Porto Velho (RO) domingo, 24 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Esporte

Para conseguir peso ideal para campeonato, atleta de jiu-jitsu recorre à Nutrologia



Nos dias 28 e 29 deste mês, o amazonense Antônio Sotto Mayor, 39 anos, que reside em Porto Velho há dois anos, estará na arena Barueri, em São Paulo, participando do Campeonato Sulamericano de Jiu-Jitsu, na categoria super pesado.Para conseguir peso ideal para campeonato, atleta de jiu-jitsu recorre à Nutrologia - Gente de Opinião

Há dois meses ele iniciou o trabalho de reeducação alimentar com o médico nutrólogo Bruno Mendonça Guimarães para atingir o peso ideal exigido pela organização do campeonato. Esta é a quarta competição em que ele participa este ano.

Associado à reeducação alimentar para perder peso, ele pratica cinco horas de atividade física por dia. A maratona diária inclui musculação, exercício aeróbico, o treinamento voltado exclusivamente para o campeonato, além do tempo utilizado como professor de jiu-jitsu. O seu treino é puxado pelo professor e atleta de alta performance Chaise Olimpio (veterano nos campeonatos nacionais e internacionais).

Indagado se é difícil manter essa rotina, tendo que se adequar ao rigor dos treinos e a uma alimentação diferenciada para perder e/ou manter o peso, os dois atletas, Antônio e Chaise, foram unânimes em afirmar que sim.

“É complicado se adequar, mas o homem é bem mais fácil perder peso do que a mulher, pois elas têm a alteração hormonal considerável”, explica Chaise. “No entanto, quando temos um objetivo, estamos focados, nada é impossível”.

Antônio afirma que o amor pelo esporte iniciou aos 09 anos de idade. “Mas chegar até aqui não foi fácil”, declara, esclarecendo que para conseguir vencer campeonatos faz-se necessário que o atleta esteja rodeado de profissionais gabaritados para acompanhá-lo nos treinos, além de patrocinadores. “Graças a Deus não posso reclamar disso”, acrescenta.


Visto negado

Para participar do campeonato mundial profissional de jiu-jitsu em agosto passado, Antônio Sotto Mayor enfrentou mais uma rotina de exercícios, treinos e dieta. Em 30 dias perdeu 25 quilos. “O sacrifício valeu a pena, pois cheguei à competição dentro do peso exigido”, diz. Antônio participou de quatro lutas, em três categorias – peso, faixa e idade.

Desde 1992 até agora, ele já foi campeão amazonense 10 vezes, venceu por duas vezes o estadual do Estado do Rio de Janeiro; ganhou o Internacional Master e Senior, realizado no Rio de Janeiro, e saiu-se vitorioso em três campeonatos promovidos por confederações diferentes.

Só este ano, ele conseguiu medalha de prata no campeonato brasileiro, ouro no campeonato mundial profissional e bronze no profissional master.

Antônio foi campeão ainda da seletiva que escolheu os atletas que competiriam em Dubai, em 2014, mas não pode comparecer devido a uma lesão no braço. Agora, seu objetivo é participar de disputas nos Estados Unidos, mas o seu visto já foi negado três vezes. “No próximo ano vou competir em Portugal”
 

Mais Sobre Esporte

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos  e campeão mundial

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos e campeão mundial

Morreu hoje (11), aos 75 anos de idade, o ex-jogador de futebol Antônio Wilson Vieira Honório, mais conhecido como Coutinho, lendário parceiro de Pelé

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

O Juventude Esporte Clube da Linha 6, tetracampeão da Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol Amador (2010, 2013, 2015 e 2016) , começou bem sua pa

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

O paulista de Maresias, Gabriel Medina, conquistou o bicampeonato nesta segunda-feira ao vencer o sul-africano Jordy Smith e avançar à final em Pi

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Estudante foi indicada ao prêmio pela Federação Rondoniense de GinásticaA Ginasta Wenddy Naelly Cruz Pimentel, de 11 anos, do Clube Escola Municipal