolares Brasileiro,

Rondônia é 2º lugar do Norte nas Paralimpíadas Escolares 2021; Estado ficou em 15º na classificação geral

Rondônia é 2º lugar do Norte nas Paralimpíadas Escolares 2021; Estado ficou em 15º na classificação geral

Mais de 20 alunos com deficiência, representaram Rondônia nas “Paralimpíadas Escolares 2021”. Os jogos tiveram início na última terça-feira (23), no