Porto Velho (RO) segunda-feira, 15 de outubro de 2018
×
Gente de Opinião

Esporte

Grêmio vence o Botafogo no Engenhão e segue no G-4


Luís Henrique Benfica
Zero Hora

Com três vitórias consecutivas no Brasileirão, o Grêmio já sonha com voos mais altos o Brasileirão. Neste domingo, ao derrotar o Botafogo por 1 a 0, no Engenhão, com mais um gol de Marcelo Moreno, o time se manteve no G-4 e confirmou que caminha no rumo da sonhada estabilidade.

Luxemburgo acertou ao optar por Leandro no lugar do suspenso Kleber. Confiante pelos dois gols marcados contra o Sport, o atacante mostrou que caminha para recuperar o tempo perdido no ano passado, quando pareceu deslumbrado com a fama repentina e perdeu-se em atitudes indisciplinadas. A dois minutos, ele assustou uma torcida que só tinha olhos para Seedorf, ao entrar na área pela direita e chutar sobre Jéfferson.

O Botafogo, aliás, só se salvava por Seedorf. Sem sentir o peso da idade, o surinamês mostrou força na marcação e disposição para as chegadas à frente. Foi um dos poucos a escapar das vaias de torcedores inconformados com a sequência de passes errados de sua equipe. A 13 minutos, após dominar com categoria dentro da área, Seedorf bateu para fora. A 27, ele passou como quis por Gilberto Silva e cruzou para cabeceio perigoso de Elkeson, num dos raros vacilos da defesa.

Só que o Grêmio é quem mandava no jogo. Forte na marcação, sobretudo por Souza, o time soube preencher bem os espaços na intermediária. Experientes, Elano e Zé Roberto fizeram a bola rodar com classe. A 33 minutos, Leandro destacou-se de novo, ao passar entre os dois zagueiros e ver seu chute ser defendido por Jéfferson.

A superioridade, por fim, confirmou-se na forma de um bonito gol, logo no segundo tempo. A 3 minutos, Elano ergueu da intermediária, Zé Roberto aparou, encobriu a defesa com apenas um toque e Marcelo Moreno, oportunista, colocou o Grêmio em vantagem.

Em desvantagem e cada vez mais pressionado por sua torcida, o Botafogo não teve outro recurso que não fosse tentar colocar o Grêmio em seu próprio campo. Oswaldo de Oliveira apostou na criatividade de Andrezinho para organizar seus ataques. O empate quase veio em chute de Fellype Gabriel, que desviou na zaga e atingiu o travessão. Cansado, Seedorf só voltou a aparecer em cobrança de falta que parou nas mãos de Marcelo Grohe, a 19 minutos.

Colocado no lugar de Zé Roberto, Léo Gago foi salvador aos 27 minutos, ao salvar sobre a linha falta batida por Andrezinho.

Os minutos finais foram dramáticos para o Grêmio. Com dores musculares, Leandro já não conseguia atacar. O Botafogo passou a empilhar atacantes. Primeiro, Rafael Marques. Depois, Willian. A 39 minutos, Grohe salvou nos pés de Rafael Marques a última chance do Botafogo.

Mais Sobre Esporte

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 27 milhões

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 27 milhões

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 2.086 da Mega-Sena, realizado hoje (10) em Joaçaba (SC).As dezenas sorteadas foram  04 - 35 - 43

Federação Rondoniense de Xadrez recebe Certificação do CONEDEL

Federação Rondoniense de Xadrez recebe Certificação do CONEDEL

O Presidente Gualter Amélio recebe das mãos de Luiz Carlos o Certificado de Registro de Entidade Esportiva devidamente qualificada, no Conselho Estadu

Nenhuma aposta acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 19 milhões

Nenhuma aposta acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 19 milhões

Nenhuma aposta acertou o prêmio principal do concurso 2084 da Mega-Sena. O sorteio foi realizado na noite dessa quarta-feira (3), no Caminhão da Sorte