Porto Velho (RO) terça-feira, 19 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Esporte

Paradesporto é uma ferramenta de resgate de autoestima


Gente de Opinião

Mãe e filho comemoram medalha de ouro na bocha

O cadeirante Fernando Betinni da Silva, 30 anos, começou a jogar bocha em 2016. A mãe dele, a dona de casa Lauriete Betinni, já nota uma mudança considerável no comportamento social e de humor do filho. A etapa estadual Paralímpica Escolar termina nesta quarta-feira (9), em Cacoal, e é classificatória para a etapa nacional, programada para ocorrer de 20 a 25 de novembro, em São Paulo/SP.

Antes da estreia nos jogos paralímpicos no ano passado, Fernando Betinni não praticava nenhuma modalidade paradesportiva. “O humor e o convívio social dele melhorou drasticamente depois da prática regular de atividade física recomendada pela escola”, conta a mãe do rapaz, que estuda no Centro de Reabilitação Neurológica Infantil de Cacoal (Cernic), em Cacoal.

O paratleta foi acometido aos seis meses de idade de uma paralisia cerebral que atingiu a coordenação motora e a voz. “Desde o ocorrido com o bebê, todo dia é dia de aprendizado nas nossas vidas. Esses jogos escolares são uma ferramenta motivadora de resgate de autoestima”, avalia a dona de casa, que assumiu mais uma função na vida do filho, a de calheira nos treinos e competições de Fernando.

Fernando Betinni conquistou a medalha de ouro ontem a tarde no ginásio de esportes Capitão Rui Teixeira. “Estamos muito emocionados e felizes. Em apenas dois anos ocupar o principal lugar do pódio é a resposta de que estamos mesmo no caminho certo”, disse Lauriete Betinni.

Os classificados para o Paralímpico Escolar em São Paulo são: na Classe A, Kauan Andrade de Lima (BC2) e Marcos Barbosa de Lucas (BC3); Classe B Dhenuffer de Jesus Silva (BC2), Iara Gabriele Camilo Ferreira (BC4) e Bruna Rufino Krugel (BC4).

A fase estadual – etapa Especial Paralímpica – dos Jogos Escolares de Rondônia (Joer) encerra nesta quarta-feira (9) com as finais no futsal, atletismo e natação. A competição envolve 658 paratletas, técnicos e dirigentes de 72 escolas de 20 municípios desde sábado (5), em Cacoal. A organização geral do evento é da Gerência de Educação Física, Esporte e Cultura Escolar (Gefece), da Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

Veja galeria de fotos

Leia mais:
 Das pistas do atletismo para cozinha, bi-campeão diz que trabalho é forma de retribuir o que recebeu no passado
 Finais de futsal e natação dos Jogos Paralímpicos Escolares acontecem nesta quarta-feira em Cacoal
 Festival Estudantil de Artes apresenta danças folclóricas na etapa paralímpica dos Jogos Escolares de Rondônia em Cacoal


Fonte
Texto: Paulo Sérgio
Fotos: Daiane Mendonça
Secom - Governo de Rondônia

Mais Sobre Esporte

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos  e campeão mundial

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos e campeão mundial

Morreu hoje (11), aos 75 anos de idade, o ex-jogador de futebol Antônio Wilson Vieira Honório, mais conhecido como Coutinho, lendário parceiro de Pelé

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

O Juventude Esporte Clube da Linha 6, tetracampeão da Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol Amador (2010, 2013, 2015 e 2016) , começou bem sua pa

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

O paulista de Maresias, Gabriel Medina, conquistou o bicampeonato nesta segunda-feira ao vencer o sul-africano Jordy Smith e avançar à final em Pi

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Estudante foi indicada ao prêmio pela Federação Rondoniense de GinásticaA Ginasta Wenddy Naelly Cruz Pimentel, de 11 anos, do Clube Escola Municipal