Porto Velho (RO) quinta-feira, 18 de outubro de 2018
×
Gente de Opinião

Esporte

Palmeiras vacila e só empata com Ituano



O Palmeiras até que superou o encharcado gramado do Estádio Palestra Itália, mas escorregou em seus próprios vacilos, entregou no final uma partida praticamente ganha e, com um jogador a menos em campo no segundo tempo, apenas empatou com o Ituano por 3 a 3, na tarde deste domingo.

Desse modo, o Palmeiras mantém o tabu de não ser derrotado pela equipe de Itu em casa - são sete vitórias e um empate -, mas não recupera a ponta do Campeonato Paulista, com cinco pontos. O time volta a campo na quarta-feira, diante do Monte Azul, quatro dias antes do clássico com o Corinthians.

Muricy Ramalho mais uma vez não repetiu a escalação, mas neste domingo por conta de um desfalque. O treinador manteve Deyvid Sacconi como titular - deixando William na reserva - e escalou o jovem zagueiro Gualberto no lugar de Léo, que foi poupado do confronto por sentir dores na coxa direita.

Com bola rolando, os primeiros 15 minutos do primeiro tempo foram de intensa pressão por parte do Palmeiras. Diego Souza acertou cobrança de falta no travessão aos cinco minutos de jogo, e Danilo e Robert também só não marcaram porque seus cabeceios foram bem defendidos pelo goleiro Éder.

Robert, inclusive, foi o jogador mais acionado da equipe antes do intervalo. Aos 14 minutos, o lateral direito Figueroa cruzou para a área e viu o atacante cabecear a bola no travessão. Quatro minutos mais tarde, o camisa 20 teve outra boa chance, mas furou cruzamento do lateral esquerdo Armero.

O Ituano ofereceu perigo apenas quando o time da casa bobeou. Aos 27 minutos, Danilo recuou mal para a grande área, Gualberto escorregou, e por pouco o atacante Welton não aproveitou. Mesmo assim, até esse momento o goleiro Marcos só havia feito uma defesa, em chute de Juninho Paulista.

Em nova bobeada, desta vez em dividida perdida por Deyvid Sacconi, o atacante Anderson Ataíde saiu na cara do gol e tentou encobrir Marcos, que se esticou e deu um tapa na bola. No contragolpe, Cleiton Xavier enfiou bola em diagonal para Diego Souza, que fintou o marcador e tocou no canto direito.

Este foi o quarto gol do meia palmeirense em três jogos na temporada. Além disso, foi outro em que a dupla entre o camisa 7 e Cleiton Xavier funcionou. Desde o ano passado, ambos têm sido os principais responsáveis pelos gols marcados pelo time, seja balançando as redes ou fazendo assistências.

Logo após o retorno do intervalo, uma furada da defesa do Palmeiras fez com que a bola caísse para Welton. O atacante entregou para Anderson Ataíde, que chutou para o meio da área. Na sobra, Juninho Paulista chutou duas vezes até encontrar o canto direito de Marcos livre para igualar o marcador.

O susto durou pouco, e o Palmeiras voltou a se comportar de modo envolvente como no começo da primeira etapa. Tanto que Deyvid e Diego Souza - cara a cara com o goleiro - e Cleiton Xavier, em chute colocado do bico da área, perderam boas chances de novamente colocar o time à frente no placar.

Contudo, ainda aos 11 minutos, em nova arrancada de Cleiton Xavier pelo lado esquerdo, o meia chegou à linha de fundo e cruzou para o meio da área. A defesa subiu mal, e a bola sobrou para Robert. O atacante cabeceou firme no canto esquerdo do goleiro, anotando seu segundo gol na temporada.

Muricy só não contava com uma expulsão logo em seguida. Seis minutos depois, o zagueiro Gualberto deu um carrinho por trás e recebeu o cartão vermelho direto, deixando o Palmeiras desfalcado.

Diferentemente do que se poderia supor, no entanto, o Ituano não conseguiu de cara aproveitar a vantagem numérica e chegou pouco à meta defendida por Marcos. Já o Palmeiras ampliou aos 24 minutos do segundo tempo, quando Cleiton tocou para Deyvid, sem marcação na área, marcar.

Mas o jogo ainda não estava definido. Armero se atrapalhou em um corte, chutou em Danilo e viu a bola vencer Marcos, aos 37 minutos. Dois minutos depois, Rodrigão aproveitou uma trapalhada da defesa e apenas empurrou para a rede. O Palmeiras ainda tentou um último suspiro, sem sucesso. 

Fonte: Gazeta Esportiva

Mais Sobre Esporte

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 27 milhões

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 27 milhões

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 2.086 da Mega-Sena, realizado hoje (10) em Joaçaba (SC).As dezenas sorteadas foram  04 - 35 - 43

Federação Rondoniense de Xadrez recebe Certificação do CONEDEL

Federação Rondoniense de Xadrez recebe Certificação do CONEDEL

O Presidente Gualter Amélio recebe das mãos de Luiz Carlos o Certificado de Registro de Entidade Esportiva devidamente qualificada, no Conselho Estadu

Nenhuma aposta acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 19 milhões

Nenhuma aposta acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 19 milhões

Nenhuma aposta acertou o prêmio principal do concurso 2084 da Mega-Sena. O sorteio foi realizado na noite dessa quarta-feira (3), no Caminhão da Sorte