Porto Velho (RO) terça-feira, 26 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Esporte

Galo sufoca, vence por 3 a 1 e afunda Furacão




Almejando colocar uma pedra no vexame da última rodada, quando foi goleado pelo Grêmio Prudente por 4 a 0, o Atlético/MG partiu para cima de seu xará paranaense e venceu por 3 a 1. Jogando no Mineirão, os alvinegros, no primeiro tempo, pararam no goleiro Neto, entretanto, nos 45 minutos finais, os atacantes desencantaram, garantiram a reabilitação no Brasileiro e afundaram ainda mais o Furacão.

O jogo - Superior em campo, o Galo conseguiu criar inúmeras tabelas e teve certa facilidade para chegar dentro da área do Furacão. Logo aos dez minutos, após troca de passes envolvente, Muriqui tocou de calcanhar para Diego Tardelli, que chutou para fora.

Oito minutos depois, outra boa jogada dos atuais campeões mineiros. Dessa vez pela direita, Muriqui abriu para Fabiano, que, na linha de fundo, devolveu para o veloz atacante que deu um carrinho na bola, porém o arremate acabou saindo fraco.

Contando com a estreia de Branquinho - vice-campeão paulista vestindo a camisa do Santo André -, o Atlético Paranaense ofereceu pouco perigo aos donos da casa. As jogadas mais incisivas ficaram por conta da individualidade do veterano Paulo Baier.

Sempre em busca do tento, o clube de Wanderley Luxemburgo teve sua melhor chance aos 31 minutos. Após escanteio, a bola acabou sobrando para Tardelli que, dentro da pequena área, foi abafado pelo corajoso goleiro Neto, que voltou aos vestiários como o melhor jogador dos primeiros quarenta e cinco minutos.

Mantendo a toada ofensiva, o Galo quase inaugurou o marcador no início da segunda etapa. O ala esquerdo Júnior, que entrou no lugar de Zé Luis ainda no primeiro tempo, soltou uma pancada, que foi defendida pelo arqueiro paranaense em dois tempos.

Contudo, aos 11 minutos não teve jeito. Após cruzamento de Coelho, Neto - até então irretocável -, afastou mal e Muriqui, na marca do pênalti, encheu o pé para as redes. Na comemoração, os atleticanos prestaram homenagem ao ídolo Marques.

O tento abriu a porteira. Em mais uma infiltração de seus laterais, Leandro foi à linha de fundo e cruzou na medida para Diego Tardelli afundar ainda mais o Furacão, que segue sem vencer na competição.

Embalados, os anfitriões permaneceram no ataque. Tardelli, um tanto quanto azarado nesta tarde, teve um gol anulado e chutou outra na trave. O terceiro gol chegaria apenas aos 27 minutos com Ricardinho. Após outra boa variação, Muriqui ajeitou e o experiente meia decretou o placar ainda mais elástico.

Com o triunfo garantido, o Galo, que acumula agora seis pontos na competição, relaxou e acabou sofrendo um gol. Bruno Mineiro - que entrou no lugar do apático Alex Mineiro -, foi o autor do gol de honra dos curitibanos, que estão em uma situação complicada, com apenas um ponto em três rodadas.

Fonte: Gazeta Esportiva
 

Mais Sobre Esporte

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos  e campeão mundial

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos e campeão mundial

Morreu hoje (11), aos 75 anos de idade, o ex-jogador de futebol Antônio Wilson Vieira Honório, mais conhecido como Coutinho, lendário parceiro de Pelé

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

O Juventude Esporte Clube da Linha 6, tetracampeão da Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol Amador (2010, 2013, 2015 e 2016) , começou bem sua pa

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

O paulista de Maresias, Gabriel Medina, conquistou o bicampeonato nesta segunda-feira ao vencer o sul-africano Jordy Smith e avançar à final em Pi

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Estudante foi indicada ao prêmio pela Federação Rondoniense de GinásticaA Ginasta Wenddy Naelly Cruz Pimentel, de 11 anos, do Clube Escola Municipal