Porto Velho (RO) domingo, 24 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Esporte

Idioma espanhol domina POA antes de Argentina x Nigéria


 
Foto: Claudio Medaglia/Portal da Copa

Gente de Opinião

Torcida argentina prestigiou o reconhecimento de gramado da equipe no Beira-Rio

As placas pretas dos automóveis e o sotaque presente nas esquinas dos bairros Menino Deus e Praia de Belas denunciam a forte presença argentina em Porto Alegre. São milhares, e o número cresce a cada hora, chegando em carros, ônibus e aviões. O destino final é o Beira-Rio, onde a equipe de Messi e Cia. encara a Nigéria a partir das 13h desta quarta-feira. Na tabela de classificação do Grupo F, a Argentina lidera com seis pontos, seguida pela Nigéria, que tem quatro. O Irã, com um ponto, ainda alimenta esperança de classificação, e entra em campo no mesmo horário contra a Bósnia-Herzegovina, em Salvador. 

No início da tarde desta terça, em Porto Alegre, cerca de mil torcedores, conforme a Brigada Militar, se aglomeravam próximo ao estádio para reverenciar a delegação argentina, que chegaria de ônibus para treinar às 14h30. Cantando e pulando, eles fizeram uma grande festa quando os atletas chegaram e permaneceram ali até depois do treino de reconhecimento ao gramado. E sobrou provocação ao Brasil nas músicas e nas faixas exibidas pelo grupo. Tudo observado por quase uma centena de policiais militares.

Porto Alegre vive dias de expectativa frente à possibilidade de que uma verdadeira invasão argentina tome conta da cidade. E não será surpresa. O país vizinho é o maior emissor de turistas para o Brasil e para o estado, responsável pela entrada de mais de 580 mil visitantes em território gaúcho em 2012, conforme o anuário estatístico do Ministério do Turismo.

Pensando no impacto da chegada em massa dos hermanos, o governo do estado e a prefeitura decretaram ponto facultativo para o funcionalismo público. A intenção é desafogar as vias e dar mais segurança e tranqüilidade aos visitantes e à população local.

Foto: Getty Images

Gente de Opinião

Messi no reconhecimento de gramado do Beira-Rio: argentinos apostam na eficiência do craque
 

Sem ingresso

Embora os torcedores argentinos tenham adquirido cerca de 20 mil ingressos para o jogo, muitos chegam a Porto Alegre em busca de bilhetes. “Sabes onde posso comprar? Podes informar algum local ou contato? Tenho dinheiro”, perguntava Jonas Milovich, sem esconder a ansiedade. Ele está na cidade desde segunda-feira, após longa viagem de carro com dois amigos desde Buenos Aires. Nesta terça, juntou-se aos compatriotas no entorno do Beira-Rio e reforçava o coro animado enquanto procurava descobrir uma forma de assistir à partida dentro do estádio.

Confiante na conquista do título mundial, Pablo Cardozo também deixou a Argentina para dar apoio à seleção. Confrontado com a performance ainda inconsistente de Messi & Cia, apesar das duas vitórias, ele não titubeou. “Vamos vencer a Nigéria com tranqüilidade. Não estamos tão bem, mas temos Messi, que é o nosso Ás”.

A fé e a admiração pelo craque, que completou 27 anos nesta terça-feira, supera até o maior número de jogadores decisivos em outras equipes, como Sneijder, Robben e Van Persie, pela Holanda. “Não importa. É a Argentina”, cravou. Ao lado do amigo Damián Mariscal, também da capital argentina, ele pretende retornar ao seu país após a partida e, se tudo der certo, irá ao Rio acompanhar a disputa de vaga pelas quartas-de-final.

Mistério nas coletivas

Enquanto Porto Alegre adota o idioma espanhol, encontrar um nigeriano poderia ser tarefa de gincana. Só mesmo na coletiva de imprensa, quando o técnico Stephen Keshi e o goleiro Vincent Enyeama projetaram o confronto. Questionado sobre a excelente performance diante de Messi na Copa da África do Sul, o jogador advertiu. “Messi é um dos melhores jogadores do planeta. Está ainda melhor do que em 2010. Mas não serei eu contra ele, será Nigéria contra Argentina. A forma como pensamos pará-los é assunto interno”.

Para o treinador nigeriano, o desafio é recolocar a seleção de seu país em posição de visibilidade no cenário do futebol internacional. Destaque da competição em 1994, nos Estados Unidos, a Nigéria não aproveitou o momento para desenvolver o esporte. Por isso, apesar de o empate assegurar a classificação às duas seleções, os africanos prometem jogar para vencer.

Stephen Keshi disse não se preocupar com o grande número de torcedores argentinos no estádio, mas também não procurou conquistar os brasileiros. “Quanto mais gente assistindo, melhor. Jogador gosta de ser visto e mostrar seu bom futebol. Nós estamos na Copa para jogar futebol, sem escolher adversário. Se vier a França, que seja”, afirmou.

No começo da tarde, o técnico da Argentina, Alejandro Sabella, chegou ao Beira Rio antes do restante da delegação. Foi sozinho para a conversa com os jornalistas e tratou de reforçar os mistérios em torno do jogo. “Ainda não decidi o time que irá a campo. Será um confronto diferente contra a Nigéria em relação às partidas anteriores. Tenho o esquema de jogo definido, mas posso promover uma ou duas mudanças na equipe”.

Questionado sobre o adversário, Sabella citou nominalmente diversos jogadores nigerianos e lembrou que cada um tem diferentes características. “Essa Copa já trouxe surpresas. A Argentina sempre teve dificuldades contra a Nigéria. Então é preciso cautela”.

Perguntado sobre a dependência de sua equipe pela genialidade de Messi, Sabella foi direto. “Quando se tem um Messi, a dependência é natural. Tem de diminuir, mas existirá. E a pressão sobre ele, para que jogue bem, é inerente a qualquer craque. O que temos de fazer é ajudá-lo e minimizar essa situação sempre que possível”.

Sabella não esconde que será uma grande emoção ver seus comandados jogando fora da Argentina com tanta torcida. “Não surpreende, porque nosso povo é apaixonado. Mesmo assim, fico imaginando quantos serão”.

Esquema de mobilidade

Nas imediações do estádio Beira-Rio, os bloqueios iniciarão a partir das 8h, no sentido bairro-Centro. A permissão de circulação dos ônibus no corredor da Av. Padre Cacique se estende até as 10h. O bloqueio da Borges de Medeiros, centro-bairro, no Caminho do Gol, inicia às 7h. A previsão de liberação das vias é às 17h.

Cerca de 600 agentes da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) vão monitorar a circulação, com auxílio de 97 câmeras localizadas na Central de Controle. A EPTC orienta o deslocamento dos torcedores com bastante antecedência, para evitar congestionamentos e atrasos na entrada do estádio.

Bloqueios e restrições de trânsito
» av. José de Alencar, somente com acesso local e veículos em situação de emergência;
» av. Edvaldo Pereira Paiva, entre a Ipiranga e a Padre Cacique, nos dois sentidos de circulação;
» av. Padre Cacique, entre a Borges de Medeiros e a Edvaldo Pereira Paiva, nos dois sentidos;
» av. Borges de Medeiros (Caminho do Gol), entre o Mercado Público e o Viaduto Dom Pedro I, somente na pista sentido Centro-Bairro;
» av. Aureliano de Figueiredo Pinto (Caminho do Gol), entre a Borges de Medeiros e a Rótula das Cuias, sentido rótula-Borges de Medeiros;
» rua Monroe, toda a via;
» rua Otávio Dutra, entre a avenida Padre Cacique e a rua Silveiro;
» rua Dona Amélia, toda a via;
» rua Gen. Oliveira Freitas, toda a via;
» rua Miguel Couto, entre a Padre Cacique e a Silveiro;
» rua Barão do Cerro Largo, entre a Padre Cacique e a rua Antenor Lemos.

Transporte coletivo

Mais de 30 linhas de ônibus regulares atendem as proximidades do estádio. São 27 linhas da zona Sul e as linhas transversais da Carris (T2, T2A, T5 e T7). Além delas, serão disponibilizadas quatro linhas especiais de ônibus para a Copa: a Centro-Estádio, a Aeroporto-Estádio, a PUC-Estádio e a Jockey-Estádio. As linhas circulam nos dias de jogos do Mundial, com valor de tarifa comum - R$ 2,95.

Outra opção é a linha seletiva Aeroporto-Hotéis, ligando a entrada da Capital aos principais pontos de hospedagem em Porto Alegre. O valor do serviço executivo é de R$ 5.

Lotações
As linhas de transporte seletivo, com ar-condicionado e tarifa a R$ 4,40, também são opções para ir ao estádio ou Fan Fest. As principais opções saem da rua Marechal Floriano Peixoto, no Centro, como a 02.1 – Menino Deus; 02.11 – Menino Deus/José do Patrocínio; 10.1 Tristeza/Assunção; 10.3 – Cristal/Otto; 10.4 – Ipanema; 10.41 – Ipanema/ Jardim Isabel; 10.5 – Guarujá; 10.51 – Guarujá/Wenceslau; 20.4 – Vila Nova/Praia de Belas; 20.5 – Alto Teresópolis. 

Estacionamentos
Ao todo, serão cinco zonas de estacionamento, duas para veículos particulares e três para ônibus fretados e turismo. Nas áreas de restrição, com acesso somente à circulação de veículos de moradores ou funcionários, não será permitido estacionar nas vias.

Ônibus fretados ou turismo
Av. Praia de Belas (terreno próximo ao shopping) – Capacidade de 55 ônibus.
Cais do Porto (ao lado da Usina do Gasômetro) – Capacidade de 100 ônibus.
Cais do Porto (Armazém CESA) – Capacidade de 250 ônibus.

Rotas para Estádio e Fan Fest

Do Aeroporto Internacional Salgado Filho
Carro ou táxi: O Aeroporto Internacional Salgado Filho está localizado na av. Severo Dullius, zona Norte. O trajeto mais simples é utilizar a BR-116 (estrada ao lado do aeroporto) e as avenidas Farrapos e Mauá.
Ônibus: Linha T5 e Aeroporto-Estádio (somente nos dias de jogos).
Metrô: Embarcar na estação Aeroporto e desembarcar no Mercado Público; a partir daí, seguir a pé via Caminho do Gol (Borges de Medeiros) ou utilizar transporte público.

Da Rodoviária e Centro Histórico
Carro ou Táxi: Duas opções: avenida Mauá, em direção ao Gasômetro, ou as avenidas João Pessoa e Ipiranga.
Ônibus: Diversas opções de linhas saem da av. Salgado Filho ou da rua Uruguai. Em dias de jogos, terá a linha Centro-Estádio.
Lotação: Várias linhas que saem da Marechal Floriano Peixoto são alternativa, como 10.1 Tristeza/Assunção; 10.3 – Cristal/Otto; 10.4 – Ipanema; 10.5 – Guarujá; entre outras.
A pé ou bicicleta: Para os pedestres, a melhor opção é o trajeto preferencial do Caminho do Gol (Borges de Medeiros). De bicicleta, a ciclovia da rua Sete de Setembro em direção à Orla do Guaíba é a melhor opção. Na área central, há diversas estações do BikePoa.

Da zona Sul
Carro ou Táxi: As avenidas Diário de Notícias e Icaraí são as principais vias.
Ônibus: Algumas linhas sugeridas são: 110.1 – Restinga; 165 – Cohab; 171 – Ponta Grossa; 173 – Camaquã; 176 – Serraria/ Rodoviária; 178 – Praia de Belas; 179 – Serraria; 184 – Juca Batista; 186 – Liberal; 187 – Padre Réus; 188 – Assunção. Em dias de jogos, a linha Jockey-Estádio é alternativa.
Lotação: Depende do ponto, algumas linhas sugeridas: 10.1 Tristeza/Assunção; 10.3 – Cristal/Otto; 10.4 – Ipanema; 10.5 – Guarujá.
A pé ou bicicleta: A partir das avenidas Diário de Notícias e Icaraí, já é possível ir a pé até o estádio ou às atividades do Território da Copa, como o Fan Fest. A distância pode variar de 1,5km até 3,5km. De bicicleta, é possível utilizar a orla de Ipanema e a avenida Diário de Notícias, ambas com ciclovia, em direção aos locais dos eventos.

Da zona Leste
Carro ou Táxi: A avenida Ipiranga é a melhor alternativa.
Ônibus: Algumas opções são as linhas T2, T5 e T7. Em dias de jogos, será disponibilizada a linha PUC-Estádio. É possível utilizar linhas regulares da região e integrar com outras no Centro.
A pé ou bicicleta: Dependendo do ponto, a caminhada pode ser muito longa. Para pedestres, o caminho mais próximo é a partir da avenida Azenha. Para os ciclistas, a avenida Ipiranga, que possui ciclovia e estações do BikePoa, é a melhor alternativa.

Da zona Norte
Carro ou Táxi: Terceira Perimetral e Ipiranga são trajetos possíveis.
Ônibus: As linhas T1 ou T5 são alternativas. Também dá para utilizar linhas regulares da região e integrar com outras linhas no Centro.

Fonte: Claudio Medaglia, do Portal da Copa em Porto Alegre

Mais Sobre Esporte

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos  e campeão mundial

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos e campeão mundial

Morreu hoje (11), aos 75 anos de idade, o ex-jogador de futebol Antônio Wilson Vieira Honório, mais conhecido como Coutinho, lendário parceiro de Pelé

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

O Juventude Esporte Clube da Linha 6, tetracampeão da Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol Amador (2010, 2013, 2015 e 2016) , começou bem sua pa

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

O paulista de Maresias, Gabriel Medina, conquistou o bicampeonato nesta segunda-feira ao vencer o sul-africano Jordy Smith e avançar à final em Pi

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Estudante foi indicada ao prêmio pela Federação Rondoniense de GinásticaA Ginasta Wenddy Naelly Cruz Pimentel, de 11 anos, do Clube Escola Municipal