Porto Velho (RO) quarta-feira, 20 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Esporte

O sonho não acabou, diz Neymar, ao se despedir


Seleção Brasileira se despede de Neymar: jogador deixa concentração


Neymar precisará ficar em repouso durante um período de 40 a 45 dias para se recuperar da fratura na terceira vértebra lombar, que o tirou da Copa do Mundo de 2014. Neste sábado (05.07), o atacante se despediu da Seleção Brasileira logo após o almoço da delegação. Ele seguiu de helicóptero para o Rio de Janeiro e depois foi para o Guarujá, onde vai se recuperar perto da família.

Visivelmente emocionado, Neymar foi aplaudido de pé pela comissão técnica e pelos jogadores da Seleção ao deixar o refeitório da Granja Comary. O clima era de comoção entre todos os integrantes da delegação.

Antes de partir, no entanto, Neymar fez questão de deixar um recado para a Seleção e para a torcida brasileira. Sereno e confiante, ele garantiu que logo estará de volta aos gramados. “Me tiraram o sonho de disputar uma final de Copa do Mundo, mas o sonho de ser campeão mundial ainda não acabou. Faltam dois jogos e tenho certeza de que meus companheiros vão fazer de tudo para levantar esta taça”, disse o jogador, que marcou quatro gols em cinco jogos nesta edição da Copa.

O médico da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), José Luis Runco, garantiu que a lesão é relativamente comum e não deixará nenhum tipo de sequela para o camisa 10 do Brasil. “Ele consegue caminhar, não tem nenhuma lesão neurológica, não tem nenhum comprometimento que possa afetar a vida dele futura como jogador ou ser humano”, afirmou.

De acordo com Runco, é possível inclusive que Neymar viaje para Belo Horizonte para apoiar a Seleção durante a partida de semifinal da Copa, marcada para o dia 8 de julho, às 17h, no Mineirão. “Tudo depende do quadro de dor dele. Se ele estiver sem dor, nada é proibido em relação a isso, não vai comprometer em nada. Mas ele vai ter que estar confortável. Se ele se sentir confortável, não vejo problema”, disse o médico.

Runco disse também que Neymar lida bem com a dor. “Ele tem um limiar de dor bom. Ele leva pancadas e não é um atleta que fica pedindo muito anti-inflamatório não. Ele me lembra um jogador da moda antiga: bota um gelinho, bate o pé no chão e pronto”, brincou.

Motivação
Mesmo confiante na plena recuperação do camisa 10 da Seleção, Runco admitiu que o ocorrido o abalou. “A gente estava conseguindo colocar os 23 atletas todos competindo nessa Copa. Foi um momento muito desgastante e desagradável. No momento em que eu passei a informação para ele, ele ficou muito triste, se emocionou muito. E nós também nos emocionamos. É uma situação extremamente desagradável. Ele chorou muito, mas com o tempo ele foi entendendo. É a limitação de um sonho dele, mas não é uma limitação da carreira dele como jogador de futebol”, contou.

O médico, no entanto, acredita que o ocorrido vai servir como motivação extra para a Seleção Brasileira no restante da Copa. “Evidente que as pessoas ficaram chateadas, chocadas. Um atleta me fez o seguinte comentário: ‘Está parecendo que a gente perdeu o jogo’. Mas eu acho que isso vai ser motivo para o grupo crescer e ganhar estímulo para os objetivos, que são passar da próxima partida, chegar à final e ser campeão, até para dedicar a esse atleta”, disse.

O médico inclusive comparou a situação ao corte do volante Emerson, nas vésperas da estreia do Brasil diante da Turquia, na Copa do Mundo de 2002. “Eu diria que são situações semelhantes a dele e o corte que eu fiz na época do Emerson. São pessoas que tinham objetivos muito forte. O Emerson tinha o objetivo de ser campeão e era o capitão da equipe. E o Neymar tinha o objetivo de ser campeão tão jovem”, lembrou.  Na ocasião, o técnico da Seleção também era Luiz Felipe Scolari e o Brasil acabou conquistando o Mundial pela quinta vez.

Fonte: CBF /PORTAL DA COPA

Mais Sobre Esporte

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos  e campeão mundial

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos e campeão mundial

Morreu hoje (11), aos 75 anos de idade, o ex-jogador de futebol Antônio Wilson Vieira Honório, mais conhecido como Coutinho, lendário parceiro de Pelé

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

O Juventude Esporte Clube da Linha 6, tetracampeão da Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol Amador (2010, 2013, 2015 e 2016) , começou bem sua pa

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

O paulista de Maresias, Gabriel Medina, conquistou o bicampeonato nesta segunda-feira ao vencer o sul-africano Jordy Smith e avançar à final em Pi

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Estudante foi indicada ao prêmio pela Federação Rondoniense de GinásticaA Ginasta Wenddy Naelly Cruz Pimentel, de 11 anos, do Clube Escola Municipal