Porto Velho (RO) quinta-feira, 18 de outubro de 2018
×
Gente de Opinião

Esporte

Galo desafia invencibilidade do Vasco as 21 horas em São Januário



Rodrigo Rodrigues e Gazeta Press - Rio de Janeiro (RJ)

O Atlético-MG tenta nesta quinta-feira, a partir das 21 horas, contra o Vasco, dar início à sua reação no Campeonato Brasileiro, onde ocupa o 17º lugar, com 17 pontos. A partida em São Januário é válida pela 20ª rodada e o Galo terá pela frente um time que está invicto há 11 rodadas. O time mineiro, por sua vez, vive um momento complicado no Brasileirão e, das 19 partidas disputada no primeiro turno, perdeu 12 e venceu apenas cinco.

A má colocação na tabela incomoda a torcida e a insatisfação já chegou à administração do clube. Nesta semana, o presidente do Galo, Alexandre Kalil, concedeu uma entrevista e disse que apoia a iniciativa dos torcedores, que criaram um 'Disque Denúncia' para flagrar eventuais excessos dos jogadores atleticanos na noite belo-horizontina.

"Quando o time é líder, está ganhando, tudo bem. Nesse momento, a atitude da torcida do Atlético-MG está correta. Eles têm meu apoio, têm o apoio da presidência. Achei ótimo. Acho que os jogadores têm que se cuidar sim. O Atlético-MG não é brinquedo. E se eles tomarem um cacete na madrugada não vai fazer mal nenhum", afirmou o mandatário alvinegro.

A declaração de Kalil gerou polêmica e o Ministério Público de Minas Gerais, por intermédio do promotor José Antônio Baeta, disse que a manifestação do presidente do Galo seria passível de uma representação na área cível e criminal, por incitar a violência.

Em campo, o técnico Wanderley Luxemburgo mexe no time mais uma vez para, enfim, conquistar os três pontos em São Januário. O zagueiro Jairo Campos, recuperado de um estiramento muscular, ganhou a vaga de Werley. Na lateral esquerda, Leandro, também curado de uma lesão, assume o lugar do jovem Eron. No meio-campo, o treinador vai escalar Edison Mendez e Diego Souza, nos lugares de Rafael Jataí e Ricardinho, respectivamente. No ataque, com Obina suspenso e Diego Tardelli contundido, jogam Daniel Carvalho e Neto Berola.

Os jogadores atleticanos garantem que, a partir de agora, o time vai encontrar o caminho das vitórias e tirar o clube da incômoda zona de rebaixamento. "Temos mais 19 rodadas para tirar o Atlético-MG desta situação. Precisamos botar uma pedra em cima do que fizemos até agora. É um novo campeonato começando para nós", assegura o lateral Leandro.

O meia Ricardinho, um dos mais experientes do grupo, começa a partida no banco. Para ele, a parte psicológica influencia no rendimento da equipe. Contudo, o Galo tem que se preocupar somente com o seu trabalho em campo.

"O que vai resolver a nossa situação é o trabalho em campo. É lógico que a parte psicológica, emocional, é importantíssima neste momento. Mas somente com trabalho vamos evoluir e conseguir os resultados que podem tirar o Atlético-MG dessa situação", frisa Ricardinho.

Já o Vasco, que vem embalado pela vitória de 2 a 0 sobre o Ceará, está disposto a encostar na zona de classificação para a Copa Libertadores, e tentará tirar proveito da péssima fase vivida pelo Galo.

Paulo César Gusmão, técnico do Vasco, tem procurado mostrar a seus jogadores que a vitória em casa é uma obrigação. O treinador entende que a vaga na Copa Libertadores só será conquistada se o Cruzmaltino tiver, no segundo turno, 100% de aproveitamento atuando em São Januário.

"Jogando em casa, a obrigação de vencer é toda nossa. Essa é a realidade do Campeonato Brasileiro. Além disso, em São Januário a nossa torcida costuma comparecer em grande número para nos apoiar e cobra atitude dos jogadores dentro de campo. Por isso mesmo que venho batendo na tecla da necessidade de sermos sempre vencedores em casa, senão nada vai acontecer para a nossa equipe na competição", disse Paulo César Gusmão.

Os jogadores vascaínos concordam que a obrigação de vitória é do Cruzmaltino, mas apenas pelo fato de o time carioca atuar em seu estádio. Isso porque eles entendem que a má fase vivida pelos atleticanos deve ser deixada de lado e minimizada por conta da qualidade do elenco mineiro.

"Com certeza eles estarão no Rio de Janeiro com o pensamento de recuperar os pontos perdidos em casa contra o São Paulo. Nós temos que procurar fazer a nossa parte e ter uma grande exibição, independentemente do momento vivido pelo nosso adversário" disse o goleiro Fernando Prass.

O Vasco tem muitos problemas para este compromisso. PC Gusmão perdeu duas peças importantes, uma vez que os meias Zé Roberto e Carlos Alberto não terão condições de ir a campo. Enquanto o primeiro vai cumprir suspensão por conta do terceiro cartão amarelo recebido contra o Ceará, o segundo deixou a partida diante dos cearenses com fortes dores na coxa direita e foi vetado.

O quadro se agrava porque Alan, que seria uma opção, está na seleção brasileira de juniores, enquanto Felipe ainda se recupera de estiramento na coxa direita.

Neste cenário, Gusmão vai escalar o time que vinha atuando logo depois da Copa do Mundo, sem a maior parte de suas estrelas. Nilton, que volta de suspensão, formará trio de volantes com Rômulo e Rafael Carioca. Com isso, caberá a Fumagalli a criação de jogadas e municiar a dupla de atacantes, que continuará sendo composta por Eder Luís, ex-Atlético-MG, e Nunes.
 

FICHA TÉCNICA
VASCO X ATLÉTICO-MG

Local: Estádio São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 9 de setembro de 2010 (quinta-feira)
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Cleber Welington Abade (SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho e João Bourgalber Nobre Chaves (ambos de SP)

VASCO: Fernando Prass; Fagner, Dedé, Titi e Jumar; Nilton, Rafael Carioca, Romulo e Fumagalli; Éder Luis e Nunes
Técnico: Paulo César Gusmão

ATLÉTICO-MG: Fábio Costa; Rafael Cruz, Jairo Campos, Réver e Leandro; Serginho, Fabiano, Edison Mendes e Diego Souza; Daniel Carvalho e Neto Berola
Técnico: Wanderley Luxemburgo

Mais Sobre Esporte

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 27 milhões

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 27 milhões

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 2.086 da Mega-Sena, realizado hoje (10) em Joaçaba (SC).As dezenas sorteadas foram  04 - 35 - 43

Federação Rondoniense de Xadrez recebe Certificação do CONEDEL

Federação Rondoniense de Xadrez recebe Certificação do CONEDEL

O Presidente Gualter Amélio recebe das mãos de Luiz Carlos o Certificado de Registro de Entidade Esportiva devidamente qualificada, no Conselho Estadu

Nenhuma aposta acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 19 milhões

Nenhuma aposta acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 19 milhões

Nenhuma aposta acertou o prêmio principal do concurso 2084 da Mega-Sena. O sorteio foi realizado na noite dessa quarta-feira (3), no Caminhão da Sorte