Porto Velho (RO) quinta-feira, 18 de outubro de 2018
×
Gente de Opinião

Esporte

Muriqui brilha e deixa Galo perto do título mineiro


  
No momento da decisão, a tradição do Atlético-MG fez a diferença. Apesar do trabalho dado pelo Ipatinga, o Galo contou neste domingo com dois gols de Muriqui para vencer por 3 a 2 no Vale do Aço e ampliar sua vantagem na final do Campeonato Mineiro.

Agora, o Atlético-MG conta com o favoritismo total para faturar o Estadual. Na partida do final de semana que vem, o Galo terá o apoio de sua fanática torcida no Mineirão e poderá até perder por um gol de diferença para levantar a taça.

Antes disso, o Atlético-MG vai se concentrar na Copa do Brasil. Na quarta-feira, a equipe de Belo Horizonte inicia o confronto das quartas de final contra o badalado Santos, no Mineirão.

O Jogo - A decisão do Campeonato Mineiro começou empolgante. Mesmo fora de casa, o Atlético-MG seguia as orientações de Wanderley Luxemburgo e apresentava uma postura ofensiva. Já o Ipatinga, apesar da imagem de azarão, não se intimidava com as jogadas do rival.

Por sinal, os donos da casa eram mais objetivos em campo. Aos nove minutos, Leanderson só não colocou o Ipatinga na frente por causa de uma defesa espetacular do goleiro Aranha. Dois minutos depois, o time do Vale do Aço abriu, contudo, o placar. Francismar cobrou escanteio fechado da direita e viu o leve desvio de Fabiano contra o próprio patrimônio. O árbitro preferiu, todavia, dar o gol para Joabe.

O Atlético-MG percebeu que deveria aumentar o ritmo e melhorar sua movimentação para incomodar o Ipatinga. Em uma jogada de Correa, um elemento surpresa do Galo, saiu o empate. Diego Tardelli converteu o pênalti sofrido pelo meio-campista, em uma infração sem necessidade do goleiro Douglas.

O Ipatinga claramente sentiu o gol de empate. Em lances seguidos, Fabiano e Muriqui falharam no momento de colocar o Atlético-MG na frente. Otimista, a torcida do Galo esfregava as mãos.

O segundo gol atleticano veio no começo da etapa complementar. Francismar perdeu a bola no meio-campo e proporcionou o contra-ataque mortal do rival. Muriqui tabelou com Diego Tardelli, recebeu na área, dançou na frente do marcador e fuzilou Douglas.

A partir daí, o jogo ficou perfeito para os comandados de Wanderley Luxemburgo, que tinham espaços à disposição no contra-ataque. Só que a bola aérea voltou a ser vilã dos visitantes. O Ipatinga empatou aos 28 minutos. Luizinho cobrou falta da esquerda, a bola foi desviada pelo atleticano Zé Luis, tocou na trave e morreu nas redes de Aranha.

No fim, na base da raça, o Atlético-MG provou sua superioridade e garantiu a vitória. Aos 39 minutos, Muriqui aproveitou cruzamento de Júnior da esquerda e concluiu na pequena área: 3 a 2.

Fonte: Gazeta Esportiva

Mais Sobre Esporte

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 27 milhões

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 27 milhões

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 2.086 da Mega-Sena, realizado hoje (10) em Joaçaba (SC).As dezenas sorteadas foram  04 - 35 - 43

Federação Rondoniense de Xadrez recebe Certificação do CONEDEL

Federação Rondoniense de Xadrez recebe Certificação do CONEDEL

O Presidente Gualter Amélio recebe das mãos de Luiz Carlos o Certificado de Registro de Entidade Esportiva devidamente qualificada, no Conselho Estadu

Nenhuma aposta acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 19 milhões

Nenhuma aposta acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 19 milhões

Nenhuma aposta acertou o prêmio principal do concurso 2084 da Mega-Sena. O sorteio foi realizado na noite dessa quarta-feira (3), no Caminhão da Sorte