Porto Velho (RO) sábado, 23 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Esporte

Inter é goleado por 3 a 0 e dá vexame nos Aflitos


Alexandre Ernst
Zero Hora

Está aberta a pré-temporada do Inter de 2013. Com uma atuação vexatória nos Aflitos, o time de Fernandão foi goleado pelo Náutico por 3 a 0 — dois de Souza e um de Kieza — e deu adeus à esperança de conquistar uma vaga na Libertadores do ano que vem. Sem ligação entre o meio de campo e o ataque, desprezando a posse de bola e com muitas faltas desnecessárias, os colorados foram envolvidos pelo grupo de Alexandre Gallo e, faltando quatro rodadas para o final do Brasileirão, seguem no campeonato sem qualquer pretensão.

O Inter sentiu a falta de D'Alessandro, Diego Forlán e Fred. O sistema com três volantes proposto por Fernandão não surtiu efeito contra um Náutico disposto a atacar. Ainda que um time mediano, o grupo de Alexandre Gallo se agigantou com os incentivos da torcida nos Aflitos. Chutava de fora da área, trocava passes e com cruzamentos para a área, buscava penetrar na defesa do Inter. Em dois momentos, conseguiu, com Kieza e com Souza vencendo Índio e Rodrigo Moledo, respectivamente, pelo alto.

Do lado do Inter, Cassiano rodopiava pela direita. Fazia a inversão, pela esquerda, e tentava encontrar Leandro Damião. Sem qualidade pelo meio, com Lucas Lima inoperante devido ao esquema de Fernandão, os gaúchos tinham apenas uma jogada: a correria pelos lados. Aos 15 minutos, Cassiano cruzou da esquerda, na cabeça de Leandro Damião. O centroavante do Inter e da Seleção cabeceou para baixo, mas a bola tocou no pé do zagueiro e saiu para escanteio.

O mundo do Inter começou a ruir aos 22 minutos. Nei chegou tarde na dividida em frente à zaga e cometeu falta. Souza, de pé direito, bateu alto, no ângulo. Muriel pulou atrasado e não conseguiu chegar à bola. Dez minutos depois, uma nova falta sobrada mais uma vez por Souza ampliou o placar. Da intermediária, a bola desviou no meio do caminho e liquidou Muriel.

— Tomamos dois gols atípicos, de bola parada. Temos tempo para reverter o resultado — disse Muriel na saída para o vestiário.

Mas o goleiro colorado estava errado. Fechados na defesa, os pernambucanos optavam por explorar os contragolpes. Ainda que Fernandão tenha voltado para segundo tempo com Otávio e Fabrício nos lugares de Lucas Lima e Josimar, propondo uma espécie de 4-2-3-1, o placar favorável dava tranquilidade ao time de Alexandre Gallo. Otávio, aberto pela direita, e Cassiano, pela esquerda, levaram alguma vantagem em cima de Alemão e Jean Rolt. Fabrício, centralizado, por vezes conseguia vencer a defesa do Náutico, mas com Leandro Damião isolado na área, o Inter pouco incomodou o goleiro Felipe.

O vexame colorado no Recife foi sacramentado aos 17 minutos do segundo tempo, quando Kieza marcou, de cabeça, no canto esquerdo de Muriel. No escanteio cobrado da direita do ataque pernambucano, o atacante do Náutico subiu às costas de Nei e acabou com qualquer chance de o Inter estar na Libertadores de 2013. Com o empate em 1 a 1 entre São Paulo e Fluminense, os colorados poderiam ver a distância para o G-4 diminuir para cinco pontos, com 12 ainda a disputar. Agora, a diferença segue em oito pontos. Os problemas de Fernandão aumentam com Moledo, Índio e Guiñazu suspensos contra a Ponte Preta por terem recebido o terceiro cartão amarelo.

BRASILEIRÃO — 34ª RODADA — 4/11/2012

NÁUTICO

Felipe; Patric (Alison, 39'/2ºT), Alemão, Jean Rolt e Douglas Santos; Elicarlos (Dadá, 13'/1ºT) e Josa; Rhayner, Souza e Rogério (Araújo, 37'/2ºT); Kieza. Técnico: Alexandre Gallo

INTER

Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Índio e Kleber; Ygor, Josimar (Fabrício, INT.), Guiñazu e Lucas Lima (Otávio, INT.); Cassiano (Rafael Moura, 26'/2ºT) e Leandro Damião. Técnico: Fernandão

Gol: Souza, aos 22 e aos 32 minutos do primeiro tempo. Kieza, aos 17 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos: Jean Rolt, Alemão, Patric (N), Leandro Damião, Índio, Guiñazu, Rodrigo Moledo (I)

Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio (GO), auxiliado por Janette Arcanjo-MG e Cleryston Barreto Rios-SE.

Local: Estádio dos Aflitos, em Recife

Mais Sobre Esporte

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos  e campeão mundial

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos e campeão mundial

Morreu hoje (11), aos 75 anos de idade, o ex-jogador de futebol Antônio Wilson Vieira Honório, mais conhecido como Coutinho, lendário parceiro de Pelé

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

O Juventude Esporte Clube da Linha 6, tetracampeão da Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol Amador (2010, 2013, 2015 e 2016) , começou bem sua pa

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

O paulista de Maresias, Gabriel Medina, conquistou o bicampeonato nesta segunda-feira ao vencer o sul-africano Jordy Smith e avançar à final em Pi

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Estudante foi indicada ao prêmio pela Federação Rondoniense de GinásticaA Ginasta Wenddy Naelly Cruz Pimentel, de 11 anos, do Clube Escola Municipal