Porto Velho (RO) sábado, 14 de dezembro de 2019
×
Gente de Opinião

Esporte

Rondônia conquista ouro e bronze no 5º Brasileiro Escolar de Vôlei de Praia da CBDE


Rondônia conquista ouro e bronze no 5º Brasileiro Escolar de Vôlei de Praia da CBDE - Gente de Opinião

Composta por 16 pessoas, a delegação rondoniense de vôlei de praia garantiu uma medalha de ouro e outra de bronze na competição em nível nacional encerrada no domingo (1º), em João Pessoa (PB), realizada pela Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE).

O torneio destinado a estudantes atletas nascidos entre 2001 e 2006 reuniu representantes de todas as unidades federadas e mais a seleção da cidade-sede do evento. Ao todo foram 465 jogos realizados durante cinco dias na arena instalada na orla da praia de Cabo Branco.

A primeira medalha rondoniense, a de ouro, foi conquistada pela dupla Eloísa e Vitória, estudantes do Colégio Tiradentes, de Vilhena. As meninas, nascidas em 2005/2006, venceram as paulistas por 2 sets a 1 (12x15, 15x5 e 13x15), em partida válida pela Série Bronze, o equivalente a 3ª divisão da competição.

Os garotos Arthur e Bruno, da cidade de Rolim de Moura, ganharam da dupla do Distrito Federal, da escola Católica de Brasília, pelo placar de 2x0 (18x11 e 18x10). Os rondonienses são da escola estadual Coronel Aluísio Pinheiro Ferreira e competiu pela Série Prata, o equivalente a 2ª divisão, pela categoria dos nascidos em 2003/2004.

Outros dois atletas rondonienses ainda chegaram perto de outra medalha de bronze. De Vilhena, da escola estadual Maria Arlete, Iago e Eduardo não realizaram a disputa pelo terceiro lugar em decorrência de Eduardo não ter se sentido bem.  O garoto foi socorrido a um hospital e submeteu a uma cirurgia de urgência no apêndice, um órgão que não é considerado essencial para o corpo, mas que pode colocar a vida em risco quando há inflamação.

A participação de Rondônia no evento na capital paraibana ainda registrou pontuações consideráveis nas séries Prata e Bronze. Os atletas ficaram entre os dez melhores do País nas classificações finais das duas divisões, tanto no masculino quanto no feminino.

Pela série Ouro, Rondônia não teve competidores. Os vencedores da 1ª divisão foram classificados para o Mundial ISF de Vôlei de Praia, que acontece no mês de outubro na província de San Vito Lo Capo, na região da Cecília, na Itália.

A competição na capital paraibana realizou 465 jogos durante cinco dias e juntou atletas de todos os estados brasileiros. De Jaru, o árbitro Pelé, apitou várias partidas reforçando a participação de Rondônia no cenário esportivo nacional.

“Consideramos a participação de Rondônia no Brasileiro em João Pessoa como uma das mais marcantes do vôlei de praia do estado. Os resultados são bastante otimistas, se levarmos em conta que nossos atletas enfrentaram outro desafio além do esporte em si: o vento à beira mar”, avalia o presidente da Federação do Esporte Escolar de Rondônia (FEERO), Antônio Marques Nunes.

A próxima atividade da FEERO é a seletiva estadual de basquete 3x3 para atletas masculino e feminino nascidos em 2002/2004. A competição será realizada em Cacoal no dia 5 de outubro e vale vaga para Brasileiro Escolar de Basquete 3x3, que acontecerá em Santa Cruz do Sul (RS), ainda neste ano. Mais informações pelo e-mail: feero.feero2017@gmail.com

Galeria de Imagens

Mais Sobre Esporte

Porto Velho: Festival Esportivo encerra atividades do Projeto Voar em 2019

Porto Velho: Festival Esportivo encerra atividades do Projeto Voar em 2019

O Projeto Voar encerrar atividades esportivas de 2019 nesta sexta-feira (13) em grande estilo, com um Festival Esportivo que vai envolver as 230 crian

Basquete em cadeiras de rodas da show em Nova Mutum Paraná

Basquete em cadeiras de rodas da show em Nova Mutum Paraná

Buscando a superação diariamente, a equipe de basquete em cadeira de rodas da Associação Vida Ativa deu um show em Nova Mutum Paraná e mostrou à com

Um jogador ideal para a Copa Davis

Um jogador ideal para a Copa Davis

A Copa Davis é uma copa diferente. O tênis é um esporte individual, porém,  na Copa Davis, se joga,  com dezoito países divididos em seis grupos, com

Um show de SUPERAÇÃO e SOLIDARIEDADE será realizado pelo time de basquetebol de cadeirantes em Nova Mutum Paraná

Um show de SUPERAÇÃO e SOLIDARIEDADE será realizado pelo time de basquetebol de cadeirantes em Nova Mutum Paraná

Com objetivo de mostrar à comunidade da região o poder do esporte na vida da pessoa com deficiência, a equipe de basquetebol em Cadeiras de Rodas do