Porto Velho (RO) sábado, 23 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Esporte

Rússia é banida dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018 por doping


Gente de Opinião

Reuters - A Rússia foi banida da Olimpíada de Inverno de Pyeongchang em 2018, depois do surgimento de evidências de doping generalizado, mas alguns de seus atletas terão permissão para competir sob a bandeira de “atleta olímpico da Rússia”, informou o Comitê Olímpico Internacional ontem, terça-feira (5).

O COI também decidiu suspender o presidente do Comitê Olímpico Russo (ROC), Alexander Zhukov, como membro do COI, uma vez que sua associação à entidade internacional está vinculada à sua posição como chefe do ROC, que foi suspenso dos Jogos. Zhukov disse que os atletas russos vão recorrer à Corte Arbitral do Esporte contra a decisão do COI, segundo a agência de notícias R-Sport. 

O vice-primeiro-ministro da Rússia, Vitaly Mutko, também foi banido de qualquer participação futura nos Jogos Olímpicos. 

O COI disse em uma entrevista coletiva que o relatório de Schmid confirmou “a manipulação sistemática das regras e sistemas antidoping na Rússia”.

Samuel Schmid, autor do relatório, disse aos jornalistas: ”Os resultados não se baseiam apenas no testemunho de Grigoory Rodchenkov (denunciante). Existem provas científicas, documentos de declarações de testemunhas e correspondência.

“Os fatos são que, na Rússia, houve manipulação sistêmica de doping e do sistema antidoping... que também ocorreu em Sochi 2014 (Jogos Olímpicos de Inverno).”

A decisão do COI ocorre 18 meses após a entidade ter recusado uma proibição total para atletas russos na Rio 2016 e ter dito às federações esportivas internacionais que decidissem individualmente sobre a participação de russos no Brasil.

Embora os representantes de atletismo e levantamento de peso tenham sido banidos da Rio 2016, cerca de 70 por cento da equipe original de 387 atletas da Rússia participaram dos Jogos de 2016.

A decisão de terça-feira, no entanto, parece ter levado em conta os crescentes protestos de outros países, de grandes agências nacionais antidoping e de atletas que se sentiram roubados por seus oponentes russos por anos e exigiram uma suspensão total da Rússia.

Alexei Kravtsov, presidente da União Russa de Patinação, protestou: “A decisão do COI é ofensiva e insultante. É completamente injustificada. Considero que esta decisão irá dar um grande golpe a todo o movimento olímpico.”

Gente de Opinião

Mais Sobre Esporte

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos  e campeão mundial

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos e campeão mundial

Morreu hoje (11), aos 75 anos de idade, o ex-jogador de futebol Antônio Wilson Vieira Honório, mais conhecido como Coutinho, lendário parceiro de Pelé

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

O Juventude Esporte Clube da Linha 6, tetracampeão da Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol Amador (2010, 2013, 2015 e 2016) , começou bem sua pa

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

O paulista de Maresias, Gabriel Medina, conquistou o bicampeonato nesta segunda-feira ao vencer o sul-africano Jordy Smith e avançar à final em Pi

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Estudante foi indicada ao prêmio pela Federação Rondoniense de GinásticaA Ginasta Wenddy Naelly Cruz Pimentel, de 11 anos, do Clube Escola Municipal