Porto Velho (RO) segunda-feira, 15 de outubro de 2018
×
Gente de Opinião

Esporte

Idioma espanhol domina POA antes de Argentina x Nigéria


 
Foto: Claudio Medaglia/Portal da Copa

Gente de Opinião

Torcida argentina prestigiou o reconhecimento de gramado da equipe no Beira-Rio

As placas pretas dos automóveis e o sotaque presente nas esquinas dos bairros Menino Deus e Praia de Belas denunciam a forte presença argentina em Porto Alegre. São milhares, e o número cresce a cada hora, chegando em carros, ônibus e aviões. O destino final é o Beira-Rio, onde a equipe de Messi e Cia. encara a Nigéria a partir das 13h desta quarta-feira. Na tabela de classificação do Grupo F, a Argentina lidera com seis pontos, seguida pela Nigéria, que tem quatro. O Irã, com um ponto, ainda alimenta esperança de classificação, e entra em campo no mesmo horário contra a Bósnia-Herzegovina, em Salvador. 

No início da tarde desta terça, em Porto Alegre, cerca de mil torcedores, conforme a Brigada Militar, se aglomeravam próximo ao estádio para reverenciar a delegação argentina, que chegaria de ônibus para treinar às 14h30. Cantando e pulando, eles fizeram uma grande festa quando os atletas chegaram e permaneceram ali até depois do treino de reconhecimento ao gramado. E sobrou provocação ao Brasil nas músicas e nas faixas exibidas pelo grupo. Tudo observado por quase uma centena de policiais militares.

Porto Alegre vive dias de expectativa frente à possibilidade de que uma verdadeira invasão argentina tome conta da cidade. E não será surpresa. O país vizinho é o maior emissor de turistas para o Brasil e para o estado, responsável pela entrada de mais de 580 mil visitantes em território gaúcho em 2012, conforme o anuário estatístico do Ministério do Turismo.

Pensando no impacto da chegada em massa dos hermanos, o governo do estado e a prefeitura decretaram ponto facultativo para o funcionalismo público. A intenção é desafogar as vias e dar mais segurança e tranqüilidade aos visitantes e à população local.

Foto: Getty Images

Gente de Opinião

Messi no reconhecimento de gramado do Beira-Rio: argentinos apostam na eficiência do craque
 

Sem ingresso

Embora os torcedores argentinos tenham adquirido cerca de 20 mil ingressos para o jogo, muitos chegam a Porto Alegre em busca de bilhetes. “Sabes onde posso comprar? Podes informar algum local ou contato? Tenho dinheiro”, perguntava Jonas Milovich, sem esconder a ansiedade. Ele está na cidade desde segunda-feira, após longa viagem de carro com dois amigos desde Buenos Aires. Nesta terça, juntou-se aos compatriotas no entorno do Beira-Rio e reforçava o coro animado enquanto procurava descobrir uma forma de assistir à partida dentro do estádio.

Confiante na conquista do título mundial, Pablo Cardozo também deixou a Argentina para dar apoio à seleção. Confrontado com a performance ainda inconsistente de Messi & Cia, apesar das duas vitórias, ele não titubeou. “Vamos vencer a Nigéria com tranqüilidade. Não estamos tão bem, mas temos Messi, que é o nosso Ás”.

A fé e a admiração pelo craque, que completou 27 anos nesta terça-feira, supera até o maior número de jogadores decisivos em outras equipes, como Sneijder, Robben e Van Persie, pela Holanda. “Não importa. É a Argentina”, cravou. Ao lado do amigo Damián Mariscal, também da capital argentina, ele pretende retornar ao seu país após a partida e, se tudo der certo, irá ao Rio acompanhar a disputa de vaga pelas quartas-de-final.

Mistério nas coletivas

Enquanto Porto Alegre adota o idioma espanhol, encontrar um nigeriano poderia ser tarefa de gincana. Só mesmo na coletiva de imprensa, quando o técnico Stephen Keshi e o goleiro Vincent Enyeama projetaram o confronto. Questionado sobre a excelente performance diante de Messi na Copa da África do Sul, o jogador advertiu. “Messi é um dos melhores jogadores do planeta. Está ainda melhor do que em 2010. Mas não serei eu contra ele, será Nigéria contra Argentina. A forma como pensamos pará-los é assunto interno”.

Para o treinador nigeriano, o desafio é recolocar a seleção de seu país em posição de visibilidade no cenário do futebol internacional. Destaque da competição em 1994, nos Estados Unidos, a Nigéria não aproveitou o momento para desenvolver o esporte. Por isso, apesar de o empate assegurar a classificação às duas seleções, os africanos prometem jogar para vencer.

Stephen Keshi disse não se preocupar com o grande número de torcedores argentinos no estádio, mas também não procurou conquistar os brasileiros. “Quanto mais gente assistindo, melhor. Jogador gosta de ser visto e mostrar seu bom futebol. Nós estamos na Copa para jogar futebol, sem escolher adversário. Se vier a França, que seja”, afirmou.

No começo da tarde, o técnico da Argentina, Alejandro Sabella, chegou ao Beira Rio antes do restante da delegação. Foi sozinho para a conversa com os jornalistas e tratou de reforçar os mistérios em torno do jogo. “Ainda não decidi o time que irá a campo. Será um confronto diferente contra a Nigéria em relação às partidas anteriores. Tenho o esquema de jogo definido, mas posso promover uma ou duas mudanças na equipe”.

Questionado sobre o adversário, Sabella citou nominalmente diversos jogadores nigerianos e lembrou que cada um tem diferentes características. “Essa Copa já trouxe surpresas. A Argentina sempre teve dificuldades contra a Nigéria. Então é preciso cautela”.

Perguntado sobre a dependência de sua equipe pela genialidade de Messi, Sabella foi direto. “Quando se tem um Messi, a dependência é natural. Tem de diminuir, mas existirá. E a pressão sobre ele, para que jogue bem, é inerente a qualquer craque. O que temos de fazer é ajudá-lo e minimizar essa situação sempre que possível”.

Sabella não esconde que será uma grande emoção ver seus comandados jogando fora da Argentina com tanta torcida. “Não surpreende, porque nosso povo é apaixonado. Mesmo assim, fico imaginando quantos serão”.

Esquema de mobilidade

Nas imediações do estádio Beira-Rio, os bloqueios iniciarão a partir das 8h, no sentido bairro-Centro. A permissão de circulação dos ônibus no corredor da Av. Padre Cacique se estende até as 10h. O bloqueio da Borges de Medeiros, centro-bairro, no Caminho do Gol, inicia às 7h. A previsão de liberação das vias é às 17h.

Cerca de 600 agentes da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) vão monitorar a circulação, com auxílio de 97 câmeras localizadas na Central de Controle. A EPTC orienta o deslocamento dos torcedores com bastante antecedência, para evitar congestionamentos e atrasos na entrada do estádio.

Bloqueios e restrições de trânsito
» av. José de Alencar, somente com acesso local e veículos em situação de emergência;
» av. Edvaldo Pereira Paiva, entre a Ipiranga e a Padre Cacique, nos dois sentidos de circulação;
» av. Padre Cacique, entre a Borges de Medeiros e a Edvaldo Pereira Paiva, nos dois sentidos;
» av. Borges de Medeiros (Caminho do Gol), entre o Mercado Público e o Viaduto Dom Pedro I, somente na pista sentido Centro-Bairro;
» av. Aureliano de Figueiredo Pinto (Caminho do Gol), entre a Borges de Medeiros e a Rótula das Cuias, sentido rótula-Borges de Medeiros;
» rua Monroe, toda a via;
» rua Otávio Dutra, entre a avenida Padre Cacique e a rua Silveiro;
» rua Dona Amélia, toda a via;
» rua Gen. Oliveira Freitas, toda a via;
» rua Miguel Couto, entre a Padre Cacique e a Silveiro;
» rua Barão do Cerro Largo, entre a Padre Cacique e a rua Antenor Lemos.

Transporte coletivo

Mais de 30 linhas de ônibus regulares atendem as proximidades do estádio. São 27 linhas da zona Sul e as linhas transversais da Carris (T2, T2A, T5 e T7). Além delas, serão disponibilizadas quatro linhas especiais de ônibus para a Copa: a Centro-Estádio, a Aeroporto-Estádio, a PUC-Estádio e a Jockey-Estádio. As linhas circulam nos dias de jogos do Mundial, com valor de tarifa comum - R$ 2,95.

Outra opção é a linha seletiva Aeroporto-Hotéis, ligando a entrada da Capital aos principais pontos de hospedagem em Porto Alegre. O valor do serviço executivo é de R$ 5.

Lotações
As linhas de transporte seletivo, com ar-condicionado e tarifa a R$ 4,40, também são opções para ir ao estádio ou Fan Fest. As principais opções saem da rua Marechal Floriano Peixoto, no Centro, como a 02.1 – Menino Deus; 02.11 – Menino Deus/José do Patrocínio; 10.1 Tristeza/Assunção; 10.3 – Cristal/Otto; 10.4 – Ipanema; 10.41 – Ipanema/ Jardim Isabel; 10.5 – Guarujá; 10.51 – Guarujá/Wenceslau; 20.4 – Vila Nova/Praia de Belas; 20.5 – Alto Teresópolis. 

Estacionamentos
Ao todo, serão cinco zonas de estacionamento, duas para veículos particulares e três para ônibus fretados e turismo. Nas áreas de restrição, com acesso somente à circulação de veículos de moradores ou funcionários, não será permitido estacionar nas vias.

Ônibus fretados ou turismo
Av. Praia de Belas (terreno próximo ao shopping) – Capacidade de 55 ônibus.
Cais do Porto (ao lado da Usina do Gasômetro) – Capacidade de 100 ônibus.
Cais do Porto (Armazém CESA) – Capacidade de 250 ônibus.

Rotas para Estádio e Fan Fest

Do Aeroporto Internacional Salgado Filho
Carro ou táxi: O Aeroporto Internacional Salgado Filho está localizado na av. Severo Dullius, zona Norte. O trajeto mais simples é utilizar a BR-116 (estrada ao lado do aeroporto) e as avenidas Farrapos e Mauá.
Ônibus: Linha T5 e Aeroporto-Estádio (somente nos dias de jogos).
Metrô: Embarcar na estação Aeroporto e desembarcar no Mercado Público; a partir daí, seguir a pé via Caminho do Gol (Borges de Medeiros) ou utilizar transporte público.

Da Rodoviária e Centro Histórico
Carro ou Táxi: Duas opções: avenida Mauá, em direção ao Gasômetro, ou as avenidas João Pessoa e Ipiranga.
Ônibus: Diversas opções de linhas saem da av. Salgado Filho ou da rua Uruguai. Em dias de jogos, terá a linha Centro-Estádio.
Lotação: Várias linhas que saem da Marechal Floriano Peixoto são alternativa, como 10.1 Tristeza/Assunção; 10.3 – Cristal/Otto; 10.4 – Ipanema; 10.5 – Guarujá; entre outras.
A pé ou bicicleta: Para os pedestres, a melhor opção é o trajeto preferencial do Caminho do Gol (Borges de Medeiros). De bicicleta, a ciclovia da rua Sete de Setembro em direção à Orla do Guaíba é a melhor opção. Na área central, há diversas estações do BikePoa.

Da zona Sul
Carro ou Táxi: As avenidas Diário de Notícias e Icaraí são as principais vias.
Ônibus: Algumas linhas sugeridas são: 110.1 – Restinga; 165 – Cohab; 171 – Ponta Grossa; 173 – Camaquã; 176 – Serraria/ Rodoviária; 178 – Praia de Belas; 179 – Serraria; 184 – Juca Batista; 186 – Liberal; 187 – Padre Réus; 188 – Assunção. Em dias de jogos, a linha Jockey-Estádio é alternativa.
Lotação: Depende do ponto, algumas linhas sugeridas: 10.1 Tristeza/Assunção; 10.3 – Cristal/Otto; 10.4 – Ipanema; 10.5 – Guarujá.
A pé ou bicicleta: A partir das avenidas Diário de Notícias e Icaraí, já é possível ir a pé até o estádio ou às atividades do Território da Copa, como o Fan Fest. A distância pode variar de 1,5km até 3,5km. De bicicleta, é possível utilizar a orla de Ipanema e a avenida Diário de Notícias, ambas com ciclovia, em direção aos locais dos eventos.

Da zona Leste
Carro ou Táxi: A avenida Ipiranga é a melhor alternativa.
Ônibus: Algumas opções são as linhas T2, T5 e T7. Em dias de jogos, será disponibilizada a linha PUC-Estádio. É possível utilizar linhas regulares da região e integrar com outras no Centro.
A pé ou bicicleta: Dependendo do ponto, a caminhada pode ser muito longa. Para pedestres, o caminho mais próximo é a partir da avenida Azenha. Para os ciclistas, a avenida Ipiranga, que possui ciclovia e estações do BikePoa, é a melhor alternativa.

Da zona Norte
Carro ou Táxi: Terceira Perimetral e Ipiranga são trajetos possíveis.
Ônibus: As linhas T1 ou T5 são alternativas. Também dá para utilizar linhas regulares da região e integrar com outras linhas no Centro.

Fonte: Claudio Medaglia, do Portal da Copa em Porto Alegre

Mais Sobre Esporte

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 27 milhões

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 27 milhões

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 2.086 da Mega-Sena, realizado hoje (10) em Joaçaba (SC).As dezenas sorteadas foram  04 - 35 - 43

Federação Rondoniense de Xadrez recebe Certificação do CONEDEL

Federação Rondoniense de Xadrez recebe Certificação do CONEDEL

O Presidente Gualter Amélio recebe das mãos de Luiz Carlos o Certificado de Registro de Entidade Esportiva devidamente qualificada, no Conselho Estadu

Nenhuma aposta acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 19 milhões

Nenhuma aposta acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 19 milhões

Nenhuma aposta acertou o prêmio principal do concurso 2084 da Mega-Sena. O sorteio foi realizado na noite dessa quarta-feira (3), no Caminhão da Sorte